Domingo, 22 Abril 2018  04:18:57
Quinta, 07 Maio 2015 04:05

O Santos levou um justo castigo na noite desta quarta-feira. Teve o jogo com o Maringá nas mãos, após abrir 2 a 0 e criar chances para ampliar. Mas acabou subestimando o adversário, permitiu que reagisse e acabou sofrendo o empate no interior do Paraná. Com isso, vai ter de fazer o jogo de volta com os paranaenses para decidir na próxima semana na Vila Belmiro quem vai à terceira fase da Copa do Brasil.

Apesar de ir a campo com uma equipe composta por reservas, na etapa inicial o Santos só teve alguma dificuldade nos 15 primeiros minutos. Foi uma fase em que os dois times buscavam atacar e, mesmo sem criar chances claras, preocupavam as defesas. Mas com o passar do tempo, a melhor qualidade dos paulistas se sobrepôs à vontade dos paranaenses.

Aos 24 minutos, o Santos transformou a superioridade em gol. Cicinho cruzou e Elano, com grande liberdade na área, cabeceou para fazer 1 a 0. O campeão paulista poderia até ter ampliado. Levou uma bola no travessão e permitiu dois contra-ataques do Maringá, mas criou várias chances para fazer o segundo.

Gol que não demorou muito para sair. Aos 9 minutos do segundo tempo, Lucas Crispim penetrou pelo lado direito do ataque, cruzou rasteiro, a zaga do Maringá vacilou e Marquinhos Gabriel marcou. Antes de marcar, o Santos já havia criado pelo menos duas boas oportunidades.

A vitória estava nas mãos do Santos, mas o time resolveu subestimar o adversário. E, quando Elano foi substituído, o Santos se encolheu, dando campo aos paranaenses.

De tanto martelar, o Maringá acabou recompensado aos 37 minutos. Após uma cobrança de falta, Vladimir falhou ao tentar encaixar a bola e deu rebate. Foi feito o cruzamento e Fabiano tocou de letra para diminuir. O melhor viria aos 46 minutos, quando Rodrigo Dantas conseguiu empatar, fazendo justiça ao time que lutou durante todo o tempo.

MARINGÁ 2 x 2 SANTOS

MARINGÁ - Ednaldo; Gerônimo, Fabiano, Marcelo Xavier e Edinho; Ítalo, Serginho Paulista (Rhuan), Eurico e Max (Alex); Gabriel Barcos (Rafael Santiago) e Rodrigo Dantas. Técnico: Claudemir Sturion.

SANTOS - Vladimir; Cicinho, Paulo Ricardo, Gustavo Henrique e Caju; Lucas Otávio, Leandrinho, Elano (Serginho)(Thiago Maia) e Marquinhos Gabriel; Lucas Crispim e Gabriel. Técnico: Marcelo Fernandes.

GOLS - Elano, aos 24 minutos do primeiro tempo; Marquinhos Gabriel, aos 10, Fabiano, aos 36, e Rodrigo Dantas, aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Rhuan, Rafael Santiago e Ítalo (Maringá); Cicinho, Paulo Ricardo, Elano e Gabriel (Santos).

ÁRBITRO - Thiago de Alencar Gonzaga (MS).

RENDA - R$ 109.588,00.

PÚBLICO - 16.042 pagantes.

LOCAL - Estádio Willie Davis, em Maringá (PR).

0
Quarta, 06 Maio 2015 18:01

A campanha da Igreja Batista do Avivamento Pleno (Ibap) na primeira edição da Copa Evangélica de futebol de campo ficou longe de ser das melhores. Creditada como uma das favoritas ao título antes do início da competição, a igreja não conseguiu repetir os resultados dos torneios de futebol society e futsal e acabou eliminada ainda na primeira fase, com um ponto ganho em quatro partidas disputadas.

Ciente da situação da equipe, o técnico Jhonatan dos Santos parabenizou o esforço de seus comandados, lamentou o ocorrido e negou a possibilidade de seu time ser uma das decepções do torneio.

“A gente poderia ter feito algo a mais, ter chegado mais longe ou pelo menos ganhar algumas partidas, mas dadas as dificuldades pra montar o elenco e por jogarmos de maneira competitiva todos os jogos, não dá pra dizer que fomos uma negação. Não tínhamos nenhum jogador profissional ou com passagem pelo profissionalismo, jogamos apenas com membros da igreja, então dadas as circunstâncias, não acredito que fomos tão mal”, analisa o treinador.

Para ele, o ponto crucial para o retrospecto adverso foi o início do campeonato, quando seu time não conseguiu as vitórias necessárias e precisou buscar a reabilitação nas rodadas seguintes.

“Nosso psicológico abalou quando perdemos a primeira partida por WO [para a Assembleia de Deus do Bom Retiro] e também quando enfrentamos a Cem/Sara Nossa Terra, saímos ganhando e tomamos o empate no final [a partida terminou com placar de 4 a 4]. Depois fizemos dois jogos com derrotas, mas com a consciência de que poderia ter tido melhor resultado”, ressalta.

Mesmo assim, o momento é de otimismo. E para o futuro, ele garante que sua equipe tentará fazer bonito nas próximas competições. “Vamos entrar com um time no society, mas a nossa prioridade é fazer uma boa campanha no futsal. Trabalharemos com a mesma base dos anos anteriores e assim como chegamos dois anos seguidos em terceiro lugar, podemos ficar pelo menos entre os melhores”, completa Jhonatan.

Campeã da Copa Evangélica de futebol society em 2014, a Ibap tenta o bicampeonato no dia 4 de junho. Depois, no dia 1º de agosto, inicia-se a Copa Evangélica de futebol de salão, que deve ser disputada até o final do mês de novembro.

0
Quarta, 06 Maio 2015 17:09

O Palmeiras chegou a um acordo para rescisão do contrato com Lúcio, zagueiro que está fora dos planos do clube desde o início do ano, mas teria vínculo até dezembro. A diretoria teve de pagar um determinado valor pela quebra do contrato (o valor não foi divulgado), mas calcula que terá uma economia de cerca de R$ 1 milhão com a saída antecipada do atleta.

Contratado no início do ano passado, Lúcio foi afastado por decisão da comissão técnica. Mesmo assim, continuou recebendo salários no valor de R$ 150 mil por mês. O acordo entre o clube e o jogador previa que ele não precisaria treinar no clube enquanto não encontrasse outra equipe para atuar. 

O jogador chegou a negociar com clubes da China e da Austrália, mas acabou não acertando. Ele está mantendo a forma em Brasília, sua cidade natal.

Seu último jogo pelo Palmeiras foi no fim do Campeonato Brasileiro de 2014. Lúcio, que chegou a ser capitão do clube em vários jogos, deixa o Palmeiras após 47 partidas e dois gols marcados.

0
Quarta, 06 Maio 2015 16:36

O Bom Senso FC revelou nesta quarta-feira que enviou ao deputado federal Marcelo Aro (PHS/MG) um pedido para que ele se afaste da Medida Provisória nº 671/2015, a chamada MP do Futebol. De acordo com o órgão formado por jogadores e ex-jogadores, a presença do político resulta em um conflito de interesses, uma vez que ele foi nomeado diretor de ética e transparência da CBF e a entidade é uma das partes envolvidas no debate.

"O Bom Senso FC protocolou hoje, junto ao deputado, pedido de declaração de impedimento e sua renúncia como membro da Comissão Mista formada para análise da MP 671, que institui medidas de responsabilidade fiscal, transparência e democracia no futebol brasileiro. O pedido é devido ao flagrante conflito de interesses e óbvia incompatibilidade do exercício de sua função na Comissão Mista e os cargos na diretoria da CBF, tendo em vista que a entidade tem posição pública e ativa sobre a matéria em questão", explicou o Bom Senso FC em nota.

O órgão foi bastante crítico em relação à posição da CBF na decisão de nomear Marcelo Aro seu diretor de ética e transparência. "Causa indignação aos defensores da ética e da democracia os métodos utilizados pela CBF na defesa de suas posições. O convite e a nomeação de um deputado como diretor da entidade em meio à tramitação da MP 671 desmoraliza o futebol brasileiro e o Congresso Nacional."

O documento pedindo a renúncia já foi enviado a Aro e o Bom Senso FC divulgou uma cópia em suas redes sociais. O órgão tem sido bastante crítico em relação às decisões da CBF e esta não é a primeira vez que critica a entidade.

A principal divergência recente entre as partes tem sido justamente em relação à MP do Futebol. A CBF se mostra estritamente contra a medida, que visa o refinanciamento das dívidas dos clubes brasileiros com algumas contrapartidas, e inclusive já a classificou como inconstitucional. Enquanto isso, o Bom Senso FC acusa a entidade e seu presidente, Marco Polo del Nero, de estarem fazendo "jogo sujo".

0
Quarta, 06 Maio 2015 12:39

O Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) notificou nesta quarta-feira os envolvidos em confusão nas finais do Campeonato Paulista. Do lado palmeirense, o meia Valdívia, o zagueiro Victor Ramos e até o técnico Oswaldo de Oliveira foram citados, mas a situação mais preocupante é a de Dudu, enquadradado em três artigos. O camisa 7 pode ser suspenso por até 180 dias, em punição válida ainda este ano. O julgamento de todos os envolvidos foi marcado para segunda-feira, às 16 horas.

O camisa 7 do Verdão foi enquadrado no artigo 250 (ato hostil, com pena de uma a três partidas de gancho) pelo lance em que recebeu cartão vermelho, na decisão do Campeonato Paulista, domingo, contra o Santos. As ofensas relatadas na súmula pelo árbitro Guilherme Ceretta de Lima farão com que ele seja julgado no artigo 243-F (ofender alguém em sua honra, com pena de uma a seis partidas). Já o empurrão no árbitro o colocou no artigo 254-A (agressão física, com pena mínima de 180 dias, sem pena máxima prevista).

Em 2014, o meia Petros, julgado por atitude semelhante, teve pena diminuída. Enquadrado no artigo 250 do CBJD, o corintiano Petros chegou a ser punido por 180 dias em primeira instância. Pouco depois, porém, ele teve suspensão diminuída para três partidas por ter empurrado o árbitro Raphael Claus durante o Campeonato Brasileiro.

0
Quarta, 06 Maio 2015 12:15

O volante Arouca deverá ser o principal desfalque do Palmeiras na estreia do Campeonato Brasileiro, sábado, contra o Atlético Mineiro, às 18h30, no Allianz Parque. O jogador ainda se recupera de uma lesão na coxa esquerda, sofrida na primeira partida da decisão do Campeonato Paulista, contra o Santos, e não treinou na manhã desta quarta-feira, no CT da Barra Funda. 

Sem Arouca, o técnico Oswaldo de Oliveira tem várias opções para montar o meio de campo. No treino desta manhã, por exemplo, utilizou a mesma formação da final do torneio estadual, com Robinho como volante. Oswaldo também pode usar Cleiton Xavier na função, o que deixaria o time mais ofensivo. Amaral e Renato são outras opções, mas possuem características mais defensivas. 

Além de Arouca, o meia Allione (joelho esquerdo), o atacante Mouche (joelho direito) e o lateral-esquerdo João Paulo (tornozelo direito) são os outros jogadores lesionados para a estreia palmeirense no Brasileirão.

Por causa da lesão sofrida no primeiro jogo da final do Paulistão, Arouca acabou ficando fora do confronto de volta da decisão, no último domingo, na Vila Belmiro, onde não pôde enfrentar o seu ex-clube. Sem o volante, o Palmeiras perdeu por 2 a 1 no tempo normal e depois acabou caindo na disputa por pênaltis, depois de ter vencido o jogo de ida da final por 1 a 0 no Allianz Parque.

0
Quarta, 06 Maio 2015 08:48

O título de campeão do Campeonato Paulista ainda está sendo comemorado e o Santos já volta a campo, desta vez, pela rodada de ida da segunda fase da Copa do Brasil. Para tentar escalar um time focado na partida, o técnico Marcelo Fernandes resolveu dar folga para quase todos os titulares e vai encarar o Maringá, nesta quarta-feira, às 22 horas, no estádio Willie Davis, em Maringá (PR), com uma formação reserva.

A exceção é o goleiro Vladimir. Os demais não começaram jogando contra o Palmeiras no domingo passado. Além de poder dar folga aos campeões, o treinador aproveita para ver alguns atletas em ação e começar a pensar com quem pode contar no Campeonato Brasileiro.

Casos, por exemplo, de Elano e Gabriel. O primeiro, experiente, não consegue se firmar entre os titulares, mas parece ter importância no dia a dia e no relacionamento do grupo. Já o atacante se vê envolvido em uma possível negociação com o Milan para tentar manter Robinho na Vila Belmiro e precisa resgatar o bom futebol que fez com que ele se tornasse uma grande esperança e cobiçado por gigantes da Europa.

Depois de comemorar o título paulista, Robinho diz que o que mais quer agora é ficar na Vila Belmiro. "O meu desejo é continuar no Santos, mas isso depende de os dirigentes entrarem em acordo com o Milan", disse o atacante.

Ele confirma que recebeu algumas sondagens de clubes brasileiros entre eles o Cruzeiro, mas não parece ter se empolgado muito. "Sondagens sempre acontecem, mas minha vontade é ficar no Santos". Robinho fugiu até da pergunta feita pela reportagem - se não preferiria jogar em outro time brasileiro caso não haja acordo para permanecer na Vila Belmiro a ter de voltar para a Europa. "Minha preferência é o Santos".

O Maringá tem dois desfalques importantes. O atacante Edmar, autor do gol da classificação sobre o Madureira, torceu o pé e o meia Danilo Rios, destaque do time, acertou com o Sampaio Corrêa.

0
Terça, 05 Maio 2015 21:18
Publicado em  Esporte - Futebol - Amador
Escrito por

Encerrada a terceira rodada da fase de classificação do 15º Campeonato de Futebol Society Master, que é realizado no São Carlos Country Club.

The Ramones que goleou o Brothers/JF Auto Peças por 4 a 0 e o AE Oba/Pódio/Baterias Koty que superou a Valmart/Zíngara por 3 a 1, chegaram aos 6 pontos e passaram a liderar a competição.

Apesar de líderes, as duas equipes já perderam um jogo. Ao contrário dos vice-líderes Som da Festa e Darho, que possuem 5 pontos e ainda não sabem o que é perder.

A RODADA

Seis jogos foram realizados pela terceira rodada do torneio master e no total, marcados 22 gols. Os resultados foram os seguintes:

Predial Imóveis 2 x 6 AE Mazola/Amaral

Sancalce Calçados 0 x 4 Bons Negócios

Academia Force 1 x 1 Som da Festa

Brothers/JF Auto Peças 0 x 4 The Ramones

AE Oba/Pódio/Baterias Koty 3 x 1 Valmart/Zíngara

Darho 0 x 0 Independente

Academia Force 1 x 1 Som da Festa

Academia Force: Luciano, Marcelo, Mauro, Garbuio, Zé Dotta, Zé Aiello, Jair, Ivo e Bis. Jogaram ainda Venâncio, Lauriberto, João Rosa e Hércules. Gol: Bis.

Som da Festa: Wagner, Celso, Edemilson, Elivaldo, João, Julio, Lairton, Marcos e Silvio. Jogaram ainda Thimothy e Gerson. Gol: João.

Árbitros: Junior de Oliveira e Luiz R. Dias.

Apontadora: Elizete Oliveira.

0
Terça, 05 Maio 2015 16:17

Contratado em fevereiro, o meia Cleiton Xavier ainda corre contra o tempo para conseguir ter condições de atuar por 90 minutos em uma partida. O jogador chegou a ser cogitado como titular na decisão contra o Santos, mas iniciou a partida no banco de reservas. Nesta terça-feira, ele admitiu que realmente não tem condições de atuar por muito tempo e prefere não projetar quando isso vai acontecer.

"Creio que não (tinha condições de ser titular), porque não tinha jogado um jogo completo ainda. O Oswaldo (de Oliveira, técnico) colocou o que a gente tinha de melhor. Era o que foi treinado durante a semana e a melhor opção. Ele tinha a ideia de me usar no segundo tempo mesmo", afirmou o jogador, que acredita que os problemas do ano passado no Brasileiro não devem atrapalhar a equipe nesta edição.

A renovação do elenco do Palmeiras é preponderante para o passado ser esquecido. "Os jogadores que estão aqui, estão por mérito. Tem que esquecer o que aconteceu. Eu não estava aqui, mas acompanhei tudo. Acredito que esse time está demonstrando porque foi contratado", analisou. 

Em relação a sua condição física, Cleiton adota um discurso cauteloso e prefere não projetar uma data para ter totais condições de começar um jogo. "O Oswaldo falou que quando eu estivesse 100% eu teria mais oportunidades, então é isso que falta. Não tive uma sequência de jogos, mas agora, com duas competições, vou adquirir essa condição e estarei pronto em breve", projetou.

O elenco do Palmeiras folgou na segunda-feira e se reapresentou na tarde desta terça-feira. Após a perda do título do Campeonato Paulista para o Santos, a equipe volta a campo no sábado, para enfrentar o Atlético-MG, na abertura do Campeonato Brasileiro.

0
Terça, 05 Maio 2015 14:50

O técnico Dunga anunciou na manhã desta terça-feira a convocação da seleção brasileira para a Copa América, e uma das principais surpresas foi a ausência do meia Oscar. Na entrevista coletiva, o treinador justificou a decisão ao alegar uma contusão do jogador, que teria sentido um problema físico em treino pelo Chelsea.

Momentos depois da lista ser divulgada, o próprio Oscar utilizou as redes sociais para se manifestar sobre a ausência e confirmou que está lesionado. "Estou muito triste por não defender meu país na Copa América por conta de uma lesão. Obrigado a todos pelo carinho!", escreveu em sua página no Twitter.

De acordo com Dunga, Oscar se lesionou no último treinamento do Chelsea. O jogador vinha atuando normalmente pelo time inglês até a rodada retrasada do campeonato nacional, quando deixou o clássico diante do Arsenal ainda no intervalo. No domingo, no jogo que garantiu o título à equipe, ele sequer foi relacionado.

Independente da data da contusão, o fato é que Oscar desfalcará o Brasil na Copa América, que começa no dia 11 de junho no Chile. Sem ele, Dunga terá quatro opções para a meia: Everton Ribeiro, do Al-Ahli, Willian, também do Chelsea, Phillippe Coutinho do Liverpool, e Douglas Costa, do Shakhtar Donetsk.

 

0

PUBLICIDADE

Anacã

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.