23 de Julho de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Governo das Filipinas busca excelência da UFSCar na produção de etanol

Governo das Filipinas busca excelência da UFSCar na produção de etanol

Visita integra projeto de extensão "Cooperação técnica para o Governo das Filipinas para a cadeia de produção de etanol e biocombustíveis"

24/01/2023 22h29 - Atualizado há 1 ano Publicado por: Redação
Governo das Filipinas busca excelência da UFSCar na produção de etanol Analice Garcia/UFSCar

A UFSCar recebeu, nesta segunda-feira (23), uma missão diplomática das Filipinas, composta por representantes do governo filipino, para dar andamento à parceria de cooperação técnica com a Universidade, através do Centro de Ciências Agrárias (CCA). A equipe, composta por representantes do setor sucroenergético do governo das Filipinas e do Itamaraty, na pessoa de Antonio Divino Junqueira, Gerente da Coordenação-Geral África, Ásia, Oceania e Oriente Médio da ABC/MRE, foi recebida pela Reitora, Ana Beatriz de Oliveira, para a recepção de boas-vindas ao Brasil.

“É motivo de muito orgulho para a UFSCar ser referência para este projeto tão importante e que irá contribuir para o desenvolvimento tecnológico das Filipinas.Tenho certeza que será uma cooperação de muito sucesso, com a qual também iremos aprender muito”, disse a Reitora.

A visita integra as atividades do projeto de extensão “Cooperação técnica para o Governo das Filipinas para a cadeia de produção de etanol e biocombustíveis”, que tem o docente Octávio Antônio Valsechi como coordenador técnico. O professor explica que a UFSCar é consultora da Organização das Nações Unidas (ONU) para a cadeia sucroenergética, através do Ministério das Relações Exteriores (MRE), desde 2000, atuando nos acordos de cooperações governamentais para a Asean (Associação de Nações do Sudeste Asiático) e vários países da África, além de Sri Lanka e Índia, o que tem levado o nome da Universidade para além das fronteiras nacionais.

“A partir desta visita, mostraremos os nossos conhecimentos e tecnologias para que possamos, a partir da realidade do país, contribuir com o aumento da produção de etanol nas Filipinas. Para isso, além de apresentar a Universidade e as tecnologias por ela desenvolvidas no setor, visitaremos usinas e empresas do setor sucroalcooleiro de referência, para contribuirmos com excelência no desenvolvimento desse projeto”, explica Valsechi.

No Campus Araras, mais precisamente no CCA, a comitiva irá conhecer o maior e mais importante programa de desenvolvimento de variedades de cana-de-açúcar do mundo, além das atividades e dos laboratórios ligados ao setor sucroenergético.

Emilio Bernardino Lin Yulo, representante distrital da República das Filipinas, informou que a expectativa com a parceria é que consigam aumentar a produção do etanol em seu país, a partir das técnicas e tecnologias de ponta que fazem do Brasil referência nessa área. “Temos o mesmo tipo de solo e acreditamos que temos muito a ganhar com essa cooperação técnica. Ao levar essa tecnologia para as Filipinas, esperamos que os 90 mil produtores de cana-de-açúcar consigam aprimorar sua produção e, consequentemente, seus negócios, impactando grande parte da população rural”, disse.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
plugins premium WordPress
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x