16 de Julho de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Prefeitura investe R$ 166 milhões na Santa Casa

Prefeitura investe R$ 166 milhões na Santa Casa

Provedor Morillas Jr. reconhece que o prefeito Airton Garcia foi o melhor da história na parceria com o hospital, que é o maior da região

05/07/2024 00h18 - Atualizado há 2 semanas Publicado por: Redação
Prefeitura investe R$ 166 milhões na Santa Casa
Morillas Jr.: “Para a Santa Casa, o governo Airton Garcia foi o melhor governo que nós tivemos”
Foto: Divulgação

Marco Rogério

Buscando assegurar serviços de qualidade no principal hospital da região, a Prefeitura Municipal de São Carlos tem investido R$ 166 milhões na Santa Casa de Misericórdia de São Carlos, valor que corresponde a R$ 13,8 milhões por mês repassados à instituição. Este montante foi o valor repassado em 2023.

Os valores têm o objetivo de pagar os serviços de saúde previstos no contrato de parceria entre município e hospital e também cobrir o chamado extrateto, que são os custos dos serviços acima dos valores previstos neste convênio.

Quando assumiu o mandato como prefeito pela primeira vez, em 2017, o prefeito Airton Garcia (PP) encontrou uma dívida de extrateto no valor de R$ 16 milhões. Ele mandou parcelar o pagamento deste total e determinou o pagamento mensal correto dos extratetos. Casa até Em 2016, o hospital chegou a contrair empréstimos em redes bancárias para não interromper serviços.

Graças à iniciativa do prefeito Airton, a Santa Casa pode ter saúde financeira para garantir um bom atendimento a São Carlos e região. A instituição centenária na área de saúde e principal conveniada do município em serviços de saúde conseguiu, nos últimos anos, equilibrar suas finanças e ainda ampliar a prestação de serviços à população de São Carlos.

A Santa Casa de São Carlos é atualmente referência regional e estadual em atendimentos de média e alta complexidade. Está estruturada e habilitada para atender a população de São Carlos e mais seis municípios em diversas especialidades, inclusive, com captação de órgãos para transplantes, o que demonstra o nível e capacidade hospitalar da instituição e a tecnologia e gestão aplicadas nesta entidade.

Depois de se criar um Instituto de Ensino e Pesquisa (IEP) e o curso de Técnico de Enfermagem, neste momento a Mesa Diretora da Santa Casa, em parceria com a UNICEP (Centro Universitário Central Paulista) pleiteia, junto aos Ministérios da Saúde e Educação, um novo curso de medicina em São Carlos. Também realiza um grande investimento na modernização do Ambulatório Oncológico, com recursos na ordem de R$ 3 milhões, que deve ser entregue no próximo mês para nossa comunidade.

Mas nem sempre foi assim. Até o ano de 2016 a entidade tinha um grave problema com o seu principal contratante de serviços de saúde, que é o município de São Carlos. Por décadas houve desiquilíbrio em suas finanças devido ao não pagamento ou pagamento parcial do EXTRATETO, que são os custos dos serviços acima dos valores contratualizados com o município.

A entidade presta serviços inclusive em nossas Unidades de Pronto Atendimento – UPAs e no CEME com a locação de Raio X e profissional para operá-los. Outro serviço importante pelo novo contrato é o transporte de pacientes com tratamento de hemodiálise e com alta de internações, trazendo conforto aos pacientes.

A relação entre o município de São Carlos e a Santa Casa é tão boa atualmente que em recente entrevista do Provedor, Antonio Valério Morillas Júnior, ele afirmou que nos últimos anos o prefeito Airton Garcia foi o melhor governante de São Carlos na relação com a instituição e fundamental para o equilíbrio financeiro e de serviços entre as partes. Resumindo, a atual gestão da Prefeitura acabou com a polêmica e o rombo financeiro do extrateto, e auxiliou a entidade a ficar no azul novamente, além de passar a ter recursos para investir na ampliação do atendimento.

“A Prefeitura tem bancado todo o extrateto. Vou explicar: o hospital tem um contrato que prevê o pagamento de 100 cirurgias. Aí chegam dez casos de emergência e o hospital faz 110 cirurgias. A Prefeitura só pagava as 100 cirurgias. Isso foi criando um volume expressivo de valores. O governo Airton Garcia zerou isso e pagou a dívida de outras gestões. Hoje não temos mais processo na Justiça cobrando a Prefeitura. Hoje a relação com o município é excelente. Para a Santa Casa, o governo Airton Garcia foi o melhor governo que nós tivemos. Pagou tudo e continua pagando todo o agendamento que é feito hoje. A Santa Casa apresenta a fatura o valor é auditado e a Prefeitura paga corretamente por todo o atendimento”, ressalta Morillas Júnior.

 

 

 

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
plugins premium WordPress
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x