23 de Julho de 2024

Dólar

Euro

Cultura

Jornal Primeira Página > Notícias > Cultura > V Festival do Livro prestará homenagem ao poeta Garrincha

V Festival do Livro prestará homenagem ao poeta Garrincha

A quinta edição que ocorrerá nos dias 19 e 20 de outubro vai homenagear Valdo “Garrincha” da Silva

02/07/2024 08h08 - Atualizado há 3 semanas Publicado por: Redação
V Festival do Livro prestará homenagem ao poeta Garrincha

O Festival do Livro, evento que integra o calendário oficial do município, lei do vereador Djalma Nery, procura prestar homenagem a um poeta ou escritor de São Carlos. A quinta edição que ocorrerá nos dias 19 e 20 de outubro vai homenagear Valdo “Garrincha” da Silva, poeta popular que viveu no bairro Tijuco Preto.

Marco Bala, pesquisador da história e memória de São Carlos, considera Garrincha o Adoniran Barbosa do município. Nascido em 1945, faleceu em 2015, dois anos após ter se apresentado na FESC Vila Prado, onde abrilhantou as atividades de abertura dos trabalhos do Grupo de Literatura da UATI/FESC, criado em 2013 na unidade da Vila Prado.

Adilson Marques e Marco Bala produziram um texto sobre a história de Garrincha que será publicado no volume 4 da coleção Ação Cultural na Terceira Idade: a criação de textos e a dimensão subjetiva do envelhecimento, livro que será lançado na quinta edição do Festival do Livro.

Em São Carlos, além de compor para peças de teatro e outros eventos, Garrincha destacou-se no carnaval. Em parceria com seu irmão Wilson Ferreira da Silva, compôs sambas-enredos levados à avenida pelos carnavalescos integrantes da Escola de Samba Juventude do Tijuco Preto.
Saudades da Odete, em homenagem à Odete dos Santos, é uma de suas composições incluídas no livro citado acima:

QUE SAUDADE DA ODETE

Foi no carnaval de antigamente
Aqui na passarela da avenida
Eu me lembro do sorriso amigo
De Odete e sua Escola de Samba
E os sambistas do passado em geral
E a tradição do ‘Flor de Maio’
Meu irmão … clube de seu coração

Que maravilha … Que maravilha
A beleza da ginga morena
Suas cabrochas … pastoras e passistas
Pierrôs … colombinas
E o feitiço do corpo sedutor
Da mulata cor de cravo e canela

E a baiana … e a baiana passava
E alegre cantava pra lá e pra cá
E o balanço do giro da baiana
Até parecia sonho … encanto e fantasia

E o mestre-sala … o mestre-sala dançava
E a porta-bandeira se exibia
Com graça … charme e elegância
E para o povo então ela acenava e sorria
E o batuque … o batuque falava alto
E de azul e branco … Ôi … Descia a bateria
Era só alegria … e a noite tão linda ilusão

Uma estrela … uma nova estrela brilhou ôô
Cheia de esperança lá no céu
E nos corações esta lembrança
Dessa sambista da nossa cidade
E hoje entre serpentina e confete
Que saudades da Odete e dos velhos carnavais
Foi no carnaval

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
plugins premium WordPress
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x