14 de Julho de 2024

Dólar

Euro

Dani Globo

Jornal Primeira Página > Notícias > Dani Globo > Mídia Paga ou Orgânica?

Mídia Paga ou Orgânica?

Todo conteúdo de informações e imagens são de responsabilidade do colunista

18/06/2024 12h15 - Atualizado há 4 semanas Publicado por: Redação
Mídia Paga ou Orgânica?

Embora a publicidade paga seja uma estratégia utilizada há muito tempo, o tráfego pago tem se destacado e se popularizado nos últimos anos, principalmente devido à baixa barreira de entrada no ambiente digital. No entanto, a cada ano, o inventário de mídia se torna mais competitivo, elevando os custos e os riscos das campanhas. Diante disso, surge a dúvida: é melhor investir em tráfego pago ou orgânico? Neste texto, vamos explorar as vantagens de cada um e como combiná-los de forma efetiva.

O tráfego orgânico possui diversas vantagens, tais como um baixo custo de aquisição e o alcance do público-alvo. No entanto, ele não necessariamente garante a conquista de usuários mais qualitativos, já que não há controle direto sobre quem acessa o conteúdo. O tráfego orgânico, embora seja uma fonte valiosa, é conhecido por seu caráter demorado e seu alcance gradual. Diferentemente das estratégias de publicidade paga, que podem gerar resultados imediatos, o tráfego orgânico é construído ao longo do tempo e requer um investimento contínuo em esforços de marketing digital.

O tráfego pago, por sua vez, é especialmente eficaz na etapa de aquisição, permitindo adquirir novos usuários e até mesmo gerar vendas imediatas. No entanto, é importante destacar que os leads adquiridos por meio do tráfego pago possuem um grau de consciência de marca menor, o que pode dificultar as etapas de engajamento e retenção no ciclo de marketing. Para solucionar esse desafio, é fundamental combinar o tráfego pago com o orgânico, fomentando a interação e o conhecimento do consumidor sobre a marca.

Para que ambos os tipos de tráfego sejam realmente efetivos, é necessário compreender como e quando utilizá-los. O tráfego pago, focado na aquisição, deve ser integrado ao tráfego orgânico nas etapas de engajamento, monetização, retenção e até mesmo na conquista de novos clientes. Uma jornada de compra bem estruturada é essencial para criar oportunidades de cross-sell e up-sell, monetizando os clientes e aumentando a retenção.

Não há uma resposta única para a pergunta sobre qual é o melhor tipo de tráfego: pago ou orgânico. Ambos possuem vantagens significativas e devem ser utilizados de forma complementar. A combinação estratégica dessas duas abordagens permite alcançar resultados sustentáveis, desde a aquisição até a fidelização do cliente. Portanto, ao planejar sua estratégia de marketing, lembre-se de considerar tanto o tráfego pago quanto o orgânico, aproveitando o melhor de cada um para alcançar o sucesso digital.

Quer dar um UP em sua marca? Fale com a Parla – 11 961901203.

 

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
plugins premium WordPress
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x