29 de Fevereiro de 2024

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Pituca lamenta rebaixamento e diz que acordava de madrugada para ver jogos do Santos

Pituca lamenta rebaixamento e diz que acordava de madrugada para ver jogos do Santos

O volante lamentou a queda em sua apresentação oficial

10/01/2024 14h17 - Atualizado há 2 meses Publicado por: Redação
Pituca lamenta rebaixamento e diz que acordava de madrugada para ver jogos do Santos Foto: Futebolinterior.com.br / Reprodução

Reportagem: Estadão Conteúdo

O rebaixamento do Santos para a Série B do Campeonato Brasileiro não desanimou Diego Pituca. De volta ao time paulista e ao futebol nacional, o volante lamentou a queda em sua apresentação oficial, mas garantiu que a derrocada da equipe não afetou sua convicção de retornar ao seu time do coração.

Pituca assinou pré-contrato com o Santos no meio do ano passado, meses antes do rebaixamento no Brasileirão. “Desde quando eu assinei o pré-contrato, já sabia da minha responsabilidade. Infelizmente, o Santos caiu. Para mim, não mudou nada. Todo mundo sabe que eu queria voltar. E desde a minha primeira conversa com o (Alexandre) Gallo, deixei claro que queria voltar e ajudar o clube nessa situação. Estão montando um grande elenco, um grande time para que a gente possa voltar o mais rápido possível”, comentou.

O volante revelou que acompanhava as partidas da equipe quando estava jogando no Japão. “Sofri junto. Sou torcedor do Santos. Eu acordava 4 horas da manhã no domingo para poder assistir aos jogos do Santos. Sofria junto quando perdia, ficava feliz quando ganhava. Encontrei um ambiente muito bom aqui. O Carille é muito bom. Todo mundo sabe da responsabilidade de vestir essa camisa.”

O jogador de 31 anos passou os últimos três atuando no Kashima Antlers. Nos últimos meses, passou a receber seguidas sondagens de times brasileiros. “Chegaram algumas (propostas de outros clubes). Agradeço a todos os times que me procuraram. Mas sempre que o Santos voltava, me balançava. Eu falei que, se voltasse ao Brasil, queria ir para o Santos. Não importava se seria na Série A ou B. Todo mundo sabe do amor que eu sinto. Estou em casa aqui”, declarou.

Pituca afirmou que ganhou peso e mais força no futebol japonês. “Tenho um preparador físico pessoal, que me ajudou bastante. Treinávamos todos os dias na academia, algo que o japonês não gosta muito. Eu até ficava meio assim de fazer tanto (exercício). Treinava toda vez. Me sinto mais forte. Mudei minha alimentação e agora estou mais maduro”, afirmou.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x