22 de Fevereiro de 2024

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Rony e Veiga evitam novo tropeço de apático Palmeiras contra a Inter de Limeira

Rony e Veiga evitam novo tropeço de apático Palmeiras contra a Inter de Limeira

Abel optou por usar um esquema tático diferente

25/01/2024 09h06 - Atualizado há 4 semanas Publicado por: Redação
Rony e Veiga evitam novo tropeço de apático Palmeiras contra a Inter de Limeira Foto: X / Palmeiras / Reprodução

Reportagem: Estadão Conteúdo

Início de temporada não é o momento adequado para fazer análises derradeiras. Com jogadores ainda se recondicionando fisicamente, são raras as exibições capazes de receber nota 10. Mas chama a atenção a apatia do Palmeiras nos primeiros jogos do Paulistão. Falhas individuais atrapalharam e apenas as estrelas de Raphael Veiga e Rony foram capazes de impedir novo tropeço e garantiram a vitória por 3 a 2 sobre a Inter de Limeira no Allianz Parque.

Abel optou por usar um esquema tático diferente. O estilo com três zagueiros, apesar do empate com o Novorizontino, se mostrou mais eficaz, ao menos defensivamente. No ataque, ainda há o que melhorar e o duelo com a Inter de Limeira não serve de parâmetro

O Palmeiras chega a quatro pontos no Grupo B e fica à frente do Água Santa na liderança. A Inter de Limeira, por sua vez, está na lanterna do Grupo C, com duas derrotas até aqui.

PALMEIRAS LEVA SUSTO, MAS VEIGA APARECE E TOMA CONTA DO JOGO

Abel decidiu mudar a escalação do Palmeiras após o empate na estreia com o Novorizontino. O português optou por levar a campo apenas dois zagueiros e um trio de ataque, formado por Luís Guilherme, Flaco López e Bruno Rodrigues. Outro novato que teve a chance de ser titular foi o volante argentino Aníbal Moreno.

Mas não houve tempo para que os palmeirenses desfrutassem das mudanças de Abel em situação favorável. O anfitrião foi pego de surpresa. A Inter de Limeira, em uma troca de passes técnica e ligeira do lado esquerdo, colocou o time alviverde na roda e inaugurou o marcador com Juninho, aos 3 minutos. Assim, ao time da casa coube a missão de virar o placar.

O ímpeto do time de Limeira foi interrompido logo após o gol. O Palmeiras conseguiu controlar melhor a posse de bola e encurralou os visitantes. Ainda sem chances evidentes, o conjunto alviverde contou com um pênalti para chegar ao empate. O zagueiro Maurício esticou o braço para o alto e tocou na bola na grande área. O árbitro não viu, mas depois foi chamado pelo VAR e acabou assinalando a penalidade. Veiga, aos 20, fez uma cobrança de segurança e deixou tudo igual.

A Inter de Limeira sofreu com problemas físicos no primeiro tempo. O atacante Rafael Silva lesionou a coxa direita, e o goleiro Zé Carlos, o braço direito. O arqueiro deixou o campo chorando após se chocar com López. No intervalo, ele foi levado ao hospital de ambulância para verificar a gravidade da lesão. Em seu lugar entrou Jonathan, de 19 anos. Para o azar do jovem, logo no primeiro lance em que foi exigido, falhou. Após cobrança de escanteio, Veiga tentou cruzar a bola na grande área, mas ela passou por todo mundo e enganou o goleiro, colocando o Palmeiras em vantagem aos 42.

Ao longo da etapa inaugural, os reforços Bruno Rodrigues e Aníbal Moreno pouco apareceram. O argentino ainda se saiu um pouco melhor por ajudar na construção das jogadas, mas o atacante deixou a desejar. Não que se espere dele um futebol capaz de alçá-lo à titularidade, mas, sob o comando Abel, é notório que as chances são mais raras aos novatos do time, e uma chance dessas não pode ser desperdiçada, mesmo em início de temporada.

RONY EVITA NOVO TROPEÇO

O retorno do intervalo foi bastante sonolento. O Palmeiras preferiu não se arriscar e ficou com as rédeas da partida. No entanto, a morosidade alviverde custou caro. Aos 19 minutos, Weverton entregou a bola em má condição para Gómez, que dominou mal. Gustavo Bocheca se antecipou, foi tocado pelo paraguaio e o pênalti assinalado pela arbitragem. Juninho foi para a bola e fez o seu segundo gol, empatando o duelo novamente.

Um dos poucos com atuação positiva, Veiga foi sacado por Abel junto com Zé Rafael. Os meias deram lugar a Jhon Jhon e Rony, tornando o Palmeiras mais ofensivo. Logo depois, o zagueiro Gómez deu lugar ao jovem atacante Estevão, de 16 anos. As alterações tiveram sucesso. Em belo lançamento pelo lado esquerdo, Rony saiu cara a cara com o goleiro, que colaborou com atacante. O camisa 10 tocou por cobertura para recolocar o Palmeiras na frente, aos 44, e decretar o placar final.

Próximos Jogos de Palmeiras e Inter de Limeira

No domingo, às 18h, o Palmeiras recebe, no Allianz Parque, o Santos, no que pode ser o único clássico com a equipe da Baixada em 2024. Já a Internacional vai a Campinas encarar a Ponte Preta, mais cedo, às 16h.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 3 x 2 INTER DE LIMEIRA

PALMEIRAS – Weverton; Marcos Rocha, Gómez (Estevão), Luan e Piquerez; Moreno, Zé Rafael (Jhon Jhon) e Raphael Veiga (Rony); Luís Guilherme (Caio Paulista), Flaco López e Bruno Rodrigues (Breno Lopes). Técnico: Abel Ferreira.

INTER DE LIMEIRA – Zé Carlos (Jonathan); Felipe Albuquerque, Maurício, Jussani e Zé Mario; Emerson Santos, Lucas Buchecha e Gustavo Bochecha (JP Galvão); Éverton Brito (Gabriel Silva), Rafael Silva (Quirino) e Juninho (Andrew). Técnico: Fabinho Félix.

GOLS: Juninho, aos 3, Veiga aos 20, aos 42 minutos do primeiro tempo; Juninho, aos 22, Rony aos 44 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS: Zé Mario, Jussani e Juninho.

CARTÃO VERMELHO: Maurício.

ÁRBITRO: João Vitor Gobi.

PÚBLICO: 27.228 torcedores.

RENDA: R$ 1.480.697,61.

LOCAL: Allianz Parque.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x