23 de Julho de 2024

Dólar

Euro

Internacionais

Jornal Primeira Página > Notícias > Internacionais > Homem fica em estado grave após ser atacado por tubarão na Flórida

Homem fica em estado grave após ser atacado por tubarão na Flórida

Um agente aplicou um torniquete para estancar o sangramento

02/07/2024 15h34 - Atualizado há 3 semanas Publicado por: Redação
Homem fica em estado grave após ser atacado por tubarão na Flórida Foto – Arte – JornalPP

Reportagem – Estadão Conteúdo

Autoridades informaram na última sexta-feira, 28, que um homem ficou em estado grave após ser mordido por um tubarão na Flórida, nos Estados Unidos. A vítima foi encontrada em um barco, perdendo muito sangue devido a uma lesão grave no antebraço, por agentes da unidade marítima do Gabinete do Xerife do condado de Nassau (NCSO, na sigla em inglês).

Um agente aplicou um torniquete para estancar o sangramento. “A vítima foi transportada de helicóptero para um hospital próximo em estado crítico, mas a expectativa é de que ele se recupere”, escreveu o órgão em uma publicação no X (antigo Twitter).

A BBC aponta que o incidente ocorreu após outros dois ataques de tubarão separados que ocorreram também em junho na costa da Flórida, machucando três pessoas: uma mulher teve parte do braço amputada e “ferimentos críticos” no quadril em um ataque; o outro ataque foi contra duas adolescentes, em que uma teve lesões “significativas” na parte superior das pernas e em uma das mãos, enquanto a outra teve ferimentos leves no pé.

Recentemente, outro caso teve repercussão nos Estados Unidos: o ator Tamayo Perry, que fez parte do elenco de um dos filmes da franquia Piratas do Caribe, morreu no dia 22 de junho após ser atacado por tubarões no Havaí. Segundo informações do serviço de emergência de Honolulu, o artista, que também trabalhava como salva-vidas, estava praticando surfe. Ele chegou a ser socorrido e foi levado às pressas para a costa, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo a BBC, os ataques de tubarão são mais comuns na Flórida do que em outras partes do mundo: em 2023, o estado registrou 16 incidentes não provocados com mordidas de tubarão, segundo o Arquivo Internacional de Ataques de Tubarão da Universidade da Flórida, o que representa 44% do total dos Estados Unidos e 23% a nível mundial. Não houve ataques fatais no estado no ano passado. Dados da universidade também apontam que há de 70 a 100 ataques de tubarão por ano em todo o mundo, que matam cerca de cinco pessoas, diz a emissora.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
plugins premium WordPress
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x