5 de Março de 2024

Dólar

Euro

Internacionais

Jornal Primeira Página > Notícias > Internacionais > Tribunal da Rússia estende prisão de repórter do ‘WSJ’ até 30 de janeiro

Tribunal da Rússia estende prisão de repórter do ‘WSJ’ até 30 de janeiro

Em agosto, um juiz pediu que o Serviço de Segurança Federal (FSB, na sigla em inglês) russo investigue mais o repórter

28/11/2023 15h41 - Atualizado há 3 meses Publicado por: Redação
Tribunal da Rússia estende prisão de repórter do ‘WSJ’ até 30 de janeiro Foto: Arte / Jornal Primeira Página
Reportagem: Estadão Conteúdo

Um tribunal da Rússia decidiu estender até 30 de janeiro a detenção de Evan Gershkovich, repórter do Wall Street Journal, pela terceira vez, desde que ele foi preso em março sob alegação de espionagem que ele, o jornal e o governo dos Estados Unidos negam de modo veemente. Em agosto, um juiz pediu que o Serviço de Segurança Federal (FSB, na sigla em inglês) russo investigue mais o repórter, que segue detido à espera de julgamento.

Caso siga detido até 30 de janeiro, Gershkovich estará atrás das grades por dez meses. Aos 32 anos, o cidadão americano estava credenciado no Ministério das Relações Exteriores da Rússia para atuar como jornalista, mas foi detido por agentes do FSB em 29 de março, durante uma viagem para uma reportagem. Investigadores até agora não tornaram pública evidência para apoiar sua alegação de espionagem.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x