15 de Julho de 2024

Dólar

Euro

Polícia

Jornal Primeira Página > Notícias > Polícia > Homem morre na Santa Casa após ser espancado e amarrado no Aracy II

Homem morre na Santa Casa após ser espancado e amarrado no Aracy II

Na unidade hospitalar, depois de socorrido com graves ferimentos, vítima evoluiu o seu quadro à óbito

04/07/2024 05h18 - Atualizado há 2 semanas Publicado por: Redação
Homem morre na Santa Casa após ser espancado e amarrado no Aracy II Foto – JornalPP

Reportagem – JornalPP

Um homem de 33 anos, identificado como Rafael Aguiar Casemiro, morreu na tarde desta quarta-feira (3), depois de ter sido agredido e socorrido em estado grave, ao ser encontrado ferido e com os pés e mãos amarrados no interior de uma residência, situada no Cidade Aracy II, região Sul de São Carlos (SP).

O crime teria ocorrido na Rua Hilário Martins Dias. Segundo consta, ao ouvir pedidos de socorro vindo do interior da casa da vítima, uma testemunha ingressou ao interior da moradia, onde se deparou com o rapaz ferido por todo o corpo, além de estar com as mãos e os pés amarrados, onde via 192, foi acionado por socorro junto ao SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), e depois das intervenções das equipes de urgência e emergência, o paciente em estado grave foi socorrido ao SMU (Serviço Médico de Urgência) da Santa Casa de São Carlos (SP).

Ao comparecer na unidade hospitalar para acompanhar o atendimento do irmão, a familiar da vítima foi informada de que ele teria sofrido uma parada cardiorrespiratória e estaria sendo submetido as manobras necessárias de ressuscitação, onde tempo depois, infelizmente a mulher foi comunicada que Rafael teria evoluído o seu quadro à óbito.

Ao ser o caso encaminhado para a CPJ (Central de Polícia Judiciária) de São Carlos (SP), foi verificado que a vítima em questão seria um catador de reciclagens, já possuía passagens criminais por tráfico de entorpecentes, e na ocasião seria usuário de drogas, onde durante a madrugada da quarta-feira (3), a rapaz teria se envolvido em uma discussão com a sua companheira, e em ato continuo teria colocado a feminina para fora do imóvel em que residiam, foi quando então a mulher foi abordada por três indivíduos desconhecidos, que alegaram que Rafael estaria com débitos junto a eles devido a aquisição de entorpecentes para o consumo, e o bando estaria indo até a moradia do catador de reciclagens para tomar posse de bens em troca da quitação da dívida, sendo um carrinho de bebê, um televisor e também um fogão.

O corpo da vítima foi encaminhado pela funerária de plantão ao IML (Instituto Médico Legal) de São Carlos (SP), sendo o caso registrado em Boletim de Ocorrência como Homicídio, devendo ser investigado pelo policiamento judiciário.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
plugins premium WordPress
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x