17 de Julho de 2024

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > Governador de SP discute hidrogênio verde, funding de projetos com o Banco Mundial e cooperação técnica com OCDE

Governador de SP discute hidrogênio verde, funding de projetos com o Banco Mundial e cooperação técnica com OCDE

Tarcísio de Freitas realizou reuniões com investidores e organizações econômicas

18/01/2023 22h39 - Atualizado há 1 ano Publicado por: Redação
Governador de SP discute hidrogênio verde, funding de projetos com o Banco Mundial e cooperação técnica com OCDE Divulgação/GESP

Em seu segundo dia de agendas no Fórum Econômico Mundial, o governador Tarcísio de Freitas realizou reuniões bilaterais com representantes do setor privado e de diversos governos.

Com Helene Budliger Artieda, secretária de Estado para Assuntos Econômicos da Suíça, o governador conversou sobre o apoio à assinatura final do acordo Mercosul EFTA, que já teve as negociações concluídas. Trataram também de questões de sustentabilidade e uma possível parceria tecnológica com foco na produção de hidrogênio verde. “Os suíços têm expertise tecnológica e podem cooperar com São Paulo nesses projetos”, salienta Tarcísio.

Em seguida, a comitiva se encontrou com Bandar Alkhorayef, ministro da Indústria do Governo da Arábia Saudita. “Nosso portfólio de investimentos em infraestrutura foi recebido com bastante interesse. O ministro demonstrou uma predileção pelo setor automotivo, que é muito forte no nosso estado”, comenta.

A terceira reunião da manhã foi com o vice-presidente do State Gride Corporation of China, Pan Jingdong. A companhia de energia é dona da CPFL. “Além de apresentar o nosso portfólio de investimentos, falamos da privatização da Emae. Devemos falar novamente em breve e com mais profundidade sobre essa agenda”, resume o governador.

Encerrando a agenda matinal, Tarcísio se encontrou com o CEO da Nutrien, considerada uma das maiores empresas de fertilizantes do mundo. Ken Seitz declarou que a fornecedora mundial de insumos e serviços agrícolas pretende aumentar a capacidade de produção no estado ainda este ano.

Durante a tarde, o governador se encontrou com o secretário-geral da OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), Mathias Cormann. Na reunião, os dois conversaram sobre uma possível parceria para cooperação técnica para alavancar as práticas de governança do estado.

Na sequência, houve reunião de apresentação do portfólio de investimentos em infraestrutura para o diretor do Banco Mundial, Axel van Trotsenburg. “Foi um encontro muito positivo. Axel se colocou à disposição para ajudar na estruturação desses projetos”, destaca o governador. O Banco Mundial se propôs, ainda, a colaborar com funding de projetos e suporte de garantias para a disponibilização de recursos.

A agenda foi encerrada com Michael Punke, vice-presidente de Políticas Públicas Globais da Amazon. Foi discutido um programa de cooperação com o Governo do Estado de São Paulo na área de educação, com foco no desenvolvimento de habilidades específicas ligadas à tecnologia. A ideia é que os jovens que participarem do projeto também tenham oportunidades de trabalho na gigante varejista. São Paulo tem hoje um dos mais importantes data center e um grande centro de distribuição da empresa, em Cajamar.

Tarcísio de Freitas está em sua primeira missão internacional à frente do Governo do Estado de São Paulo acompanhado do secretário de Negócios Internacionais Lucas Ferraz, de Arthur Lima, secretário-chefe da Casa Civil, e de Lais Vita, secretária de Comunicação.

 

Tarcísio de Freitas faz balanço da participação no Fórum

No terceiro dia de encontros e reuniões bilaterais, governador já se reuniu com autoridades como o presidente da AstraZeneca, o vice-presidente da Pepsico e o CEO da Toyota Research Institute

O governador Tarcísio de Freitas fez nesta quarta-feira (18) um balanço positivo da participação do Governo do Estado de São Paulo no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça. “Estamos detectando um grande interesse no nosso programa de investimentos com a iniciativa privada. Falamos muito de EMAE, de Sabesp, de Rodoanel. E sabemos que a gente vai trazer investimento e com o investimento vem o emprego”, afirmou o governador.

No terceiro dia de encontros e reuniões bilaterais do evento, o governador paulista já se reuniu com o presidente da AstraZeneca, Leif Johanson, o vice-presidente da Pepsico, Roberto Azevêdo, o CEO da Toyota Research Institute, Gill Pratt, o CEO do Fundo Soberano de Singapura GIC, Jeffrey Jaensubhakij, o governador do Japan Bank for Internacional Cooperation (JBIC), Nobumitsu Hayashi, o presidente global de Public Affairs da META, Nick Clegg e o diretor da RGE Bracell, Anderson Tanotto.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
plugins premium WordPress
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x