15 de Julho de 2024

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > Moradores de São Carlos podem ajudar Santa Casa por meio de doação na conta de água

Moradores de São Carlos podem ajudar Santa Casa por meio de doação na conta de água

Possibilidade passou a existir com lei aprovada pela Câmara por iniciativa dos vereadores Lucão e Azuaite

01/02/2023 20h33 - Atualizado há 1 ano Publicado por: Redação
Moradores de São Carlos podem ajudar Santa Casa por meio de doação na conta de água

Lei aprovada pela Câmara Municipal por iniciativa dos vereadores Lucão Fernandes (MDB) e Azuaite Martins de França (Cidadania) beneficia diretamente a Santa Casa de São Carlos ao autorizar doações por meio das contas de água do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE).

Qualquer cidadão pode doar mensalmente um valor mínimo de R$ 5,00, sem limite máximo, ao autorizar desconto diretamente na conta de água. Basta acessar a Agência Virtual pelo site www.saaesaocarlos.com.br ou acionar o setor de captação do hospital pelos telefones (16) 3509-1270/ 99230-9294. A campanha “Doe Amor pela Conta de Água” está no ar para estimular a participação.

Todos os valores doados são direcionados para uma conta específica. “As doações feitas à nossa instituição são de extrema importância, com esses recursos viabilizamos projetos de melhoria na estrutura do hospital proporcionando mais qualidade no atendimento à população”, afirmou a Gerente de Relações Institucionais, Ariellen Guimarães.

De acordo com Ariellen, até o momento existem 52 doadores ativos que já destinaram R$ 12,7 mil por meio dessa nova lei. “Até o dia 28 de fevereiro todo o recurso que arrecadarmos irá para reforma da Maternidade Dona Francisca Cintra Silva”, explica Ariellen.

“O valor vem debitado na conta de água com a discriminação ‘Doação Solidária – Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Carlos'” explica o vereador Lucão Fernandes. Ele lembra que as doações são facultativas e precedidas de autorização prévia do contribuinte.

“A Santa Casa presta contas à Secretaria Municipal de Saúde quanto aos valores recebidos”, recorda o Azuaite Martins de França, o outro parlamentar proponente da iniciativa. Os recursos são vinculados aos convênios celebrados com o município por meio das normas do Ministério da Saúde.

Quando apresentaram o projeto de lei, os propositores consideraram que o hospital, fundado em 12 de Abril de 1891, tornou-se referência no atendimento à Saúde para uma população estimada em 700 mil habitantes dos municípios que compõem a microrregião de São Carlos, composta por Dourado, Ibaté, Ribeirão Bonito, Descalvado e Porto Ferreira.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
plugins premium WordPress
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x