24 de Julho de 2024

Dólar

Euro

Notícias

Jornal Primeira Página > Notícias > Santos sofre, mas vence Cruzeiro

Santos sofre, mas vence Cruzeiro

10/09/2011 22h58 - Atualizado há 13 anos Publicado por: Redação
Santos sofre, mas vence Cruzeiro

Borges artilheiro do Brasileiro comemora: ele marcou o gol da vitória santista em cima do CruzeiroPara se afastar da parte de baixo da tabela, o Santos recebeu o Cruzeiro neste sábado, 10, em partida válida pelo Brasileirão. O Peixe venceu pelo placar de 1 a 0.

Com 29 pontos, o time da Vila Belmiro vai se afastando ainda mais da zona de rebaixamento. A Raposa, com 28, cai na tabela.

O time do técnico Muricy Ramalho não jogou bem. Desfalcado, fez o suficiente para vencer pela contagem mínima, gol do artilheiro do Brasileirão, Borges.

Logo no começo da partida, o Santos perdeu Alison, lesionado. Anderson Carvalho entrou em seu lugar e o Peixe teve boa chance aos quatro minutos, após cruzamento de Neymar, que Rafael defendeu.

O Alvinegro mantinha a pressão nos primeiros minutos e abriu o placar aos 12 minutos, quando Neymar fez o passe para Allan Kardec invadir a área. Depois, ele rolou a bola para Borges bater para o gol e colocar o Santos na frente.

Aos 17, Rafael fez nova defesa em chute cruzado de Felipe Anderson. A Raposa tentava vencer a defesa santista, mas o Peixe dominava o jogo. A primeira chance cruzeirense foi com Bobô, mas Rafael, goleiro do Santos, saiu do gol para a defesa quase na linha da grande área.

Neymar tentou de falta aos 24, mas mandou a bola longe do gol. O Cruzeiro seguia buscando espaço no campo ofensivo, mas pouco fazia para ter oportunidades contra a meta santista. Enquanto isso, o Peixe seguia criando e Neymar fez o toque cruzado para Allan Kardec bater por cima do gol.

Aos 30, o Cruzeiro teve pênalti marcado a seu favor quando Anderson Carvalho derrubou Montillo na área. O argentino cobrou a penalidade, mas ele mandou para fora. O Santos respondeu em chute de Neymar, que foi pela linha de fundo. Montillo tentou novamente o chute aos 39, mas Rafael fez a defesa.

No começo do segundo tempo, Montillo passa pela defesa e faz o toque para Bobô bater, mas o goleiro do Santos fazer nova defesa. O Cruzeiro mostrava uma postura mais ofensiva no segundo tempo e se arriscava mais. Roger, aos cinco, tentou o chute, e mandou para fora.

Aos 12, Bobô recebeu cruzamento da direita de Leandro Guerreiro e bateu para a defesa de Rafael. O Cruzeiro seguia pressionando mais, com o Santos pouco buscando o ataque e assistindo a troca de passes dos jogadores cruzeirenses.

A Raposa perdeu Léo, expulso aos 21, por fazer falta em Neymar. Mesmo com um a menos, o time visitante era quem pressionava mais. Montillo, aos 27, arriscou novamente em cobrança de falta, por cima do gol.

Depois dos 30 minutos, o ritmo de jogo diminuiu e o Cruzeiro reduziu sua presença ofensiva, permitindo ao Santos avançar. Aos 37, Diogo fez o toque para Felipe Anderson. Ele entregou a bola para Allan Kardec tentar o chute, mas Rafael fez a defesa.

Nos minutos finais, outro jogador do Cruzeiro acabou expulso, Fabrício, por cometer agressão em Neymar. Depois, o jogador santista tentou o chute, mas Leandro Guerreiro chegou antes para evitar o gol.

O Santos faz o clássico com o Corinthians na próxima rodada. O Cruzeiro recebe o América-MG.

Foto: Ricardo Saibun/Agif/AE{jcomments on}

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
plugins premium WordPress
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x