Sexta-feira, 19 Janeiro 2018  17:04:52
Terça, 05 Maio 2015 11:53

O grupo da seleção brasileira que vai buscar o título da Copa América no Chile já é conhecido. Nesta terça-feira, em evento na sede da CBF, o técnico Dunga divulgou a lista de 23 jogadores convocados, numa relação sem grandes novidades, como havia sido antecipado pelo próprio treinador, e liderada pelo craque Neymar mas sem o meia Oscar, do Chelsea, e com o volante Casemiro, do Porto, além do atacante Robinho, hoje no Santos. 

Mais uma vez, Dunga resolveu apostar em Robinho, jogador de confiança na sua passagem anterior pelo comando da seleção, e que continua em alta com o treinador, ainda mais após conquistar o título do Campeonato Paulista no último fim de semana. 

A relação não chegou a ter nenhum novato sob o comando de Dunga, mas a presença de Casemiro causou certa surpresa, pois o jogador não vinha sendo constantemente convocado pelo técnico. O treinador também resolveu apostar no meia Everton Ribeiro, ex-Cruzeiro, que havia ficado de fora da convocação anterior, após se transferir para o Al-Ahli, dos Emirados Árabes Unidos. Ele acabou ficando com a vaga de Oscar, campeão inglês pelo Chelsea e que, segundo Dunga, está lesionado.

Escolhido pela suceder o técnico Luiz Felipe Scolari no comando da seleção após o fracasso na Copa do Mundo de 2014, Dunga está invicto dirigindo a equipe nesta segunda passagem pelo Brasil, incluindo triunfos nos dois amistosos de 2015, diante da França (3 a 1) e do Chile (1 a 0). 

E a relação divulgada por Dunga conta com oito jogadores que fizeram parte do grupo do Brasil na última Copa. São eles: Jefferson, Marcelo, David Luiz, Thiago Silva, Luiz Gustavo, Fernandinho, Willian e Neymar. Mas o treinador também apostou em nomes recentemente lançados, como os atacantes Roberto Firmino, do Hoffenheim, e Diego Tardelli, do Shandong Luneng, e que brilharam pelo Brasil sob o seu comando.

Agora, Dunga terá o desafio de comandar a seleção em um torneio oficial, a Copa América no Chile, que também servirá como prévia para as Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018. O Brasil vai estrear no torneio em 14 de junho, diante do Peru, em Temuco. E os outros adversários no Grupo C da competição serão a Colômbia, no dia 17, e a Venezuela, no dia 21, com ambos os confrontos marcados para Santiago. 

Antes da Copa América, a seleção fará dois amistosos de preparação para o torneio, ambos agendados para o Brasil. Eles serão em 7 de junho, diante do México, no Allianz Parque, em São Paulo, e no dia 10, diante de Honduras, no Beira-Rio, em Porto Alegre.  A apresentação da seleção para a Copa América está prevista para 1º de junho, na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). Porém, caso algum jogador esteja envolvido na decisão da Liga dos Campeões da Europa, caso de Neymar, do Barcelona, e Marcelo, do Real Madrid, marcada para 6 de junho, a apresentação se dará apenas após a disputa da final do torneio continental. 

Como os torneios nacionais não serão paralisados durante a disputa da Copa América, os jogadores que atuam no País vão desfalcar os seus times no período do torneio. Os atletas de clubes que participam do Brasileirão, casos do gremista Marcelo Grohe, do santista Robinho e do corintiano Elias, poderão ficar de fora de até sete rodadas. Já Jefferson pode desfalcar o Botafogo em até seis jogos da Série B.

Além disso, também, nesta terça, a CBF anunciou que o ex-jogador Clodoaldo, com passagem destacada pelo Santos e que conquistou o título da Copa do Mundo de 1970 pela seleção brasileira, será o auxiliar técnico pontual, cargo criado por Dunga para que nomes consagrados do futebol estejam juntos ao grupo. 

A LISTA DE DUNGA

Goleiros

Jefferson (Botafogo)

Diego Alves (Valencia)

Marcelo Grohe (Grêmio)

 

Laterais

Danilo (Porto)

Fabinho (Monaco)

Marcelo (Real Madrid)

Filipe Luis (Chelsea)

 

Zagueiros

David Luiz (Paris Saint-Germain)

Marquinhos (Paris Saint-Germain)

Thiago Silva (Paris Saint-Germain)

Miranda (Atlético de Madrid).

 

Volantes

Luiz Gustavo (Wolfsburg)

Elias (Corinthians)

Fernandinho (Manchester City)

Casemiro (Porto)

 

Meias

Everton Ribeiro (Al-Ahli)

Willian (Chelsea)

Phillippe Coutinho (Liverpool)

Douglas Costa (Shakhtar Donetsk)

 

Atacantes

Neymar (Barcelona)

Diego Tardelli (Shandong Luneng)

Robinho (Santos)

Roberto Firmino (Hoffenhein)

0
Terça, 05 Maio 2015 11:16
Publicado em  Esporte - Futebol - Amador
Escrito por

No último final de semana, as equipes Sub11 e Sub13 do Centro Esportivo Multi Esporte/La Salle conquistaram vaga na final do Campeonato Municipal de Futebol de Campo, promovido pela Secretaria Municipal de Esportes de São Carlos.

A equipe Sub11 não teve dificuldades em vencer a equipe do Sindicato ADSM por 6 a 1 garantindo uma vaga para a final na categoria. Já a equipe Sub13, em um jogo disputadíssimo que terminou em 0 a 0, só conquistou a vitória contra a equipe do Sindicato nos pênaltis e também garantiu a vaga na final em sua categoria.  

As finais estão marcadas para o dia 9 de maio e as equipes do Centro Esportivo Multi Esporte irão enfrentar, nas duas categorias, a equipe do Salesianos. Alguns atletas do CEME/La Salle também disputam pela artilharia e destaque individual na competição.

0
Terça, 05 Maio 2015 11:15

Após a realização da quarta rodada do Campeonato Paulista sub-15/sub-17, as categorias de base do São Carlos permanecem na zona de classificação para a segunda fase da competição.

Na categoria sub-15 a equipe treinada por Claudinei de Paula ocupa a vice-liderança do grupo 3 com 6 pontos ganhos. O time perdeu sua invencibilidade ao ser batido pela Inter de Limeira por 2 a 1. A liderança da chave é do Botafogo com 7 pontos. Ferroviária e Velo Clube fecham o G4 ambos com 6 pontos ganhos.

Já o sub-17 conquistou 1 ponto ao empatar pelo placar de 1 a 1 e chegou aos 4 pontos conquistados. Os comandados do técnico Privatti se mantiveram na quarta colocação do grupo, que é liderado pela Inter de Limeira, com 10 pontos, seguida por Velo Clube, com 9 e, Ferroviária, com 5 pontos.

No próximo sábado (9) as duas equipes voltam a campo pelo estadual onde recebem o Palmeirinha de Porto Ferreira a partir das 9 horas (sub-15) e 10h45 (sub-17) no estádio municipal Professor Luis Augusto de Oliveira (Luisão). A entrada é gratuita. (assessoria de imprensa SCFC).

0
Terça, 05 Maio 2015 10:10

Com a voz rouca "de tanto comemorar o título do Santos", o atacante Robinho diz que o que mais quer agora é ficar na Vila Belmiro. Ele está emprestado pelo Milan até julho e espera que a diretoria santista se acerte com os italianos.

"O meu desejo é continuar no Santos, mas isso depende de os dirigentes entrarem em acordo com o Milan", disse Robinho na noite desta segunda-feira na festa de encerramento do Campeonato Paulista.

O atacante confirma que recebeu algumas sondagens de clubes brasileiros, entre eles o Cruzeiro, mas não parece ter se empolgado muito. "Sondagens sempre acontecem, mas minha vontade é ficar no Santos." 

Ele fugiu até da pergunta feita pela reportagem - se não preferiria jogar em outro time brasileiro caso não haja acordo para permanecer na Vila a ter de voltar para a Europa. "Minha preferência é o Santos."

Robinho considera que a união do grupo foi fundamental para a conquista do título e acredita que o Santos poderá fazer boa campanha no Campeonato Brasileiro, e também na Copa do Brasil. Para ele é possível até obter uma vaga na próxima Copa Libertadores. "Vamos manter a humildade. São duas competições muito difíceis, mas o Santos tem condições de ir bem".

0
Terça, 05 Maio 2015 09:19

O Palmeiras tenta a todo custo conseguir a liberação de Egídio para que ele possa estrear pela equipe neste sábado, contra o Atlético-MG, às 18h30, no Allianz Parque, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Porém, questões burocráticas com o futebol ucraniano podem fazer com que o jogador tenha que adiar a estreia com a camisa do clube.

O lateral-esquerdo entrou na Justiça contra o Dnipro, da Ucrânia alegando falta de pagamento de salários, e conseguiu fechar com o Palmeiras sem custos palmeirenses. Entretanto, nos casos em que jogadores deixam os clubes de modo "forçado", geralmente a Federação Ucraniana de Futebol demora para enviar a documentação do atleta. Costumeiramente, o processo todo leva cerca de 15 dias, mas o caso de Egídio está mais demorado do que o esperado.

Situação parecia aconteceu com Cleiton Xavier. Ele também deixou o Metalist, da Ucrânia, através da Justiça, e por causa da demora dos ucranianos em enviarem seus documentos, ele não pôde ser inscrito na primeira fase do Campeonato Paulista.

Em geral, quando um jogador é contratado por um clube brasileiro vindo do exterior, é necessário que o time onde ele estava envie um documento para a CBF onde atestará que o atleta não tem mais vínculo com ele. Paralelamente, a nova agremiação precisa também enviar um documento afirmando que o jogador firmou um contrato. Aí, as informações são "cruzadas".

O departamento jurídico do Palmeiras tenta ainda essa semana conseguir regularizar a situação do jogador para ele ter condições de jogo para sábado. Enquanto isso, o técnico Oswaldo de Oliveira pode contar com Zé Roberto e Victor Luis para a posição. Já João Paulo se recupera de lesão.

0
Terça, 05 Maio 2015 09:16

O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, demonstrou nesta segunda-feira não ter pressa para definir a renovação contratual do meia Michel Bastos e do atacante Luis Fabiano. Os dois jogadores têm o vínculo válido até dezembro e o dirigente disse que só pretende negociar mais detalhes com a dupla depois do fim da participação do São Paulo na Copa Libertadores, competição em que o time inicia as oitavas de final nesta quarta, contra o Cruzeiro.

Para Aidar, o momento atual do clube é de priorizar a busca por resultados na competição. "Os entendimentos já se iniciaram e a gente espera terminar o mais rápido possível. Não queremos pensar nisso agora. Depois que encerrar a participação do São Paulo na Libertadores, oxalá que seja depois do dia 4 de agosto, quando será jogada a final, daí sim vamos dar prioridade às renovações", afirmou o presidente durante evento nesta segunda, no Morumbi, para o lançamento da nova camisa do clube.

Em entrevista exclusiva ao jornal O Estado de S. Paulo na última semana, Michel Bastos disse já estar com conversas encaminhadas para renovar. Já Luis Fabiano interessa ao Orlando City, dos Estados Unidos, e atualmente não tem sido titular da equipe. "No momento se escuta, se conversa e se trocam ideia. Mas ainda não esta na reta de chegada", comentou o presidente ao analisar a possibilidade de acordo. O gerente executivo de futebol são-paulino, Gustavo Oliveira, é quem cuida das tratativas.

O presidente contou que na última semana foi ao CT da Barra Funda e se reuniu com os jogadores e comissão técnica para dizer que o então interino Milton Cruz estava efetivado no cargo. "Como todo treinador, ele tem contrato de trabalho com prazo determinado. Ele está simplesmente cumprindo o trabalho. Era o nosso auxiliar e agora é o técnico principal, com o nosso apoio" disse. Antes deste anúncio, o clube negociava com o argentino Alejandro Sabella.

0
Segunda, 04 Maio 2015 17:00

O Corinthians negocia com um banco um empréstimo para quitar os direitos de imagem atrasados. São quase R$ 15 milhões. A garantia de pagamento são os direitos de televisão pagos pela Globo. O banco vai cobrar juros, mas antecipará ao clube parte da cota de TV de 2016 - a de 2015 já foi toda usada.

Essa foi a maneira encontrada pela diretoria para enfim quitar débitos com uma boa parte do elenco. O clube deve direitos de imagem a pelo menos seis jogadores, entre eles Danilo, Renato Augusto, Guerrero, Ralf e Emerson - alguns não recebem há seis meses.

Sem dinheiro, a diretoria já adiou mais de uma vez o acerto com elenco. Os débitos deveriam ter sido pagos na semana passada. No entanto, a dívida continua pendente. Ainda não há uma data para o pagamento.

Só depois de quitar os débitos com os jogadores é que a diretoria vai tratar sobre a renovação do atacante Guerrero. O contrato do jogador termina em junho. O peruano pede alto para continuar no clube.

0
Segunda, 04 Maio 2015 16:29

A Confederação Brasileira de Futebol anunciou nesta segunda-feira que o presidente do Grupo de Líderes Empresariais (Lide) e apresentador de TV João Dória Jr. será o chefe da delegação da seleção brasileira durante a Copa América deste ano no Chile. A convocação da equipe será realizada nesta terça-feira pelo técnico Dunga, em coletiva de imprensa no Rio.

De acordo com nota publicada no site da CBF, o convite a João Dória Jr. foi feito pelo presidente da entidade, Marco Polo Del Nero. O empresário, que é fundador e presidente do Grupo Dória, do ramo de comunicações, aceitou prontamente o pedido, pelo que explicou a confederação.

A chefia de delegação costuma ficar com dirigentes ligados ao futebol, o que não é o caso de João Dória Jr. Na Copa do Mundo de 2010, o chefe foi o então presidente do Corinthians, Andres Sanchez. No Mundial do ano passado, o cargo ficou com Vilson Ribeiro de Andrade, presidente do Coritiba. Na última Copa América, em 2011, ninguém foi designado.

A escolha por João Dória Jr, empresário filiado ao PSDB, vem uma semana depois de encontro entre Del Nero e o ministro do Esporte George Hilton (PRB-MG). A CBF defende mudanças radicais no texto da Medida Provisória 671, a MP da Dívida dos Clubes, proposta pelo Governo Dilma (PT).

0
Segunda, 04 Maio 2015 14:52
Publicado em  Esporte - Futebol - Brasileirão
Escrito por

Um dia após conquistar o título do Campeonato Paulista pelo Santos, o técnico Marcelo Fernandes comentou nesta segunda-feira sobre o seu futuro na equipe da Baixada. Segundo o treinador, que não ganhou um novo contrato ao assumir o posto após a queda de Enderson Moreira mesmo que tenha assumido uma nova função, seu acordo estava em segundo plano justamente por conta da decisão do torneio estadual. Agora, os contatos devem ser retomados.

"Estou muito tranquilo quanto a isso, não gosto de ficar na ansiedade de nada. Estava com a cabeça em ser campeão com esta molecada que merecia. Não estou preocupado com o futuro, tem pessoas cuidando disso tudo. Não discuti absolutamente nada de salário, e acho que isso ajudou a manter a cabeça tranquila para poder trabalhar", afirmou Marcelo em entrevista à Rádio Estadão.

O treinador, porém, se diz feliz no Santos e manifesta a vontade de dar continuidade ao trabalho. "O futuro a Deus pertence. O dinheiro é importante, mas preferi deixar de lado por enquanto, nessa oportunidade ímpar. Agora é esperar para ver o que vai acontecer. Estou muito tranquilo, a diretoria sempre soube reconhecer meu lado, por isso que a sintonia está legal", afirmou.

Além do seu próprio contrato, Marcelo Fernandes foi questionado sobre a situação do atacante Robinho, capitão da equipe e peça-chave no título paulista e, claro, declarou torcer pela permanência do jogador, que pertence ao Milan. 

"O Robinho é um cara fenomenal, nos ajudou demais neste título e queremos que ele fique. A vontade dele vai ser preponderante nisso e com certeza dará tudo certo", afirmou. Nos próximos dias o presidente Modesto Roma Júnior deve ir a Milão para tratar da situação do "Rei das Pedaladas".

Marcelo também lembrou o tempo em que trabalhou ao lado do técnico adversário na final deste domingo, Oswaldo de Oliveira, e afirmou ter aprendido muito com o treinador. "Trabalhamos com um excelente profissional que é o Oswaldo, agradeço de ter encontrado não só ele, como o Muricy em meu caminho e eles me ensinaram muita coisa do que sei".

Sobre a final do Campeonato Paulista, disputada em duas partidas e encerrada neste domingo com o título santista, o treinador destacou a força do seu time na Vila Belmiro. "A avaliação foi a melhor possível. No jogo da arena tivemos um jogo muito disputado, o Palmeiras saiu em vantagem, perdeu até um pênalti, mas confiamos em nossa força na Vila e deu tudo certo". 

Marcelo Fernandes ainda garantiu que não teve dificuldades para dormir após seu primeiro título como treinador. "Dormi, sossegado. Dormi feliz com o time ontem (domingo), tive uma noite tranquila, apesar de ter ido para a cama bem tarde".

Por fim, o treinador do Santos projetou o resto da temporada, que ainda tem a disputa do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, ressaltando a importância do time se reforçar. "São campeonatos que exigem muito. Exigem um elenco forte, numeroso. Já chegou o Longuine, destaque do Campeonato Paulista, e a diretoria está trabalhando para reforçar a equipe ainda mais", finalizou o técnico campeão paulista no último domingo.

0
Segunda, 04 Maio 2015 11:40

A perda do título do Campeonato Paulista para o Santos não deve causar grandes transtornos e mudanças radicais no Palmeiras. Pelo menos, é o que garante o vice-presidente Maurício Galiotte, que antes mesmo da bola rolar na Vila Belmiro, no último domingo já deixava claro que, independente do resultado, a sequência do trabalho seria mantida, pois a visão é que o trabalho está sendo feito exatamente como o esperado.

"O trabalho já está desenhado. O planejamento está pronto e vamos continuar o trabalho, independente do resultado", disse o dirigente, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Ainda segundo Galiotte, o fato da equipe conseguir passar por uma grande reformulação sob o ponto de vista financeiro e técnico e disputar uma decisão após cinco meses de mudanças, é sinal de que as coisas estão sendo realizadas da maneira correta por isso, mexer na estrutura por causa de um resultado pode ser arriscado ou errado.

"Foi um trabalho que começamos novo e fizemos uma reformulação. Para nós, é muito importante enxergar o caminho. Esse é o caminho. Temos indicadores de que estamos administrando da maneira correta. Obviamente, queremos o título, mas, independente dele, isso mostra que acertamos o trabalho", analisou o dirigente, que é o grande favorito para sair como candidato ao cargo de presidente do clube na próxima eleição, já que Paulo Nobre não poderá concorrer.

O Palmeiras não conseguiu sair da Vila Belmiro, no último domingo, com o título estadual, mas deixou a competição com uma boa impressão. A equipe conseguiu mostrar um bom futebol, entrosamento e jogadores que chegaram no início da temporada, mostraram que podem dar certo na sequência do ano.

Financeiramente, o clube também mostra uma situação muito melhor que outrora. Só de bilheteria em jogos no Allianz Parque, foram arrecadados quase R$ 15 milhões, além de ter conseguido patrocínios na camisa que totalizam R$ 50 milhões e o programa de sócio-torcedor Avanti, já é segundo do Brasil em número de sócios e deve gerar ao clube cerca de R$ 25 milhões na temporada.

Ainda lamentando a derrota, mas pensando em um futuro mais alegre, o elenco do Palmeiras ganhou folga nesta segunda-feira e a reapresentação está marcada para acontecer na tarde desta terça-feira, na Academia de Futebol, quando inicia os trabalhos visando a disputa do Campeonato Brasileiro. O Palmeiras estreia sábado, contra o Atlético-MG, no Allianz Parque.

0

PUBLICIDADE

Anacã
Atlântica

PUBLICIDADE

Jornal 1ª Primeira Página. Todos os direitos reservados.