15 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Brasil

Jornal Primeira Página > Notícias > Brasil > Tumor na laringe de Lula tem redução de 75%, dizem médicos

Tumor na laringe de Lula tem redução de 75%, dizem médicos

13/12/2011 18h15 - Atualizado há 12 anos Publicado por: Redação
Tumor na laringe de Lula tem redução de 75%, dizem médicos

SÃO PAULO, 12 Dez (Reuters) – O tumor detectado na laringe do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou uma redução surpreendente de 75 por cento após duas sessões de quimioterapia, disseram nesta segunda-feira os médicos responsáveis pelo tratamento, que descartaram uma cirurgia. “A redução era esperada, o que a gente não podia saber era qual seria a dimensão, foi uma redução extraordinária, de uma certa maneira surpreendeu a equipe médica”, afirmou o Dr. Artur Katz em entrevista coletiva no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde o ex-presidente realizou exames nesta segunda-feira. “Até pela melhora da voz muito rápida estávamos muito otimistas e as imagens vieram a confirmar essa impressão… Nós evidentemente esperávamos encontrar uma redução, nem sempre ela é tão expressiva, às vezes 30 por cento, 40 por cento, isso já seria uma boa redução”, acrescentou. Os médicos afirmaram que se não houvesse uma redução expressiva do tumor, eles poderiam mudar os planos e partir para uma cirurgia. “Felizmente isso não será necessário”, declarou Katz. No início do próximo ano, o ex-presidente será submetido a uma radioterapia, e então o tratamento deverá ser finalizado. Os médicos preveem que em março ele poderá retornar às suas atividades. “Tudo está caminhando muito bem…esse é o caminho que conduz à cura”, disse o médico. De acordo com o médico pessoal de Lula, o cardiologista Roberto Kalil Filho, que também integra a equipe que trata do ex-presidente, o estado geral e clínico de Lula é “muito bom” e a terceira e última sessão de quimioterapia a que Lula vai se submeter, marcada para terça-feira, foi antecipada para esta segunda. “Houve redução de pelo menos 75 por cento no tumor e a quimioterapia que estava marcada para amanhã, ele iniciou no dia de hoje. O presidente deverá ter alta hospitalar no dia de amanhã”, disse. Lula, que teve o câncer diagnosticado em outubro, apareceu com a voz bastante rouca em um vídeo divulgado pelo Instituto Cidadania, idealizado por ele, dias depois do anúncio de sua doença. No domingo, em declaração após acompanhar a final de um torneio de futebol americano em São Paulo, o ex-presidente já não apresentava tanta rouquidão.Segundo Kalil, Lula, de 66 anos, foi informado da redução do tumor, mas o médico, que é amigo do ex-presidente, deu poucos detalhes de sua reação. “Ele sabe de tudo, evidentemente ficou contente, deu um sorriso”, contou. Horas depois, o Instituto Cidadania divulgou em seu site (www.icidadania.org) a foto em que Lula recebe de Kalil a notícia da redução do tumor. Nela, o ex-presidente aparece cumprimentando o médico, ao lado da ex-primeira-dama Marisa Letícia, com um largo sorriso no rosto. O médico Paulo Hoff afirmou que Lula teve algumas reações adversas após a primeira sessão de quimioterapia, mas que a segunda foi “tranquila”. Lula raspou o cabelo e a barba em novembro, antecipando-se aos efeitos colaterais do tratamento. O tumor na laringe de Lula foi apontado pelos médicos como de agressividade média e os planos iniciais eram que o tratamento fosse finalizado em fevereiro, como confirmado pelos médicos agora. Eles avaliavam que as chances de cura do ex-presidente eram altas. Antes de ter o câncer diagnosticado, Lula vinha afirmando que pretendia ter papel de destaque na campanha para as eleições municipais de 2012, viajando pelo país para apoiar candidatos do PT e de partidos que compõem a base de sustentação da presidente Dilma Rousseff, que visitou Lula no começo deste mês.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x