22 de Fevereiro de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > A agenda sustentável do Crea-SP

A agenda sustentável do Crea-SP

Desde 2019, o Conselho é signatário dos ODS

23/01/2024 21h06 - Atualizado há 4 semanas Publicado por: Redação
A agenda sustentável do Crea-SP

O mundo parou, literalmente, para falar sobre sustentabilidade, clima e responsabilidade ambiental na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2023, a COP 28. A COP teve sua primeira edição em 1995, em Berlim. Desde então, anualmente, os países engajados na causa se reúnem para discutir iniciativas e traçar metas. No Crea-SP, a Agenda 2030 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) existe desde 2019, quando o Conselho se tornou signatário do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU).

A partir desse período, não só atenção às emergências climáticas, como outras estratégias de desenvolvimento social, ambiental e econômico passaram a fazer parte das pautas da autarquia. Em um inventário feito todos os anos, o Crea-SP analisa, por exemplo, os poluentes emitidos no seu dia a dia e acompanha o efeito de suas ações. Os dados, divulgados em outubro de 2023, referentes ao ano de 2022 somaram 552,79 toneladas de dióxido de carbono equivalente (CO2e), medida internacional de equivalência dos gases de efeito estufa (GEE), como dióxido de carbono (CO2), metano (CH4) e óxido nitroso (N2O).

Controlar o quanto é emitido em poluentes se tornou possível com a adoção de medidas que reduzem os gases de efeito estufa, como a troca da frota de veículos da capital para automóveis elétricos e híbridos; o sistema de climatização com uso de gás que não é tóxico; a captação e microgeração de energia fotovoltaica; a digitalização com migração de processos em papel para versões em ambiente eletrônico; a utilização de combustíveis não-fósseis; e a redução do uso de folhas em impressões e do consumo de descartáveis.

A conscientização de pautas sociais também é destaque da agenda sustentável. Com a criação do Comitê Gestor do Programa Mulher, em 2021, e da Comissão Especial de Igualdade de Gênero e Diversidade, em 2023, eventos e conteúdos especiais passaram a fazer parte da programação institucional do Conselho, instruindo profissionais e sociedade civil sobre práticas de equidade de gênero e redução das desigualdades.

A Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de São Carlos – AEASC, segue as diretrizes do CREA-SP e traz esses temas para o debate e a atualização dos profissionais associados ou não. “Em 2023 realizamos e participamos de workshops e debates ligados a acessibilidade, eficiência energética, cidades inteligentes, drenagem, meio ambiente, inovação tecnológica sustentável, além de participação ativa nos Comitês das Bacias Hidrográficas do Tietê-Jacaré e do Mogi-Guaçu, e publicamos  em nossas mídias matérias sobre sustentabilidade e responsabilidade ambiental, como exemplos são os Cadernos Técnicos – Guia de boas práticas aos objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) para construtoras, que está disponível gratuitamente no site da AEASC”, disse Laert Rigo, presidente da AEASC.

Viabilizar um mundo mais inclusivo, sustentável e diverso começa com a construção de cidades mais inteligentes. O tema é constantemente abordado entre os profissionais da área tecnológica e na formalização de parcerias do Crea-SP com outras instituições e poder público. A entrega de um relatório técnico está entre os resultados deste trabalho, que foi consolidado no 2º Simpósio Nacional de Cidades Inteligentes, realizado em Santos no mês de agosto de 2023. O tema cidades inteligentes a AEASC trouxe para São Carlos, por meio de duas palestras na 1o Conferência de Ciência, Tecnologia e Inovação, em outubro de 2023.

Também em 2023, a autarquia lançou uma edição especial da Revista CREA São Paulo com matérias sobre 13 dos 17 ODS. A publicação está disponível para leitura e download no site do CREA – www.creasp.org.br

No site, você também pode conferir as seguintes notícias sobre esse mesmo tema:

ESG é pauta no Desafio Hyundai/Crea-SP

Mobilização internacional por mais mulheres na tecnologia

Semana do Meio Ambiente: iniciativas para sustentabilidade

Comitê de calamidade pública

Fortalecendo a proteção ambiental

Futuro da Engenharia Ambiental

 

(Produzido pela CDI Comunicação e Atento Comunicação – assessoria de imprensa da AEASC)

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x