25 de Fevereiro de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Agentes de combate a endemias ganham nova base de apoio

Agentes de combate a endemias ganham nova base de apoio

Nova base de apoio ao trabalho é denominada "Shirlei Rossato Pelarin Gonçalves"

02/02/2024 15h13 - Atualizado há 3 semanas Publicado por: Redação
Agentes de combate a endemias ganham nova base de apoio

A Secretaria Municipal de Saúde vai inaugurar nesta segunda-feira (5), às 9h, dois novos equipamentos de vigilância em saúde. Os agentes de combate a endemias passam a ter uma nova base de apoio ao trabalho denominada “Shirlei Rossato Pelarin Gonçalves”, em que estes profissionais estarão lotados e poderão guardar seus pertences e executar atividades administrativas, como reuniões e produção de relatórios.

Além disso, também será inaugurado o posto permanente de vacinação antirrábica de cães e gatos “Romeu Casale Filho”, com o objetivo de realizar a vacinação de rotina via demanda espontânea destes animais domésticos. Ambos os serviços funcionarão na Avenida Dr. Carlos Botelho, nº 3469, na Vila Deriggi.

VACINAÇÃO/ANIMAIS

A vacinação antirrábica de cães e gatos terá início a partir da terça-feira (06/02) e ocorrerá todas às terças e quintas-feiras, das 8h30 às 16h30. Atualmente as vacinas contra a raiva animal recebidas pelo município vem em frascos de 25 doses e estas doses devem ser utilizadas em até três dias após abertura do frasco. Assim, visando o melhor aproveitamento do imunizante, sem desperdício de doses, a vacinação ocorrerá inicialmente duas vezes por semana, podendo ser ampliado para mais dias, caso ocorra maior procura por parte dos munícipes.

Para levar o animal para receber a vacina é importante saber que só podem ser vacinados cães e gatos a partir de 3 (três) meses de idade; os cães devem ser levados devidamente contidos com coleira e guia, conduzidos por pessoa que seja capaz de segurá-lo para a realização do procedimento, e com focinheira ou mordaça se for necessário; os gatos devem estar em caixas de transporte ou adequadamente contidos, evitando fugas e acidentes; não é recomendada a vacinação de animais que estiverem recebendo antibióticos ou anti-inflamatórios, devendo aguardar o final do tratamento e os responsáveis devem levar a carteira de vacinação do animal, caso não tenha será fornecida com o comprovante.

O município está atendendo a Deliberação nº 169/2021 da Comissão Intergestores Bipartite do Governo do Estado, que aplicou esta imunização à estratégia de rotina, suspendendo, assim, a vacinação pelo sistema de campanhas.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x