18 de Junho de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Aplausos ao conhecimento

Aplausos ao conhecimento

Prefeitura homenageia 50 anos da Academia de Ciências do Estado de São Paulo

30/05/2024 00h55 - Atualizado há 3 semanas Publicado por: Redação
Aplausos ao conhecimento FOTO: Fundada em São Carlos em 8 outubro de 1974 pelo Prof Dr. Sérgio Mascarenhas, a ACIESP é uma importante contribuição para o desenvolvimento da ciência, da tecnologia e educação do estado de São Paulo, comemora em 2024 seu Jubileu de Ouro FOTOS: Divulgação

DA REDAÇÃO 

A Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação realizou na manhã de quarta-feira (29/05), no auditório Bento Prado Ferraz Junior – Paço Municipal, uma homenagem aos 50 anos da Academia de Ciências do Estado de São Paulo (ACIESP). A solenidade destacou a dedicação ao desenvolvimento científico, tecnológico e educacional, pela instituição.

Representando o prefeito Airton Garcia, o secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, prof. Dr. José Galizia Tundisi, enfatizou que a homenagem se faz necessária pelo volume de trabalhos desenvolvidos pela ACIESP para São Paulo e pelo Brasil, sendo portanto, importante e fundamental o registro do seu Jubileu, a Academia que representa a elite da ciência. Tundisi mostrou entusiasmo ao receber a profa. Dra. Yvonne Mascarenhas, que ao lado do prof. Sérgio Mascarenhas, participou da fundação da ACIESP. “A professora Yvonne é uma inspiração e exemplo permanente para todos nós”, destacou.

“Temos por finalidade promover e apoiar as atividades da ciência, e o desenvolvimento científico, tecnológico e econômico do município e queremos destacar o apoio da administração do prefeito Airton Garcia ao modelo de São Carlos de ciência e desenvolvimento, a produção de um modelo de desenvolvimento que reúne universidades públicas e privadas, o Instituto Federal, as Embrapas, que produzem conhecimento e extrapolam tecnologias para o desenvolvimento da cidade. Apoiar o “Big Science” é importante, mas apoiar a ciência e tecnologia em nível municipal, inserindo processos de ciência e tecnologia na gestão pública, na solução das demandas da sociedade é fundamental. Com o apoio da sociedade, dos empreendedores, cientistas vamos criar uma Resolução para debatermos a “Década de ciência e cultura de São Carlos para a transformação social”, anunciou o secretário Tundisi.

Adriano Andricopolo, presidente da ACIESP ressaltou que a Academia recebe a homenagem com muita honra, alegria e compromisso de cumprir o papel de apoiar as atividades de educação, de ciência, tecnologia e de inovação que promovam cada vez mais benefícios para a sociedade.

“A ciência ao longo do século 21 será capaz de resolver e nos ajudar enfrentar os principais desafios como as mudanças climáticas,  segurança alimentar, saúde humana. São Carlos tem o berço da ciência e tecnologia tem como característica seu pioneirismo que faz a diferença e um grupo de cientistas liderados pelo Prof Dr Sérgio Mascarenhas teve a ideia de fazer uma Academia de Ciência isso há 50 anos atras é um privilégio receber essa homenagem de uma cidade reconhecida internacionalmente como a Capital da Tecnologia aqui se faz coisa boa e o retorno para população é feito em diversas áreas estratégicas para o nosso estado e país”, frisou.

Sobre os desafios da Academia lembrou que o perfil de tudo muda “é preciso pensar na educação dos jovens, observar o aumento populacional, como vamos alimentar e oferecer saúde para todos, observar a questão do envelhecimento da população, produtividade e a capacidade de gerar soluções para esses novos desafios nas áreas de engenharia, medicina, biologia, química, física, olhar para o futuro”, disse.

O Prof Dr. Glaucius Oliva, representando a Academia Brasileira de Ciência lembra que a ciência é o grande movimento transformador da humanidade.

“O que somos hoje é fruto do intelecto humano que foi capaz de compreender a natureza e gerar o conhecimento e as tecnologias que compõem a nossa vida cotidiana. O futuro será igualmente impactado pela capacidade da ciência de nos ajudar a resolver e entender os grandes desafios da humanidade. O desafio será entender como as novas tecnologias impactam todos os aspectos da vida humana desde o trabalho, até as nossas relações interpessoais com o estudo, as máquinas, como utilizar para o bem do cidadão. As academias de ciência não são clubes apenas para abrilhantar os currículos dos seus membros e sim veículos que congregam os cientistas para entender e ajudar a gestão pública definir políticas públicas embasadas em evidências, dados e informações, enfim servir a sociedade e a ACIESP tem feito isso.

Mirlene Simões, secretária regional da Sociedade Brasileira de Progresso da Ciência (SBPC), representando o ex-ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, atual presidente da SBPC, explicou que a SBPC está completando 76 anos e tem a ACIESP como uma das entidades parceiras.

“São Carlos é a síntese da ciência no estado de São Paulo, com um expressivo número de pesquisadores relevantes, descobertas de soluções para a sociedade e onde definimos as diretrizes para o futuro. Uma alegria participar dessa homenagem junto com a presidência da ACIESP, o baile de gala da ciência no estado de São Paulo”, frisou.

A Profa. Vanderlan da Silva Bolzani, ex-presidente da ACIESP, destacou que a homenagem da Prefeitura a ACIESP “é um momento especial da ciência paulista e do Brasil. Temos um quadro de cientistas destacados mundialmente. Uma sociedade científica forte no estado é mais do que uma instituição é um modelo que vai estimular nossos jovens pensarem no futuro, como novos cientistas. O conhecimento e a ciência tem que estar sempre no local onde existem desafios, fator fundamental para o país ser poderoso, soberano e oferecer felicidade e qualidade de vida a população”, finalizou.

Para o Prof. Dr. Tito José Bonagamba, do InovaUSP São Carlos destacou ser necessário lembrar o protagonismo da ciência são-carlense através do Prof Dr Sergio Mascarenhas que trouxe a 50 anos o pensamento de se criar uma Academia de Ciência, fundamental na criação do Parque Tecnológico, Embra e UFSCar.

“Há portanto, um movimento de integração das universidades pelo desenvolvimento que faz com que São Carlos tenha o papel de protagonista dentro da sociedade paulista como a cidade que é considerada periferia da metrópole, mas que traz o papel fundamental de mostrar que a união de todos os setores da sociedade faz diferença quando se pensa no desenvolvimento sócio econômico e inclusivo com o bem estar da população de forma ambientalmente sustentável. O desafio é concretizarmos as ações de todas as áreas da sociedade ainda um pouco feudalizada. O Poder Público, as universidades e as indústrias com desenvolvimento integrado é um movimento que vem crescendo na cidade sob a liderança do professor Tundisi e serve  de exemplo para outros municípios do Brasil”.

Fundada em São Carlos em 8 outubro de 1974 pelo Prof Dr. Sérgio Mascarenhas, a ACIESP é uma importante contribuição para o desenvolvimento da ciência, da tecnologia e educação do estado de São Paulo, comemora em 2024 seu Jubileu de Ouro e se consolidou como uma das mais importantes instituições científicas do país, reunindo em seu corpo de acadêmicos cientistas de notável reconhecimento nacional e internacional.

Tem como objetivos promover o avanço da ciência, da tecnologia, da inovação e da educação, atua como um fórum de debates e proposições, fomentando a pesquisa científica e a inovação tecnológica em diversas áreas do conhecimento; disseminar o conhecimento científico; promover a divulgação da ciência para a sociedade por meio de publicações e eventos, democratizando o acesso ao conhecimento científico e tecnológico; defender a liberdade de pesquisa e os direitos dos cientistas; zelando pela autonomia das instituições científicas e pela valorização da carreira científica.

Visa ainda, contribuir com a formulação de políticas públicas, elaborando estudos e pareceres técnicos sobre temas relevantes para a sociedade, subsidiando decisões de políticas públicas com base em conhecimentos científicos.

Também participaram da solenidade o vereador Robertinho Mori, o secretário municipal de Comunicação Leandro Severo, Larissa Vieira, diretora do Departamento de Políticas de Desenvolvimento Urbano Sustentável, entre outras autoridades e professores, acadêmicos e representantes de instituições.

 

 

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x