17 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Atividades educacionais da UFSCar são selecionadas pelo MEC

Atividades educacionais da UFSCar são selecionadas pelo MEC

04/07/2013 21h57 - Atualizado há 11 anos Publicado por: Redação
Atividades educacionais da UFSCar são selecionadas pelo MEC

Três atividades educacionais propostas pelo Núcleo de Investigação e Ação Social e Educativa (Niase), do Departamento de Teorias e Práticas Pedagógicas (DTPP) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), foram aprovadas pelo Ministério da Educação (MEC), no final de maio, como tecnologias educacionais que poderão ser utilizadas nas escolas públicas de ensinos Fundamental e Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA). A finalidade é disseminar técnicas, ferramentas e aparatos de natureza pedagógica que possam auxiliar gestores e professores na decisão sobre os recursos a serem utilizados para melhorar a educação básica pública.

 

Foram selecionadas as Tertúlias Literárias Dialógicas, as Tertúlias Literárias Musicais, e as Tertúlias Dialógicas de Artes, que utilizam obras da literatura clássica, música clássica e de obras artísticas universais, respectivamente, com o objetivo de promover a aprendizagem. As Tertúlias são atividades gratuitas em que se promovem a compreensão e interpretação coletiva de textos, músicas ou obras artísticas no período inverso ao da escola e acontecem em salas de aulas, bibliotecas ou espaços extracurriculares. O grupo é acompanhado por um moderador que oferece o apoio pedagógico. As Tertúlias Literárias Dialógicas e as Musicais foram registradas pela professora Roseli Rodrigues de Mello, docente do DTTP e coordenadora do Niase, e as Tertúlias Dialógicas de Artes, pela professora da Educação a Distância (EaD) e doutoranda em Educação pela UFSCar, Adriana Coimbra Marigo. “O MEC lança anualmente este edital no qual as atividades foram aprovadas. Foi a primeira vez que participamos”, comenta Roseli.

As atividades selecionadas existem desde 2003 e foram trazidas da Espanha por Roseli, quando integrou o grupo de pesquisa no Centro Especial de Investigação em Teorias e Práticas Superadoras de Desigualdade.

A professora explica que essas atividades e outras aprovadas pelo MEC estão indicadas no site do Ministério e farão parte do Guia de Tecnologias Educacionais que será distribuído no segundo semestre deste ano e reunirá 200 tecnologias, entre as pré-qualificadas em chamadas públicas e aquelas criadas pelo MEC. “Todas as escolas públicas brasileiras vão receber o guia que contém projetos-referência que podem ser desenvolvidos por educadores para auxiliar no processo de aprendizagem”, finaliza Roseli.

Mais informações sobre as atividades podem ser obtidas pelo email [email protected] ou pelo telefone (16) 3351-8277.

 

 

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x