21 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Competição classifica 48 estudantes de São Carlos para fase internacional

Competição classifica 48 estudantes de São Carlos para fase internacional

Todos os alunos são de escolas estaduais de São Carlos, sendo 28 do Ensino Fundamental e 20 do Ensino Médio

24/09/2022 21h43 - Atualizado há 2 anos Publicado por: Redação
Competição classifica 48 estudantes de São Carlos para fase internacional

Um total de 48 alunos da rede estadual de ensino de São Carlos estão classificados para a fase internacional da OBA (Olímpiada Brasileira de Astronomia).A Olimpíada Brasileira de Astronomia, organizada pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), é uma delas e é um evento nacional realizado nas escolas brasileiras previamente cadastradas que acontece desde 1998.

Assim como as outras olimpíadas de conhecimento, a Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) tem como objetivo principal difundir o conhecimento astronômico pela sociedade brasileira, fomentar o interesse dos jovens pela Astronomia e pela Astronáutica e ciências afins.

Independentemente da área, as olimpíadas de conhecimento abrem um universo de oportunidades aos estudantes. Ao participar, os competidores fazem muito mais do que simplesmente testar o que foi aprendido em sala de aula, desafiar outros estudantes e conquistar medalhas e premiações, visto que essas atividades abrem um leque de novas oportunidades.

A dirigente regional de Ensino, Débora Gonzalez Costa Blanco, afirmou ontem, em entrevista exclusiva ao PRIMEIRA PÁGINA, que todos os anos há uma participação enorme de vários estudantes para as várias olímpiadas de conhecimento.

“Há um grande envolvimento de cada escola e dos estudantes para se fazer provas de qualidade. Neste ano, além de centenas de medalhas que recebemos, temos 48 alunos que passaram para a fase internacional da OBA. Eles vão passar por três fases de seleção, muito difíceis. E quem passar vai compor a equipe brasileira que vai representar o Brasil no exterior. É o resultado das PEIs, escolas de tempo integral, mas também o de escolas regulares. Isso representa o trabalho de estudantes e professores e também a participação das universidades. Nossos estudantes sonham em um dia estudarem em uma das nossas duas universidades”, ressalta ela.

Segundo ela, além dos esportes, o conhecimento também pode ser visto como uma competição. “Nosso jovem é competitivo e são protagonistas. Eles gostam de competir e fazem isso com alegria, com vontade e determinação”, comenta Débora.

 

REAÇÃO

Estudantes destacam importância da competição em conhecimento

As competições estudantis são um incentivo ao aprendizado e à descoberta de novos campos da ciência e da tecnologia, podendo influenciar, inclusive, a escolha profissional de cada estudante. No caso da Olimpíadas de Astronomia, que costuma acontecer anualmente, o objetivo geral é incentivar jovens a valorizar o meio científico e identificar talentos nas mais diversas áreas do conhecimento, estimulando-os a escolher a área científica para suas carreiras. Dos 48 são-carlenses na fase internacional da OBA, nada menos que 18 são Escola Estadual Professor Sebastião de Oliveira Rocha, que é do Programa de Ensino Integral (PEI).

O estudante Enzo Murari Pinheiro, do sétimo ano da Escola Sebastião de Oliveira Rocha, quer ser médico para atuar como cirurgião plástico. Ele afirma que gostou muito de participar da OBA. “Com um pouco de lógica e boa interpretação dos textos foi possível fazer uma prova muito boa. Já estive no Observatório da USP e acho fantástico observar o espaço. Gosto muito de competir. A gente disputa e também se diverte.

Seu colega, Pedro Henrique do Pinho Guilherme, de 12 anos, deseja ser nadador ou cozinheiro. Ele ressalta que astronomia é algo muito interessante. “Conforme fui estudando para a prova. Sou fascinado por buracos negros e exploração espacial”.

Taina Castelli Ramponi, de 15 anos, está no nono ano da mesma escola. Ela destaca que foi importante participar da OBA. “Sempre fui apaixonada por ciências. Esta parte da prova internacional me fascina muito. Gostei muito dos estagiários da USP que estiveram aqui para nos ajudar”.

Luis Eduardo Almas Francisco, de 11 anos, também leciona na mesma escola. Ele deseja ser astrônomo. “Eu gosto muito de ver coisas ligadas ao espaço. Foi muito interessante participar de tudo isso. Para eu ter boas notas, só depende de eu estudar.

Os alunos do Ensino Médio também estão motivados. Rodrigo Eidji Kurogi tem 17 anos e está no terceiro ano. Ele deseja ser engenheiro de computação. Ele destaca que a presença dos estagiários da USP foi muito importante. “Quero ir bem melhor na nova fase”, comenta.  Luiz Felipe Fonseca Rufino, de 18 anos, quer ser engenheiro naval. Ele afirma que toda a preparação e a própria prova foram muito interessantes.  Leonardo Bazan Aparicio também está no terceiro ano quer ser pesquisador  na área de física e professor universitário. “Gosto muito de física e de astrofísica. Você aprende fazendo a prova do OBA. É necessário ter lógica, mas também criatividade”, relata ele.

Bernardo José da Silva comenta que a OBA foi a primeira olímpiada que levou a sério. “Sou muito competitivo.  Depois desta disputa fiquei ainda mais com vontade de entender sobre astronomia e ciência. Tenho interesse e sempre quis fazer olímpiada, pois sou muito competitivo”, fala ele. Leonardo Marques Souza quer atuar com design gráfico afirma que participa da OBA desde o nono ano. “A prova depende de sua interpretação. Dependendo de como você interpreta chega a um resultado diferente. Quero fazer as próximas três provas com o melhor foco possível para ir adiante”, afirma ele.

OUTRAS OLÍMPIADAS

Existem vários tipos de olimpíadas científicas, como Astronomia, Biologia, Química, História e Linguística. Das olímpiadas internacionais geralmente participam os melhores estudantes de cada país, selecionados através das competições nacionais. Há também olimpíadas internacionais regionais, que restringem a participação a nações de determinada localidade do mundo.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x