21 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Conferência debate Ciência e Tecnologia na quarta-feira

Conferência debate Ciência e Tecnologia na quarta-feira

Evento terá como tema “O Ecossistema de CT&I promovendo o Desenvolvimento Social e Econômico Regional”

13/04/2024 23h51 - Atualizado há 1 mês Publicado por: Redação
Conferência debate Ciência e Tecnologia na quarta-feira

Com objetivo de debater os principais desafios da Ciência, Tecnologia e Inovação (C.T&I), na próxima quarta-feira, 17 de abril, a Embrapa Instrumentação, sediará, em sua sede, na Rua 15 de Novembro, a partir das 8h30, a Conferência Livre. O evento faz parte da 5º Conferência Nacional, com o tema “O Ecossistema de CT&I promovendo o Desenvolvimento Social e Econômico Regional” e reunirá os maiores cientistas e pesquisadores de São Carlos.

A organização do evento é uma iniciativa conjunta da Agência de Inovação da UFSCar, Embrapa, Inova USP, Instituto Angelim, ParqTec, Sebrae, Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação e Sociedade Brasileira de Progresso da Ciência (SBPC).

O evento é aberto ao público. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas pelo link:  https://www.sympla.com.br/evento/o-ecossistema-de-c-t-i-promovendo-o-desenvolvimento-social-e-economico-regional/2398449

O objetivo da Conferência é viabilizar um espaço de diálogo, envolvendo diferentes atores da sociedade, como representantes das instituições de ensino e pesquisa, pública e privada, a sociedade civil, setor empresarial, a comunidade acadêmica, organizações não governamentais, associações e entidades de classe.

A 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação é organizada pelo Ministério de C&T e acontecerá nos dias 4, 5 e 6 de junho, em Brasília e irá analisar os programas, planos e resultados da Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (ENCTI) 2016-2023, a fim de propor recomendações para a elaboração da ENCTI 2024-2030.

 

 

META AUDACIOSA

Rosa Júnior projeta IDHM de 0,9 para São Carlos

O presidente da Fundação ParTec, Sylvio Gourlart Rosa Jr., afirma que o momento será especial, porque será a primeira vez que todos os componentes do ecossistema de ciência e tecnologia se reunirão para debater o futuro de São Carlos. “A ideia é termos um fórum permanente de discussão dos nossos problemas”.

Segundo Rosa Júnior, o objetivo é traçar metas de curto, médio e longo prazo. Entre elas, está o de alcançar um IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) de 0,9, que nenhum município brasileiro alcançou. No Brasil, o melhor IDH é de São Caetano, com 0,862.

O líder mundial do ranking de IDH é a Suíça, com 0,962. Em seguida aparecem Noruega (0,961), Islândia (0,959), Hong Kong (0,952) e Austrália (0,951). A Alemanha, maior economia da Europa, está na nona posição, com 0,942, seguida de perto pelos Países Baixos (0,941). O Reino Unido é o 18º colocado. O país sul-americano mais bem colocado é o Chile, com 0,855, na 42ª colocação.

Para alcançar a proeza de um IDHM de 0,9, São Carlos terá que avançar muito o desempenho de seus indicadores de três dimensões do desenvolvimento humano: longevidade, educação e renda. O índice varia de 0 a 1.

O presidente do ParqTec afirma que São Carlos nos últimos século tem sido um laboratório para o Brasil com um projeto consolidado e exitoso de desenvolvimento a partir do conhecimento. Ele destaca que tal herança vem desde a atuação do Conde do Pinhal, que trouxe ferrovia, sistema bancário, telégrafo, telefone e outras grandes inovações ainda no final do Século XIX e que passam por implantação de USP, UFSCar, Embrapas, multinacionais e etc. “São Carlos é uma cidade de porte médio que tem estrutura física e humana capaz de buscar soluções para os seus problemas”, comenta.

Rosa Júnior considera possível e viável ampliar e somar a força das instituições locais e regionais, como UFSCar, USP, Unicep, Embrapas e outras para a promoção de ações conjuntas que busquem fortalecer as reivindicações locais e da Região Central junto aos governos estadual e federal. “Se somarmos as nossas forças teremos mais chances de viabilizar os nossos projetos e objetivos”, conclui ele.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x