15 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > CPP reúne especialistas e autoridades em debate sobre violência nas escolas

CPP reúne especialistas e autoridades em debate sobre violência nas escolas

O evento, que aconteceu na manhã de segunda-feira (19), contou com apoio da Secretaria Municipal da Educação de São Carlos

19/06/2023 17h19 - Atualizado há 10 meses Publicado por: Redação
CPP reúne especialistas e autoridades em debate sobre violência nas escolas

O Centro do Professorado Paulista (CPP) realiza mais uma edição do Diálogos CPP com o tema ”Violência Extrema nas Escolas: causas, consequências e caminhos”. O evento, que aconteceu na manhã de segunda-feira (19), contou com apoio da Secretaria Municipal da Educação de São Carlos e da Diretoria Regional de Ensino de São Carlos. Centenas de profissionais da Educação participaram da discussão.

No evento, os palestrantes foram Telma Vinha, que é doutora em Educação, professora da Unicamp e integrante do comitê técnico do Interdisciplinaridade e Evidências no Debate Educacional (Iede) e Cesar Nunes, que é professor titular na área de Filosofia e Educação da FE/UNICAMP. A mediação foi realizada pelo sociólogo, consultor educacional e presidente do Instituto Brasileiro de Sociologia Aplicada, Cesar Callegari.

Telma Vinha disse que os ataques às escolas se caracterizam como um fenômeno com características próprias. “Conhecer essas características ajuda a sociedade a atuar de uma maneira coerente com as causas, de modo preventivo e com mais eficácia. A ideia é que as decisões que sejam tomadas tenham fundamento nos dados e estudos sobre o fenômeno”.

Cesar Nunes destacou que o assunto é muito atual. “Tivemos uma série de ataques, que são fruto de um problema gerado ao longo de muitos anos. Nosso grupo trabalha na perspectiva de desenvolver a qualidade da convivência. É um problema bastante complexo, que envolve diversas áreas e precisa ser debatido amplamente”.

Já Cesar Callegari salientou que o problema não é novo, mas tem alcançado níveis preocupantes. “Isso exige soluções complexas, principalmente na área educacional. Embora é um problema que demande da segurança, assistência social, mas sobretudo da educação. Só podemos enfrentar isso com a educação”.

O Secretário da Educação de São Carlos, Roselei Françoso disse que a troca de experiências é extremamente importante. “Somente assim poderemos atender às expectativas da sociedade. Esse tema trouxe muito terror à toda rede educacional e precisa ser bastante debatido, e esse evento é importante para isso”.

O presidente do CPP São Carlos, professor Azuaite Martins de França, disse que outros debates ocorrerão. “Felizmente, o público entendeu a relevância, atendeu ao convite e superlotou o evento. Isso é gratificante. As palestras são de uma profundidade muito grande, apresentando as reais causas por trás da violência. É preciso conhecer as causas para que possamos combater as consequências”.

Já a Dirigente Regional de Ensino, Debora Gonzales Costa Blanco, enfatizou o intuito do evento em prevenir e enfrentar o problema. “Mais do que uma palestra, esse evento  mostrou a preocupação e a responsabilidade coletiva das várias instituições em prol da educação. Um exemplo a ser seguido”.

Estiveram presentes ainda o Secretário Municipal de Segurança Pública de São Carlos, Samir Gardini; o promotor Flávio Okamoto; o presidente da OAB São Carlos, Dr Renato Barros; a vereadora Cidinha do Oncológico (PP) e a procuradora Regina Cereda.

 

Crédito das Fotos: Milton Marchetti

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x