23 de Junho de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > CREA SP aposta na engenharia

CREA SP aposta na engenharia

Chorilli Neto, vice-presidente da entidade afirma que São Carlos é o “berço da engenharia” e que saberá encarar seus desafios

24/05/2024 00h54 - Atualizado há 1 mês Publicado por: Redação
CREA SP aposta na engenharia Foto: O vice-presidente do CREA estadual, Chorilli: . “São Carlos é o berço da engenharia por ter duas universidades renomadas. É uma cidade com alcance mundial com profissionais maravilhosos” Foto: Marco Rogério

 

 

O presidente da AEASC, Rigo Júnior: “Temos constatado que a atual gestão municipal tem um projeto que foi apresentado em vários locais
Foto: Marco Rogério

Marco Rogério

O vice-presidente estadual do Conselho de Engenheiros e Agrônomos (CREA-SP), Luís Chorilli Neto, afirmou, em São Carlos, na última semana que aposta na solução dos problemas de drenagem que São Carlos enfrenta há décadas.

“A gente passa por problemas de políticas públicas que precisam envolver cada vez mais a engenharia. Os problemas técnicos tem que ser resolvidos com soluções técnicas cm grandes profissionais. O grande desafio das entidades é se aproximar do poder público para capacitar o poder público e melhorar a qualidade de vida da população de cada município e do Brasil como um todo”, destaca Chorilli.

Chorilli afirma que devido à criação da Escola de Engenharia da USP, em 1953, São Carlos é a capital nacional da engenharia. Segundo ele, o número e a qualidade dos profissionais formados pela USP e a UFSCar é algo indiscutível.

O vice-presidente do CREA-SP afirmou ainda que durante muitos anos os municípios e a sociedade como um todo não cuidaram do meio ambiente e hoje estamos sendo vítimas de variações climáticas que desafiam o Brasil e o mundo. Segundo ele, a hora é de olhar para a sociedade e para a natureza de uma forma diferente para evitar que os problemas se ampliem.

Quanto as homenagens a profissionais de destaque eleitos pela AEASC (Associação dos Engenheiros e Agrônomos de São Carlos, Chorilli afirma que elas são fundamentais e necessárias. “São Carlos é o berço da engenharia por ter duas universidades renomadas. É uma cidade com alcance mundial com profissionais maravilhosos, haja visto os profissionais homenageados neste ano. “A Associação busca os profissionais para homenagear e valorizar a categoria”, comenta ele.

BACIAS HIDROGRÁFICAS

Para o presidente da AEASC, Laert Rigo Júnior, afirma que São Carlos tem capacidade para resolver os problemas de drenagem desde que cuide de todas as suas bacias hidrográficas de forma planejada e consistente. “As universidades formam bons profissionais e já temos centenas deles atuando com excelentes trabalhos. Falta planejamento. Temos constatado que a atual gestão municipal tem um projeto. Percebemos então que para as bacias do Gregório e do Simeão, tem projeto, que foram apresentados à sociedade. E nós acreditamos que estas são as soluções para minimizar os problemas. Não podemos afirmar que vão resolver em 100%. Temos o Medreios, na Região do bicão, temos o Santa Maria do Leme e um pouco do Monjolinho ainda e o Tijuco Preto. Temos que continuar trabalhando com engenharia. E mta´bem temos que trabalhar usando a natureza.

Rigo Júnior ressalta que a AEASC vai ouvir todos os candidatos a prefeito de São Carlos e vai cobrar de todos a continuidade de obras e projetos com continuidade. “Temos que ter uma política de Estado e cobrar de todos os prefeituráveis o compromisso com a solução destes grave problema das enchentes”, destaca ele.

 

 

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x