22 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Escola Jesuíno de Arruda estreia projeto televisivo

Escola Jesuíno de Arruda estreia projeto televisivo

02/12/2011 16h02 - Atualizado há 12 anos Publicado por: Redação
Escola Jesuíno de Arruda estreia projeto televisivo

Na tarde de desta quinta-feira (1) foi realizada na Escola Estadual Jesuíno de Arruda a pré-estreia do programa “J.A É!”, formato televisivo do projeto Educomunicação, conceito trabalhado pelos professores da instituição que busca o encontro da educação com a comunicação, através de multimídia colaborativa e interdisciplinar.

De acordo com Antonio da Silva, professor da escola, a ideia de aplicar essa metodologia surgiu em 2002 após um curso realizado na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (USP). “Por conta disso, nós já temos um programada de rádio chamado Ensino Básico em Revista desde 2006, que inicialmente era transmitido por uma emissora comercial e agora é emitido pela Universidade Federal através da Rádio UFSCar. Além disso, desenvolvemos também um jornal impresso com a colaboração das coordenadoras da escola. E agora o programa de televisão acontece através de uma parceria que fizemos com o curso de Imagem e Som da UFSCar”, explica.

Segundo a coordenadora Guadalupe Pereira Gomes, a intenção da iniciativa é, através desta parceria, mostrar que a mídia pode ser usada de maneira positiva. “Nós buscamos que os alunos aprendam não só a participar, mas também a produzir este tipo de mídia, ou seja, conheçam como são feitas as filmagens, por exemplo”, afirma.

Débora Burini, docente do curso de Imagem e Som da UFSCar, relata que foi procurada pelo professor Antonio e pela professora Guadalupe com o objetivo de realizar a extensão do Educomunicação para a plataforma televisiva. “A partir de então, a gente conseguiu montar um projeto pelo Proex (Pro-Reitoria de Extensão) da Universidade Federal de São Carlos e trouxemos os alunos do curso de Imagem e Som para dar uma assessoria aos alunos da Escola Jesuíno de Arruda, no sentido de elaborar uma troca de conhecimento. A intenção obviamente não é formar nenhum profissional, nenhum aluno repórter, mas despertar nesses alunos o interesse pelo audiovisual e trabalhar esse conceito com uma função social dentro da escola”, ressalta.

Durante a exibição da pré-estreia do programa,que vai ao ar pela TV Educativa de São Carlos nos dias 13 e 14 de dezembro às 19h, os alunos mostraram-se bastante animados. São quatro programas-piloto que seguem características de um programa de variedades, com diferentes quadros. “Esses programas não possuem um formato fixo. O espaço prevê qualquer tipo de conteúdo audiovisual, desde um curta-metragem, um telejornal da escola, um programa de humor, então nós estamos abordando diferentes temas como vestibular, música, dentre outros”, esclarece Burini.

Tanto os alunos da UFSCar quanto os da Jesuíno de Arruda demonstraram satisfação em fazer parte da experiência. “ Os alunos de Imagem e Som gostaram muito de participar fora do ambiente da universidade, pois é uma forma de colocar em prática a teoria que eles aprendem em sala de aula. Já os alunos da Escola Jesuíno num primeiro momento demonstraram certa resistência, o que é normal, pois a desmistificação do audiovisual acontece ao longo do tempo, não é algo que em quatro programas ou em quatro meses conseguimos alcançar. Mas aqueles que participaram, acredito que eles tenham gostado bastante e isso vai pulverizar um interesse maior entre os outros alunos em um primeiro momento.”, finaliza a professora da UFSCar.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x