22 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Estudo que investiga vogais faladas em São Carlos convida voluntários

Estudo que investiga vogais faladas em São Carlos convida voluntários

Pesquisa na área de Linguística convida voluntários

29/08/2022 22h21 - Atualizado há 2 anos Publicado por: Redação
Estudo que investiga vogais faladas em São Carlos convida voluntários

Uma pesquisa de doutorado em Linguística da UFSCar está convidando voluntários para participação, a fim de investigar vogais faladas na cidade de São Carlos (SP) e suas possíveis correlações com características tanto presentes na sociedade quanto na língua.

“A pesquisa também vai abordar questões sociofonéticas, que lidam com a correlação existente entre aspectos da fala e fatores como sexo, idade, escolaridade, estilo de fala etc.”, explica o responsável pelo trabalho, Tiago Pereira Rodrigues, doutorando do Programa de Pós-Graduação em Linguística (PPGL) da UFSCar.

“Conhecimentos gerados por pesquisas que lidam com essas questões fornecem informações que podem ser utilizadas em benefício de áreas aplicadas como a Publicidade e Propaganda, o Ensino-Aprendizado de Línguas (tanto maternas quanto estrangeiras), a Fonética Forense (que auxilia procedimentos de investigação criminal a partir de análises da fala, geralmente gravada, de suspeitos) e a Linguística Computacional  – que, no campo das Ciências da Fala, lida com a elaboração e com o aperfeiçoamento de ferramentas e programas relacionados à fala, como, por exemplo, sintetizadores de fala, que convertem texto escrito em fala, e programas de reconhecimento de voz”, detalha o pesquisador.

O trabalho, intitulado “Vogais postônicas mediais na variedade de São Carlos (SP): um estudo sociolinguístico e fonético-acústico”, tem a orientação do professor Pablo Arantes, do Departamento de Letras (DL) da UFSCar, e apoio financeiro da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

PARTICIPAÇÃO

Podem participar da pesquisa maiores de idade que preencham os seguintes requisitos: ter nascido em São Carlos (SP) ou ter se mudado para essa cidade com até cinco anos de idade; não ter ficado fora da cidade por mais de dois anos; nunca ter reportado problemas de audição ou de produção de fala; e ter tomado, no mínimo, duas doses contra a Covid-19.

A coleta de dados é composta por duas sessões a serem realizadas presencialmente, no Campus São Carlos da UFSCar: os participantes serão solicitados a preencher por escrito um breve formulário social e a realizar duas tarefas de produção oral de palavras. Durante a realização das tarefas, a fala dos participantes será gravada. Cada sessão acontecerá em dias diferentes e durará aproximadamente uma hora.

Interessados em participar podem entrar em contato diretamente com o doutorando Tiago Pereira Rodrigues através do telefone (19) 9 9533-3893 (também WhatsApp) ou pelo e-mail [email protected]. Dúvidas também podem ser esclarecidas pelos contatos do pesquisador. Projeto de pesquisa aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFSCar (CAAE: 60341522.0.0000.5504).

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x