23 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > “Fim da greve é imprevista”, diz porta-voz de alunos

“Fim da greve é imprevista”, diz porta-voz de alunos

09/04/2013 11h11 - Atualizado há 11 anos Publicado por: Redação
“Fim da greve é imprevista”, diz porta-voz de alunos

Embora a reunião ocorrida no dia 5 entre representantes da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), da prefeitura e alunos do curso de medicina tenha sido um passo nas negociações para pôr fim à greve dos estudantes, ainda é um passo “incerto”, diz Davi Gomes dos Anjos, porta-voz do movimento grevista que, paralisado há 25 dias, protesta por melhores condições do curso.

 

A “incerteza”, diz Davi, vem do fato de que até agora o acordo não foi concretizado: “Não tem documento provando o que foi decidido nessa reunião. O que ouvimos nela será levado para ser aprovado pela Câmara dos Vereadores e ver como será a situação. Inicialmente as conversas são, sim, favoráveis a nós, mas ainda não temos nenhum posicionamento oficial, nenhuma assinatura. Então estamos no aguardo e continuamos a paralisação”, diz o porta-voz.

Além da aprovação pela Câmara, será preciso também arrumar 36 preceptores, diz Davi: “E eles deverão aceitar o acordo entre a as partes. Conseguimos dar um passo, mas ainda falta um bom caminho. Além disso, existem pautas internas, que dizem respeito à coordenação de curso e à reitoria, que estão encaminhadas, mas ainda não concretizadas.Só sairemos da greve quando todas as nossas reivindicações forem aceitas”, afirma o estudante, que explica ser a questão da preceptoria  o estopim da greve, havendo, no entanto, outros motivos de insatisfação: “Por exemplo, atrasos de oficinas, ausência de matriz curricular (o que o aluno vai estudar), falta de docentes, atraso de entrega de laboratório, atraso de entrega de Hospital Escola”, explica Davi.  

Questionado se o movimento pretende realizar outras ações como forma de protesto, ele diz: “Por enquanto continuaremos com o varal de jalecos, e hoje, às 16h30, faremos um ato, tendo como foco o Ministério da Educação, cujo tema será ‘O MEC enterrou os nossos sonhos’”.

A concentração ocorrerá na rotatória de entrada da UFSCar, e deve durar até às 18h. A UFSCar informa que está no aguardo para que a prefeitura assine a minuta da reunião e a encaminhe à Câmara dos Vereadores. Informa também que o edital para contratação de novos preceptores deve sair até esta terça-feira, 9.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x