19 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Governo de SP anuncia pacote de investimentos de R$ 1,4 bi para o agronegócio

Governo de SP anuncia pacote de investimentos de R$ 1,4 bi para o agronegócio

Na abertura da Agrishow, a Secretaria de Agricultura de SP confirma expansão de financiamentos

28/04/2024 20h24 - Atualizado há 3 semanas Publicado por: Redação
Governo de SP anuncia pacote de investimentos de R$ 1,4 bi para o agronegócio Divulgação/Assessoria de Imprensa/GESP

A abertura da Agrishow foi marcada pela renovação do compromisso do Governo do São Paulo com todos os produtores rurais que empreendem no campo e geram mais riquezas e oportunidades para toda a população. Neste domingo (28), em Ribeirão Preto, o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado, Guilherme Piai, anunciou um pacote de investimentos de R$ 1,4 bilhão com expansão robusta de financiamentos, serviços e liberação de créditos tributários para o agronegócio.

As medidas do Governo de São Paulo reúnem R$ 500 milhões em aporte via Fundo de Investimento em Cadeias Agroindustriais (Fiagro), R$ 300 milhões em linhas de crédito e subvenção por meio do Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista (Feap) e R$ 600 milhões em créditos de ICMS – valor três vezes maior do que o disponibilizado em 2023.

A iniciativa vai impulsionar ainda mais o agronegócio paulista, responsável por 700 mil empregos diretos e 40% do PIB de São Paulo. O setor registrou alta de 23,4% na balança comercial do primeiro trimestre, atingindo a marca de US$ 5,44 bilhões. São Paulo também atingiu a liderança em exportação do agronegócio, com alta de 17,8% em vendas que totalizaram US$ 6,81 bilhões.

“Hoje, demonstramos a força do nosso agro. O Governo de São Paulo está implementando uma série de programas e iniciativas para impulsionar os nossos pequenos e médios produtores, a sustentabilidade do setor e a inovação no campo. Estamos construindo um futuro promissor, com produtividade, qualidade e preservação ambiental”, destacou o secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Guilherme Piai.

As secretarias de Desenvolvimento e de Agricultura e Abastecimento criaram Fundos de Investimento nas Cadeias Produtivas Agroindustriais (Fiagros) para desenvolvimento de pequenos e médios produtores rurais. A agência de fomento Desenvolve SP fez um aporte inicial de R$ 500 milhões com expectativa de atrair R$ 2,5 bilhões em investimentos para o agronegócio de São Paulo.

Os Fiagros terão como foco apoio à inovação e ao empreendedorismo, suporte a projetos e investimentos em infraestrutura e sustentabilidade e facilidade de acesso ao crédito. O edital para selecionar o responsável pela gestão será anunciado nas próximas semanas.

O fundo será gerido pela Suno Asset Management e vai viabilizar, por meio do mercado de capitais, que o poder público receba ressarcimentos para cobrir a diferença de custeio entre os juros de mercado e a taxa subsidiada oferecida ao produtor rural.

Na política de acesso a crédito, o Feap vai disponibilizar o maior crédito rural da história da administração paulista. Do total de R$ 300 milhões, o seguro rural ficará com valor recorde de R$ 100 milhões.

Outros R$ 60 milhões vão subvencionar a aquisição de até 2,4 mil tratores pelo programa Pró-Trator, podendo entregar dez vezes mais máquinas do que em 2023. Além disso, as linhas de crédito especiais para produtores rurais, pescadores, cacau, greening, produção leiteira e Feap Mulher somam R$ 140 milhões.

Já a liberação de R$ 600 milhões em créditos acumulados de ICMS vai incentivar a agroindústria de fabricação de maquinário e produção de proteína animal, promovendo mais desenvolvimento no campo e aquecendo a economia do estado. Os créditos serão liberados em duas novas rodadas do Programa de Ampliação de Liquidez de Créditos a Contribuintes com Histórico de Aquisições de Bens Destinados ao Ativo Imobilizado (ProAtivo).

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento também formalizou na Agrishow o decreto estadual de irrigação, a entrega de títulos rurais, a expansão da conectividade rural com o Projeto SemeAr e incentivos à transição energética com a produção de biocombustíveis.

Ao longo desta semana, o gabinete da pasta estadual também vai funcionar no pavilhão da Agrishow. Diversas equipes de profissionais ligados à secretaria, como coordenadores, pesquisadores e técnicos dos institutos de pesquisa e desenvolvimento agropecuário foram deslocados para o evento.

Agrishow em números

Mais de 800 marcas nacionais e internacionais apresentam as últimas novidades em tecnologia, inovação e tendências para o agronegócio na 29ª edição da Agrishow, que acontece até o dia 3 de maio para um público estimado de 195 mil pessoas.

Em 520 mil m² de feira, os expositores investem todos os anos para apresentar aos visitantes as soluções mais modernas para auxiliá-los no dia a dia do campo.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x