19 de Junho de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Itirapina recebe Ateliê Literário Móvel

Itirapina recebe Ateliê Literário Móvel

01/03/2012 19h04 - Atualizado há 12 anos Publicado por: Redação
Itirapina recebe Ateliê Literário Móvel

A Secretaria de Educação e Cultura de Itirapina, trouxe o Ateliê Literário Móvel – Arquitetura das Palavras. O primeiro aconteceu nos dias 24 e 25 de fevereiro, e terá continuidade hoje e amanhã, na Casa Guariento. A iniciativa foi da Secretária professora Neide Maria Prato. O objetivo do projeto Ateliê Literário Móvel é dialogar com a experiência da leitura e da escrita. Ao todo foram disponibilizadas 20 vagas destinadas ao público adulto, em Itirapina estas vagas foram compostas por professores, jornalistas, e pessoas diversas da comunidade que estão sempre se destacando por apreciar a arte da escrita, e assim escrever sobre temas variados.

O projeto Ateliê literário faz parte do Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo – PROAC7, e também atenderá os municípios de Mogi Mirim, Lindóia e Leme- por meio de oficinas compostas de quatro encontros com temáticas específicas: a) a arquitetura das palavras: abertura de referências; b) experiência pessoal com a leitura troca de referências e a presença da voz no processo de leitura e escrita; c) ateliê de escritura; d) leitura pública das produções e troca pública de referências. Pretende-se que, ao final das oficinas os participantes tenham mergulhado em seu percurso criativo e pesquisador, tornando-se parceiros e próximos de seu dizer com a linguagem.

Em Itirapina o encontro, no último fim de semana foi bem movimentado. Coordenado pelo professor Giuliano Tierno de Siqueira, o púbico participou atentamente das propostas por Giuliano, chegando até a se emocionar com o poder da palavra escrita e com seus próprios relatos.

As oficinas do Ateliê literário abrangem atividades de leitura e escrita. Segundo Giuliano “todo ateliê caracteriza-se como um local de construção e do fazer, onde as ferramentas devem estar sempre à mão e o processo de criação é contínuo. Quando nos referimos ao Ateliê Literário, estamos nomeando a instalação de um lugar onde a leitura, a memória, a construção da voz, a escuta e a escrita são matérias primas. E neste espaço aberto as ferramentas são: uma estante móvel composta de 25 livros que serão retirados pelos participantes, lidos e indicados ao término para algum companheiro de oficina; exercícios de escrita com produções coletivas e individuais; leitura em voz alta e contação de histórias; e, rodas de conversa”.

Nas oficinas há troca de experiência, onde todos falam sobre o que escrevem, como escrevem e o que os fazem escrever. Além da condução do professor (oficineiro), os participantes também, vão construindo a própria identidade do ateliê, o que enriquece e motiva todos . Por ser um encontro livre, e prazeroso, para quem aprecia a boa literatura e escreve as coisas da vida, todos os momentos são aproveitados ao máximo, prova disso é que o grupo permaneceu todo tempo atento e motivado. Entre os participantes estão a própria Secretária Neide Maria Prato, as Professoras: Jaqueline Vasconcelos, Angela Acorsi, Maria José Beto, Scheila Fernandes, Rô Medrano Lurdinha Góes, Zezé Caon ; Celina Vieira, Viviane Sabaini, Ana Serafim,  entre outras pessoas que envolvidas no projeto, estarão novamente presente na noite de hoje e na manhã de amanhã pensando sobre a literatura, e reforçando ainda mais a convicção da importância da leitura e da escrita, para a vida.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais antigas
Mais novos Mais Votados
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
samantha
samantha
12 anos atrás

nossa,nosa,nossa

samantha
samantha
12 anos atrás

nossa,nossa,nossa

0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x