28 de Fevereiro de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Jornal Primeira Página usará formato Berliner a partir de fevereiro

Jornal Primeira Página usará formato Berliner a partir de fevereiro

O formato conserva o desenho do tradicional formato standard, mas é mais elegante

14/01/2024 07h18 - Atualizado há 2 meses Publicado por: Redação
Jornal Primeira Página usará formato Berliner a partir de fevereiro

A partir do dia 01 de fevereiro, o Jornal Primeira Página passará a adotar o formato Berliner na sua edição impressa. Trata-se de uma inovação no layout do Jornal, mantendo a qualidade e confiabilidade de seus 36 anos de história. Desde 2021, o formato berliner é utilizado pelo Jornal Estado de São Paulo, um dos mais tradicionais do país.

O formato Berliner, também conhecido como Berlinês, Berlinense ou midi teve origem na Suécia e ganhou força na Alemanha, daí o nome, que faz referência à cidade de Berlim. Logo depois, espalhou-se pela Europa. O tamanho do berliner é menor (470 x 315 mm) em relação ao tablóide e tem processo próprio de produção.

O layout Berliner é utilizado em vários diários europeus. Na Suécia, foi introduzido no início do século 20, nos suplementos de notícias mais leves: gastronomia, turismo e cultura. Hoje é o formato de grandes jornais, como Le Monde, na França, e o La Repubblica na Itália. E, claro, o Berliner Zeitung. O formato Berliner conserva o desenho do tradicional formato standard, mas é mais elegante. Foi propositadamente feito para se distinguir do formato tablóide (metade do jornal standard), que sugere sensacionalismo.

No Brasil, além do Estadão, o formato foi adotado pelo antigo jornal O Estado do Paraná e, desde 2009, pelos jornais O Dia, O Norte (João Pessoa), Diário da Borborema (Campina Grande) e o potiguar Diário de Natal (que circula aos domingos como O Poti no formato Standard), e o jornal Diário de S. Paulo na capital paulista. Foi utilizado pelo diário carioca Jornal do Brasil de 16 de abril de 2006, até julho de 2010, data da transição do diário para a versão digital.

Atualmente, o formato também é adotado na Coreia do Sul, pelo diário JoongAng Ilbo, e pelo principal jornal de língua inglesa dos Emirados Árabes, o Gulf News. Na América Latina, o jornal El Comercio, de Lima, mudou para o germânico recentemente, assim como o La Nación, da Argentina, e os chilenos La Tercera e El Mercurio.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x