25 de Fevereiro de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Oftalmologista fala sobre riscos e cuidados oculares com fogos de artificio

Oftalmologista fala sobre riscos e cuidados oculares com fogos de artificio

Rojões podem gerar problemas para a saúde ocular, como queimaduras, lesões nas pálpebras, ou até mesmo a perda de visão

30/12/2023 17h01 - Atualizado há 2 meses Publicado por: Redação
Oftalmologista fala sobre riscos e cuidados oculares com fogos de artificio

Com a proximidade das festividades de final de ano, é importante lembrar que a alegria das celebrações pode ser ofuscada pelos riscos à saúde quando não são tomados os cuidados necessários, especialmente com relação ao uso de fogos de artifício.

Os fogos de artifício podem gerar problemas e incômodos para a saúde ocular, como queimaduras, lesões nas pálpebras, ou até mesmo a perda de visão. O calor do fogo e a proximidade do local da queima também podem causar vermelhidão, irritação, coceira, ardor nos olhos e conjuntivite alérgica.

Os olhos são a parte do corpo humano mais prejudicados pelas explosões, por isso, é preciso tomar os devidos cuidados para que a comemoração não termine em graves consequências para a visão. O globo ocular é bastante sensível e pode ser seriamente prejudicado pelas faíscas e pólvora presente nos artefatos.

O oftalmologista da Santa Casa Clínicas, Dr. Germano Dalfito, explica que os acidentes domésticos podem resultar em uma gama de complicações. “Os riscos de acidentes com fogos de artifício variam desde os mais leves até os mais graves. Pode ocorrer ceratite, úlcera de córnea, perda da visão e até necessidade de remoção do olho”, alertou o oftalmologista.

Os principais sinais de lesões oculares com os quais as pessoas devem ficar atentas em caso de algum acidente com a exposição aos fogos de artifício, são: olhos avermelhados, dores, lacrimejamento excessivo e piora na qualidade da visão. “Em caso de acidente, a pessoa deve se dirigir imediatamente ao pronto atendimento para que seja feita uma avaliação com um oftalmologista. Esses sinais não devem ser ignorados, e a busca por ajuda médica imediata é fundamental”, completou Dalfito.

Quanto ao uso de óculos de proteção, o médico ressaltou que eles podem minimizar os danos causados pelos fogos de artifício. A recomendação é que eles sejam manuseados apenas por adultos, principalmente sem ingestão de bebidas alcoólicas e longe de outras pessoas.

Celebrar as festividades com fogos de artificio é uma tradição, mas como destaca o profissional, a segurança ocular não deve ser negligenciada.

Se você estiver encarregado da queima de fogos este ano, fique atento a essas dicas:

-Os fogos de artifício não devem ser manuseados por crianças;

-Na hora de soltar os fogos, afaste-os o máximo possível do seu corpo;

-Mantenha a projeção dos fogos inclinada para uma área segura;

-Não tente reacender rojões que não explodiram, pois eles podem explodir quando você se aproximar;

-Não coloque os artefatos nos bolsos ou próximos ao seu corpo;

-Nunca solte fogos em ambientes fechados.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x