26 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Paciente de 90 anos se emociona ao deixar Centro Cirúrgico

Paciente de 90 anos se emociona ao deixar Centro Cirúrgico

06/06/2012 18h09 - Atualizado há 12 anos Publicado por: Redação
Paciente de 90 anos se emociona ao deixar Centro Cirúrgico

João Porfírio da Silva, 90 anos, foi protagonista de uma cena no último final de semana no ambulatório de Oftalmologia da Santa Casa, que comoveu e sensibilizou todas as pessoas que a presenciaram. Ele, ao lado de outros 110 pacientes, participou da segunda etapa da campanha de cirurgias de catarata organizada pelo ambulatório.

 

Quando deixou o Centro Cirúrgico logo após a operação, João ao olhar para baixo e conseguir ver o chão, não conteve as lágrimas: “estou enxergando”. Todos os pacientes, acompanhantes que estavam na sala de espera, assim como as enfermeiras e atendentes, se emocionaram com a reação espontânea do Sr. João.

A Técnica de Enfermagem Chrislaine Diene Barbosa foi uma das pessoas que presenciaram a reação do paciente e revela que também chorou: “foi difícil para muita gente segurar as lágrimas e para nós que fazemos parte de uma equipe do ambulatório, esse tipo de reação significa um momento especial porque nos sentimos gratificados por esse trabalho e por contribuir com nossa parcela para o sucesso da campanha;” descreveu. Também teve a mesma emoção a auxiliar de atendimento Fernanda Beatriz  Ferrari: “ foi muito espontâneo o jeito do Sr. João que ao perceber que estava enxergando chorou  e suas lágrimas fizeram outras pessoas chorar; foi muito especial e emocionante;” contou Fernanda.            

Já fazia 11 anos que ele não enxergava nada e sua espontaneidade ao perceber que estava enxergando novamente, além de emocionar as pessoas, também foi motivo de riso quando ele falou para sua filha que o acompanhava: “você esta mais gorda filha”; expressou João manifestando admiração e muita simplicidade.

Assim como o Sr.João Porfírio, outras pessoas de idade, mulheres e homens, também puderam recuperar a visão perdida e cada um do seu jeito expressou seu sentimento seja de agradecimento ou da recuperação da auto-estima.

A campanha na sua segunda fase ajudou a diminuir a fila de espera para casos de catarata na região, envolvendo as cidades de São Carlos, Ibaté, Dourado, Porto Ferreira, Ribeirão Bonito. Hoje esse número estimado em mil casos baixou um pouco. O médico responsável pelas cirurgias nesses dois dias foi Celso Davi Lopes, um dos coordenadores do ambulatório de Oftalmologia da Santa Casa.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x