25 de Fevereiro de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Prefeitura inicia construção de praças no Gonzaga e CDHU

Prefeitura inicia construção de praças no Gonzaga e CDHU

23/01/2024 16h20 - Atualizado há 1 mês Publicado por: Redação
Prefeitura inicia construção de praças no Gonzaga e CDHU

A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Obras Públicas, informa que em janeiro de 2024, diversas obras públicas tiveram início em várias regiões de vulnerabilidade social da cidade.

O secretário municipal de Obras Públicas, João Muller, anunciou que a Prefeitura está iniciando a construção de praças públicas nos bairros CDHU e Gonzaga, em parceria com o Governo do Estado, um investimento de R$ 478.366,60 para atender os dois bairros, oferecendo a essas comunidades áreas de lazer com rampas de acesso, playground, paisagismo e iluminação.

Também está começando a pavimentação de 250 metros de uma via pública no bairro Lagoa Serena conhecida como beco, entre as ruas 1º de Maio e Gastão Vidigal, uma antiga demanda dos moradores dessa região. O investimento é de R$ 180 mil.

A pavimentação terá uma base asfáltica de 10 centímetros e uma capa de concreto armado de 12 centímetros para suportar o grande volume de águas pluviais.

Já no início de fevereiro a Prefeitura começa a construção do novo Ecoponto do Jardim Ipanema na Rua Miguel Petrucelli, um investimento de R$ 326.894,44 com conclusão em 120 dias.

Sobre as obras em andamento o secretário João Muller explicou que a construção do novo Ecoponto, com dimensões maiores que o anterior, em uma área pública institucional de 250 metros na avenida Miguel Petrucelli, no Jardim Ipanema, atenderá também os bairros São Carlos III e Santa Angelina.

“Nós continuamos seguindo a orientação do prefeito Airton Garcia, portanto as áreas públicas disponíveis estão sendo analisadas para que em parceria com programas estaduais possam ser transformadas em equipamentos públicos para atender a população. Essa é a função da Prefeitura, atender as regiões mais vulneráveis dotando de escolas, unidades de saúde, centros comunitários, áreas de lazer e tudo o que for necessário de acordo com a demanda de cada região”, frisou Muller.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x