19 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Projeto de compostagem tem início junto a Etec Professor Jadyr Salles

Projeto de compostagem tem início junto a Etec Professor Jadyr Salles

Iniciativa da Semaz conta com o apoio do Rotary e Rotaract e deve ser expandida em 2022

21/11/2021 12h38 - Atualizado há 2 anos Publicado por: Redação
Projeto de compostagem tem início junto a Etec Professor Jadyr Salles Foto: Divulgação
Reportagem: Marco Rogério 

Sob orientação da Secretaria de Meio ambiente e Zeladoria (Semaz) da Prefeitura de Porto Ferreira, especialmente da Divisão de Meio Ambiente, o Rotary e o Rotaract deram a largada do programa municipal de compostagem. Trata-se de mais uma iniciativa da Semaz que, como tem trabalhado, conta com as parcerias público-privadas.

A proposta nasce em escolas do município. A estreia aconteceu na última semana na Etec Professor Jadyr Salles, que conta com a direção do professor Renato Vicente de Paula, membro ativo do Rotary. Tendo atuação no universo estudantil, o Rotaract, clube vinculado ao Rotary e formado por jovens a partir dos 18 anos, não dormiu no ponto e também apadrinhou o programa. A união dos clubes resultou na doação de duas composteiras à Etec, que serão utilizadas para tratamento dos resíduos gerados pelas refeições da merenda escolar e trazidos, de casa, pelos próprios alunos.

A Semaz, por meio do chefe de Divisão de Meio Ambiente, Luís Gustavo Bet, reuniu-se com professores da Etec que coordenarão o programa. Segundo Miguel Bragioni, secretário da pasta, “nossa cidade tem muitos caminhos prósperos a percorrer na área ambiental e a Semaz não poupará esforços, principalmente com o apoio da sociedade. Os programas ambientais afetam a todos e por isso devem ter início com a participação comum, da sociedade e dos servidores desta, o poder público”.

Nos primeiros meses de 2022, com o retorno das aulas, mais duas composteiras serão doadas a uma escola da rede pública municipal. O propósito é conduzir, pelo Rotary e Rotaract, e coordenação da Semaz, a compostagem a todas unidades de educação.

PARA QUE SERVE A COMPOSTAGEM?

A compostagem é uma forma sustentável de tratar os resíduos sólidos orgânicos, como restos de alimentos e cascas de frutas. Através da decomposição da matéria orgânica feita por minhocas e bactérias é possível transformar o resíduo em biofertilizante e biocompostos para aplicar em jardins e hortas orgânicas, proporcionando a reciclagem dos resíduos orgânicos e fortalecendo a economia circular.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x