28 de Fevereiro de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > PT poderá lançar candidato a prefeito

PT poderá lançar candidato a prefeito

Após vencer sua única eleição em 2008, com Dr. Omar Leite, partido tenta voltar ao poder depois de 16 anos

21/01/2024 08h02 - Atualizado há 1 mês Publicado por: Redação
PT poderá lançar candidato a prefeito Foto: Divulgação

O Partido dos Trabalhadores poderá lançar candidatura própria à sucessão municipal de outubro, além de uma forte chapa de candidatos a vereadores. O presidente do diretório do partido, Adelson Sampaio, mais conhecido como Jacaré, afirma que a volta de Luís Inácio Lula da Silva à presidência da República arejou a política local e dá mais força à sigla para apresentar um projeto para a cidade e tentar derrotar a atual prefeita, Dona Graça Zucchi Moraes (PSD) que é pré-candidata à reeleição e o ex-prefeito Zé Maria (MDB), que deixou o poder em 2020, mas é novamente pré-candidato.

Jacaré afirma que devido às condições políticas e a forma como o bolsonarismo ganhou força no período entre 2019 e 2022, Lula e o então candidato a governador Fernando Haddad, tiveram excelente votação na cidade. Lula obteve 2.961 votos (39,61% dos votos válidos) no primeiro turno e 3.090 (40,92% dos votos válidos) no segundo turno. Em Itirapina, Bolsonaro ganhou nos dois turnos. No primeiro com 3.995 votos (53,44% dos votos válidos) e no segundo turno obteve 4.461 votos (59,08%) no segundo turno.

“Nosso partido está organizado. Nós lutamos sozinhos contra os dois grupos políticos mais fortes e que vem mandando na política local há décadas. Nós enfrentamos a direita sozinhos. Conseguimos muitos votos para o Arlindo Chinaglia e a Professora Bebel e também conseguimos uma boa votação tanto para o presidente Lula e o candidato a governador Fernando Haddad. Isso nos fortalece”, afirma Jacaré.

Segundo ele a cidade de Itirapina precisa ter ligação mais direta conseguindo recursos junto ao Governo Federal. Dentro do PT tenho trânsito com todos os ministros, deputados federais e deputados estaduais. Em Itirapina, para atravessar a cidade de um lado a outro se leva duas horas. Não tem um ônibus coletivo aqui e teria que ser com tarifa zero. Temos bairros distantes, como Ubá, Broa e Planalto Serra Verde, além de Itaqueri Serra”, destaca Jacaré.

O PT venceu as eleições em Itirapina apenas uma vez. Foi em 2008. Ele governou a cidade entre 2009 e 2012.

DISPUTA ACIRRADA

A disputa política em Itirapina quase sempre foi polarizada entre dois grupos. Desde a Ditadura Militar, políticos ligados a Arena ou PDS de um lado e MDB de outro se revezavam no poder. Isso aconteceu até o mandato de João Gobbo (MDB), de 1982 a 1988, quando novos atores políticos surgem em Itirapina.

A alternância de poder entre medebistas e tucanos em Itirapina nas últimas três décadas só viveu uma pausa quando, no auge do petismo no Brasil, quando Lula já havia sido eleito e reeleito presidente da República em 2002 e 2006 e Newton Lima comandava São Carlos entre 2003 e 2008, o médico Dr. Omar Leite (PT), que venceu Zé Maria em 2008 e governou a cidade entre 2009 e 2012. Depois disso, envolvido no chamado Caso Castelucci, Leite chegou a ser condenado por improbidade administrativa e preso.

A saga da disputa entre MDB e PSDB começou em 1991, quando o prefeito Heitor de Azevedo (PRN), ligado ao então presidente Fernando Collor de Mello (PRN), foi cassado pela Câmara Municipal pelo não pagamento de precatórios e o então governador Luíz Antônio Fleury Filho nomeou como interventor o então jovem engenheiro civil José Maria Cândido (MDB). Ele terminou o mandato e se elegeu, nas urnas em 1992, governando a cidade até 1996, quando não havia a reeleição para o Poder Executivo.

O professor Arnoldo Luis de Moraes consegue a primeira vitória do PSDB no município e governa a cidade entre 1997 e 2000. Em 2000, Zé Maria é novamente reeleito prefeito e tenta a reeleição em 2004, mas perde para Arnoldo, que volta a comandar o município. Ele governa entre 2005 e 2008 e, estranhamente, não concorre à reeleição. Não época ele, de forma inexplicável, quando PT e tucanos eram grandes inimigos em nível nacional e principalmente no interior paulista, ele preferiu apoiar Omar Leite (PT) de forma velada, alegando que a prioridade seria impedir a volta de Zé Maria.

De fato, o medebista perde para o petista em 2008. Mas volta a vencer em 2012 e governa o município por 8 anos seguidos entre 2013 e 2020. Há dois anos quem vencia a disputa era a Dona Graça Zucchi Moraes, colocando os tucanos novamente no poder. Assim, nos últimos 30 anos tivemos 4 mandatos do MDB com Zé Maria, três mandatos dos tucanos como o Clã Moraes e apenas um mandato do PT.

 

A saga dos prefeitos de Itirapina em 40 anos:

1982 a 1988 – João Gobbo (MDB)

1989 a 1991 – Heitor Azevedo (PRN)

1991 a 1992 – Zé Maria (MDB)

1993 a 1996 – Zé Maria (MDB)

1997 a 2000 – Arnoldo Moraes (PSDB)

2001 a  2004 – Zé Maria (MDB)

2004 a 2008 – Arnoldo Moraes (PSDB)

2009 a 2012 – Omar Leite (PT)

2013 a 2020 – Zé Maria (MDB)

2021 a 2024 – Dona Graça (PDSB)

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x