21 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Rodrigo Garcia e Simone Tebet unem velhos adversários políticos em Itirapina

Rodrigo Garcia e Simone Tebet unem velhos adversários políticos em Itirapina

Saga da disputa entre MDB e PSDB começou em 1991, quando prefeito Heitor de Azevedo (PRN), ligado a Collor de Mello, foi cassado pela Câmara

13/09/2022 07h57 - Atualizado há 2 anos Publicado por: Redação
Rodrigo Garcia e Simone Tebet unem velhos adversários políticos em Itirapina Divulgação

Polarização caipira entre tucanos e medebistas já dura 30 anos e pode viver uma pausa se o candidato tucano ao Palácio dos Bandeirantes ou a candidata medebista à presidência da República visitarem município durante campanha atual

 

Em épocas de palanques eletrônicos e cada vez menos campanhas de rua e o chamado corpo-a-corpo e cada vez menos comícios, Itirapina vive uma campanha eleitoral com um fato inusitado. As  candidaturas ao governo estadual de Rodrigo Garcia (PSDB) e à presidência da República de Simone Tebet (MDB) unem dois grupos historicamente adversários na política municipal.

Embora ninguém sonhe com eles andando juntos para pedir votos, o certo é que a união entre PSDB e MDB pelo menos em tese está juntando o ex-prefeito José Maria Cândido (MDB), prefeito com cinco mandatos em Itirapina (um como interventor e quatro como prefeito eleito) nos últimos 31 anos e o Clã Moraes, que já teve Arnoldo Luis como prefeito por duas vezes e agora tem a sua esposa, Graça Zucchi Moraes como chefe do Poder Executivo desde 2021.

A política de Itirapina quase sempre foi radicalizada entre dois grupos. Desde a Ditadura Militar, políticos ligados a Arena ou PDS de um lado e MDB de outro se revezavam no poder. Isso foi até o mandato de João Gobbo (MDB), de 1982 a 1988, quando novos atores políticos surgem em Itirapina.

A alternância de poder entre medebistas e tucanos em Itirapina nas últimas três décadas só viveu uma pausa quando, no auge do petismo no Brasil, quando Lula já havia sido eleito e reeleito presidente da República em 2002 e 2006 e Newton Lima comandava São Carlos entre 2003 e 2008, o médico Dr. Omar Leite (PT), que venceu Zé Maria em 2008 e governou a cidade entre 2009 e 2012. Depois disso, envolvido no chamado Caso Castelucci, Leite chegou a ser condenado por improbidade administrativa e preso.

A saga da disputa entre MDB e PSDB começou em 1991, quando o prefeito Heitor de Azevedo (PRN), ligado ao então presidente Fernando Collor de Mello (PRN), foi cassado pela Câmara Municipal pelo não pagamento de precatórios e o então governador Luíz Antônio Fleury Filho nomeou como interventor o então jovem engenheiro civil José Maria Cândido (MDB). Ele terminou o mandato e se elegeu, nas urnas em 1992, governando a cidade até 1996, quando não havia a reeleição para o Poder Executivo.

O professor Arnoldo Luis de Moraes consegue a primeira vitória do PSDB no município e governa a cidade entre 1997 e 2000. Em 2000, Zé Maria é novamente reeleito prefeito e tenta a reeleição em 2004, mas perde para Arnoldo, que volta a comandar o município. Ele governa entre 2005 e 2008 e, estranhamente, não concorre à reeleição. Não época ele, de forma inexplicável, quando PT e tucanos eram grandes inimigos em nível nacional e principalmente no interior paulista, ele preferiu apoiar Omar Leite (PT) de forma velada, alegando que a prioridade seria impedir a volta de Zé Maria.

De fato, o medebista perde para o petista em 2008. Mas volta a vencer em 2012 e governa o município por 8 anos seguidos entre 2013 e 2020. Há dois anos quem vencia a disputa era a Dona Graça Zucchi Moraes, colocando os tucanos novamente no poder. Assim, nos últimos 30 anos tivemos 4 mandatos do MDB com Zé Maria, três mandatos dos tucanos como o Clã Moraes e apenas um mandato do PT.

A saga dos prefeitos de Itirapina em 40 anos:

1982 a 1988 – João Gobbo (MDB)

1989 a 1991 – Heitor Azevedo (PRN)

1991 a 1992 – Zé Maria (MDB)

1993 a 1996 – Zé Maria (MDB)

1997 a 2000 – Arnoldo Moraes (PSDB)

2001 a  2004 – Zé Maria (MDB)

2004 a 2008 – Arnoldo Moraes (PSDB)

2009 a 2012 – Omar Leite (PT)

2013 a 2020 – Zé Maria (MDB)

2021 a 2024 – Dona Graça (PDSB)

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x