19 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > SAAE faz 3 intervenções importantes em saneamento

SAAE faz 3 intervenções importantes em saneamento

Modernizações nas redes de água e esgoto avançam na São Joaquim, Cidade Jardim e Água Vermelha

12/04/2024 20h23 - Atualizado há 1 mês Publicado por: Redação
SAAE faz 3 intervenções importantes em saneamento

São quase R$ 2 milhões com recursos da autarquia e do Estado

 

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de São Carlos começou três intervenções significativas nas redes de água e esgoto da cidade. O investimento total é de R$ 1.892.880,22, sendo que a autarquia entra com R$ 539.558,90 com recursos próprios, e os outros R$ 1.353.321,32 são provenientes do FEHIDRO – Fundo Estadual de Recursos Hídricos, órgão do Governo do Estado dentro da Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (SEMIL).

SÃO JOAQUIM/RAIMUNDO CORRÊA

Uma das obras é a substituição das redes de ferro fundido e ferro galvanizado de abastecimento de água por 4.701,61 metros de tubo de polietileno de alta densidade, PEAD com diâmetro de 63 milímetros para rede de água por perfuração direcionada de solo pelo ‘Método Não Destrutivo’ (MND), na Rua Joaquim, no trecho compreendido entre as imediações da Rodoviária até a Rua Raimundo Corrêa. O valor total do contrato com a empresa CADRE Engenharia é de R$ 759.710,63, sendo R$ 227.913,18 com recursos do SAAE e R$ 531.797,45 do FEHIDRO. O prazo de conclusão é julho deste ano.

DIMINUIÇÃO DE PERDAS

Em levantamento realizado pelo Setor de Geoprocessamento do SAAE São Carlos, foi constatado que as perdas totais atingem um índice de aproximadamente 42% de toda água tratada (próximo da média nacional, 40%, segundo o Instituto Trata Brasil) . Deste total perdido em São Carlos, aproximadamente 15% vêm de vazamentos nas redes de distribuição e nas ligações prediais. Analisando os locais onde ocorrem os vazamentos, houve a constatação de que 70% deles encontram-se nas redes de ferro fundido e galvanizado. Portanto, o objetivo da obra na Rua São Joaquim é  melhorar o abastecimento de água prejudicado pelo fato da rede ser muito antiga e apresentar corrosões internas, provocando a diminuição da vazão e excessivos vazamentos.

CIDADE JARDIM/WASHINGTON LUÍS

Outra obra é a substituição de 1.083,67 metros em tubo de polietileno de alta densidade, PEAD corrugado de dupla parede, com diâmetro de 800 milímetros do Interceptor de Esgoto na margem esquerda do Córrego Monjolinho, no trecho entre a alça de acesso da Rodovia Washington Luís e a Rua Alameda dos Heliotrópios, no bairro Cidade Jardim. Este contrato, com a KPG Construtora, está orçado em R$ 653.508,06. O SAAE disponibiliza R$ 190.266,42 de recursos próprios e o FEHIDRO assume R$ 463.241,64. O prazo de término do serviço também é julho de 2024. O objetivo da obra é a redução dos vazamentos de esgoto e do lançamento da carga poluidora no Córrego Monjolinho, além do aumento da capacidade de condução dos efluentes.

DISTRITO DE ÁGUA VERMELHA

Já em Água Vermelha, estão sendo substituídos 2.397 metros de Redes de Emissário de Esgoto em tubo de polietileno de alta densidade, PEAD corrugado de dupla parede, com diâmetro de 600 milímetros. O valor total de contrato, também com a KPG Construtora, é de R$ 479.661,53. A autarquia investe R$ 121.379,30 com verba própria, e os demais R$ 358.282,23 são do FEHIDRO. A exemplo das duas intervenções anteriores, esta também tem prazo de execução de quatro meses, com término previsto para julho próximo. O objetivo da obra é atender a demanda gerada nos empreendimentos em estudos de  implantação e os já consolidados na região do Varjão.

Na sexta-feira, dia 12, o presidente do SAAE, Mariel Olmo, fez questão de acompanhar de perto parte da execução das três obras ( que começaram há cerca de um mês)  junto com o chefe de Gabinete, José Augusto Santana, e o Gerente de Obras e Saneamento, Lauriberto Corcci (Mola). “São três ações de extrema importância e fundamentais para o meio ambiente na cidade de São Carlos. Elas demonstram que, aos poucos, com cuidado, cautela e prudência orçamentária, estamos renovando nossas redes de água e esgoto que, como sabem, são muito antigas. E graças aos nossos projetos bem elaborados, conseguimos a maior parte da verba junto ao FEHIDRO: parceria fundamental e decisiva para esse passo  muito significativo na direção da melhoria do saneamento e qualidade de vida em nossa cidade”.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x