13 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Serviço Social do SAAE será concentrado na sede

Serviço Social do SAAE será concentrado na sede

Assistentes Sociais estarão ao lado de setores estratégicos, como procuradoria jurídica e controle de débitos, para atender com agilidade

28/07/2023 21h48 - Atualizado há 9 meses Publicado por: Redação
Serviço Social do SAAE será concentrado na sede

A partir do próximo dia 1º de agosto, terça-feira próxima, o trabalho de assistência social prestado ao público pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de São Carlos estará centralizado na sede administrativa da autarquia, na Avenida Getúlio Vargas, 1.500, Jardim São Paulo, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. Com a medida, ficará extinta essa atuação específica exercida na Unidade de Atendimento Presencial do centro, na Rua 7 de Setembro, 2.152. Vale ressaltar, porém, que os demais atendimentos nesta unidade central continuarão funcionando normalmente em seu horário habitual das 8h30 às 16h30, em dias úteis, e das 8h às 14h aos sábados.

TARIFA SOCIAL

A ideia é otimizar o atendimento de serviço social perto da estrutura geral do SAAE, onde estão instaladas diversas atividades afins ou que tem correlação, como, por exemplo, a procuradoria jurídica, setores de controle de débitos, de perdas, ligações, fiscalização, entre outros. A concessão de tarifa social de água para pessoas e famílias em vulnerabilidade é uma das demandas de análise da área de assistência social.

PROFISSIONAIS HABILITADAS

Duas assistentes sociais, profissionais com formação superior, Aparecida Carolina Miranda dos Santos e Heleni Maria Gomes Donato, dividirão a tarefa de acolher e escutar os usuários. E sempre com respeito à legislação e com base nas diretrizes da ARES/PCJ – Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (da qual São Carlos é município associado), e juntamente com os demais órgãos do SAAE, irão mediar, encontrar e apontar soluções que sejam razoáveis tanto para o cidadão que administra uma dificuldade temporária ou permanente quanto para a autarquia.

“Entre os diversos problemas enfrentados pelos usuários, a situação econômica é um dos mais frequentes e gritantes. Muitas pessoas perdem emprego, várias famílias perdem renda, têm uma situação de doença grave na família e, por esses e outros motivos, ficam sem condições de pagar a conta da água, da luz, do telefone, etc. Não podemos fechar os olhos para esta realidade, presente no Brasil inteiro. É justamente nesse momento que a função das Assistentes Sociais é primordial, e a atuação delas ao lado de outros departamentos importantes aqui na sede ganha mais agilidade, eficiência,  rapidez e segurança”, lembrou o presidente do SAAE, Mariel Olmo.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x