21 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > SETEMBRO MÊS DA BÍBLIA

SETEMBRO MÊS DA BÍBLIA

Hoje a Bíblia é o único livro que está traduzido em praticamente todas as línguas do mundo e está em quase todas as casas

04/09/2022 07h43 - Atualizado há 2 anos Publicado por: Redação
SETEMBRO MÊS DA BÍBLIA

“O Senhor teu Deus está contigo por onde quer que andes.” (Js 1,9)

A Igreja Católica Apostólica Romana comemora no mês de setembro o mês dedicado à Bíblia, desde 1971, no entanto, desde 1947 comemora o dia da Bíblia no último domingo de setembro. O Mês de setembro foi escolhido como mês da Bíblia porque no dia 30 de setembro é dia de São Jerônimo, grande biblista e responsável por traduzir a Bíblia do hebraico e grego para o latim. São Jeronimo nasceu em 340 e faleceu em 420 dC.

Hoje a Bíblia é o único livro que está traduzido em praticamente todas as línguas do mundo e está em quase todas as casas, talvez nem façamos ideia, mas a Bíblia é o livro mais vendido, distribuído e impresso em toda a história.

A Bíblia – Palavra de Deus – é o fruto da comunicação entre Deus, que se revela, e a pessoa que acolhe e responde à revelação. Por isso a Bíblia é formada por histórias de um povo, o povo de Deus, que teve o dom de interpretar sua realidade à luz da presença de Deus e compreender que a vida é um projeto de amor que parte de Deus e volta para Ele.

Todos os anos, por ocasião do Mês da Bíblia, a Comissão para a Animação Bíblico-Catequética propõe um texto de estudo para oportunizar “a mais ampla educação bíblica possível”. Este ano o livro escolhido é o de Josué e o lema bíblico inspirador é: “O Senhor, teu Deus, estará contigo por onde quer que vás” (JS 1,9).

Foi preciso selecionar aqueles capítulos com mais densidade e afinidade temática para animar a fé dos homens e mulheres que hoje contam com a Palavra da Escritura para crer que Deus sempre esteve próximo dos seus eleitos”, afirma o presidente da Comissão para a Animação Bíblico-Catequética, dom José Antônio Peruzzo. “Faço votos de que o estudo do texto-base leve o leitor ao Livro de Josué e perceba que Deus nunca deixa sem respostas as pessoas e comunidades que a Ele se confundem”, finaliza o bispo.

Dividido em duas partes o texto-base traz uma visão panorâmica do Livro de Josué e na sequência, uma reflexão sobre quatro textos específicos do Livro de Josué. Sua proposta é, segundo o autor, padre Antônio Carlos Frizzo, aproximar a todos da jornada de Josué pela posse da terra prometida.

O texto-base bem como os encontros bíblicos para o Mês da Bíblia já estão disponíveis para venda no site da editora da CNBB, a Edições CNBB. “Também nós somos chamados ao estudo do Livro de Josué, que nos leva a perceber que Deus nunca deixa sem resposta as pessoas e comunidades que a Ele se confiam”, afirma um trecho do texto-base.

O Livro de Josué

O Livro de Josué, cujo lema é “O Senhor teu Deus está contigo por onde quer que andes” (Js 1,9), tem como principal motivo para sua escolha a comemoração dos 200 anos da Independência do Brasil (1822). Este livro, no Antigo Testamento (AT), dá início aos livros denominados históricos, sendo o primeiro na sequência dos escritos bíblicos, após os livros que compõem o Pentateuco. O tema central do Livro de Josué é a entrada do povo de Deus na Terra Prometida após a longa travessia pelo deserto, em busca da libertação da escravidão do Egito (Ex-Dt) e do cumprimento das promessas feita aos patriarcas e matriarcas (Gn 12-50).

Este subsídio visa oferecer roteiros de círculos bíblicos para os grupos de reflexão e as diferentes pastorais, movimentos e comunidades, facilitando-lhes um encontro pessoal e comunitário com a Palavra de Deus por meio do Livro de Josué.  Este fascículo contém quatro encontros, uma celebração final e uma maratona bíblica. Cada encontro é precedido por um texto para aprofundar a temática escolhida.

O esforço empreendido pelas tribos israelitas na conquista e ocupação das terras é tema principal no Livro de Josué. O personagem principal de todo o livro é Josué, termo em hebraico que significa “O Senhor salva”. O Senhor é uma divindade que segundo o texto-base, nos tempos de Josué, aparece entre tantas outras divindades, presentes nos cultos das religiões politeístas dos povos vizinhos. Todo o sucesso dos grupos liderados por Josué na conquista e posse da terra está condicionado a realizar a Palavra do seu Deus, sem submeter-se também aos cultos estrangeiros.

Não temos dúvida que esse livro soa como uma catequese para impulsionar o povo na conquista da terra. O Livro de Josué é um autêntico testemunho de que Deus realiza a promessa feita ao seu povo Israel. Da escravidão para a posse da Terra Prometida”, afirma um trecho do texto-base.

Deus abençoe você!

Missão Consagra-te

Artigo Gisele Botêga

Historiadora e Bacharel em Direito com Especialização em Direito Canônico

Revisão Pe. Dr. José Edmilson Santos

Dr. em Direito Canônico e Vigário Judicial – Tribunal Eclesiástico de São Carlos

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x