20 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Transporte em festas gera “disputa” entre vans e motoristas de aplicativo

Transporte em festas gera “disputa” entre vans e motoristas de aplicativo

A reportagem também foi procurada por leitores, que relataram a presença de clandestinos se passando por motoristas de aplicativo

10/08/2023 16h04 - Atualizado há 8 meses Publicado por: Redação
Transporte em festas gera “disputa” entre vans e motoristas de aplicativo freepik

O transporte de participantes de festas e eventos em São Carlos está gerando uma disputa entre motoristas de vans e de aplicativos. Há reclamações de que as vans não poderiam realizar esse tipo de transporte, assim como há denúncias da presença de clandestinos fazendo o transporte por aplicativo, o que colocaria em risco a segurança de passageiros.

De acordo com motoristas por aplicativo, as vans escolares possuem permissão para apenas transportarem alunos. Porém, em dias de eventos, as vans realizam o transporte de participantes das festas, o que interfere no valor da tarifa dos aplicativos, que acaba ficando em valor baixo.

Já o Presidente da Coopervansc, Emerson Vergara, disse que o transporte de estudantes em festas universitárias é realizado pelas vans há décadas na cidade. “É fácil apontar o dedo e acusar os outros de irregularidades. Mas será que quem acusa está 100% dentro da lei? Temos que ver o que é melhor para o usuário. Quanto mais opções houver, fica melhor para todo mundo”.

A reportagem também foi procurada por leitores, que relataram a presença de clandestinos se passando por motoristas de aplicativo, oferecendo corridas na porta de eventos. De acordo com a lei de trânsito, o transporte remunerado irregular, de pessoas ou bens, constitui infração gravíssima, também com remoção do veículo, e 7 pontos na CNH. A multa é de R$ 293,47. Além disso, esse transporte também coloca em risco a vida de passageiros, deixando-os expostos a possíveis golpes.

POSICIONAMENTO-Procurada, a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito informou que não é permitido o transporte por vans escolares em portas de festas e sempre que possível é feita a fiscalização. Porém, devido ao horário que geralmente ocorrem as festas, após meia noite, não há efetivo de agentes de trânsito para tal. O turno da noite que vai até às 00:40h tem apenas dois agentes de trânsito que ficam responsáveis pelo atendimento de ocorrências, além da fiscalização diária de infrações de trânsito.

 

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x