25 de Fevereiro de 2024

Dólar

Euro

Cidades

Jornal Primeira Página > Notícias > Cidades > Vivaleite fez mais de 300 mil avaliações em crianças de SP

Vivaleite fez mais de 300 mil avaliações em crianças de SP

Avaliação atesta eficácia do programa que nasceu para combater anemia por deficiência de Ferro na Primeira Infância

05/02/2024 21h47 - Atualizado há 3 semanas Publicado por: Redação
Vivaleite fez mais de 300 mil avaliações em crianças de SP

Dados coletados pelo Vivaleite, programa do Governo de SP que oferece leite pasteurizado e enriquecido com vitaminas A e D e Ferro para cerca de 190 mil crianças em todo estado, revelam que 63% cresceram conforme o previsto, dentro dos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS). Esses dados foram obtidos através de avaliações antropométricas realizadas pela Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional (COSAN), da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social.

“Não adianta ter um programa e não conseguir mensurar sua eficácia. O Vivaleite foi criado para prevenir a anemia e auxiliar no crescimento e desenvolvimento físico e cognitivo das crianças de seis meses até seis anos. Fazemos questão de acompanhar as famílias beneficiárias e observar o resultado nas vidas desses pequenos paulistas”, refletiu o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Gilberto Nascimento.

De acordo com o Núcleo de Acompanhamento de Convênios do Vivaleite, em 2023, foram feitas mais de 300 mil pesagens nos 607 municípios do estado que tem convênio com o programa. O relatório indicou ainda que 24% não compareceram para fazer a pesagem; 7,24% estão com sobrepeso e 5% estão abaixo do peso.

Quando as crianças não estão com o peso e altura esperados para a sua idade de acordo com as definições OMS, as equipes que fazem a antropometria orientam os pais ou responsáveis a levá-las para os serviços de saúde de seus municípios.

Arilene Vaz, 35 anos, beneficiária do programa Vivaleite, leva o filho regularmente para fazer as medições antropométricas. Moradora da cidade de Várzea Paulista, região de Jundiaí, e mãe de dois meninos, ela não sabia da importância de pesar e medir o filho para saber se o desenvolvimento estaria compatível com a idade.

“Eu pego o leite do Vivaleite para o meu filho Lucas que tem 4 anos. O fato de ser de graça me ajuda muito, pois com o pouco que ganho, não teria condições de comprar. Além do Lucas, tenho outro menino de 10 anos. O Lucas toma bastante este leite do governo. Eu fiquei sabendo a pouco tempo que é importante trazer meu filho para ser pesado aqui na entidade. Isso é muito bom porque ajuda a saber como está o desenvolvimento dele. O pessoal daqui orienta a gente muito bem”, conta a mãe.

Além de ajudar no combate à anemia, o leite enriquecido auxilia no crescimento e desenvolvimento das crianças em situação de vulnerabilidade social, pois fornece nutrientes essenciais e também é uma fonte de hidratação.

Para ter acesso ao projeto Vivaleite, as famílias de todo o estado de São Paulo que vivem em situação de vulnerabilidade social, e que tenham filhos de 06 meses até 06 anos de idade, devem procurar os Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) do seu município.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x