22 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Cultura

Jornal Primeira Página > Notícias > Cultura > 1ª Semana do Choro de São Carlos começa em junho

1ª Semana do Choro de São Carlos começa em junho

23/05/2012 09h30 - Atualizado há 12 anos Publicado por: Redação
1ª Semana do Choro de São Carlos começa em junho

Do dia 25 de junho até 1 de julho acontecerá a 1ª Semana do Choro de São Carlos, que reunirá músicos da região e a disseminação do produto artístico e cultural gerado por essa união de chorões. Essa edição está sendo organizada e feita pela flautista e apresentadora do programa da rádio UFSCar “Homenagem à Velha Guarda” Mabel Zattera, em parceria com o Projeto Contribuinte da Cultura.

No dia 28 de junho comemora-se o Dia Estadual do Choro, data em que se comemora o aniversário do Garoto, nome artístico do histórico instrumentista brasileiro Aníbal Augusto Sardinha. O intuito é fortalecer o movimento do choro no estado de São Paulo, e pretende abranger várias cidades do estado com a finalidade de disseminar o gênero musical, e ainda incentivar a produção musical da música instrumental brasileira.

Mabel Zattera é flautista, integrante do grupo de Choro Jovem e organizadora do evento. Ela conta como será a semana do choro em São Carlos. “Dos dias 25 a 27 de junho haverá o ‘Chorando de Repente’, em que os músicos participantes do festival irão até algumas escolas para divulgar o choro. Eles farão intervenções de sala em sala tocando um choro e explicando o funcionamento de cada instrumento. A programação das outras atividades da Semana do choro serão divulgadas através dessa ação. Nos dias 28, 29,30 e 1º de julho serão feitas apresentações de grupos da cidade e de convidados da região em formato de shows que será o ‘Choro em Cena’. Os grupos que se apresentarem terão a liberdade de mostrarem o trabalho desenvolvido por cada conjunto musical. Essa proposta trará uma diversidade de repertório, arranjos e instrumentos escolhidos por cada formação de conjunto”.

“Em cada dia da programação, depois da atividade ‘Choro em Cena’, será feita a roda de choro, explorando ambientes diferentes para alcançar expectadores diferenciados. Esse será um momento informal, mas não menos rico, pelo contrário, será um dos momentos mais autênticos do evento, pois é o momento de troca entre os músicos. Nos dias 29 e 30 também haverá a presença de um ministrante trazendo uma discussão sobre o choro. Temos parceria com rádio UFSCar que divulgará e transmitirá alguns eventos da Semana do Choro. No dia 28 será feita uma programação especial na rádio contemplando o choro e o homenageado Garoto”, conta Mabel.

Mabel também diz que o objetivo principal do festival é em prol da acessibilidade da música instrumental brasileira à sociedade. “Explorar diversos espaços e linguagens, para que vários perfis de público sejam atingidos. Esta ação não tem fins lucrativos e busca por apoios culturais”.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x