15 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Cultura

Jornal Primeira Página > Notícias > Cultura > ‘Barbie’ provoca escassez mundial da tinta rosa

‘Barbie’ provoca escassez mundial da tinta rosa

A publicação mostrou com exclusividade detalhes do cenário criado para representar o universo da Barbie

09/06/2023 10h25 - Atualizado há 10 meses Publicado por: Redação
‘Barbie’ provoca escassez mundial da tinta rosa Foto: Reprodução

Com estreia marcada para 20 de julho nos cinemas brasileiros, o filme live-action Barbie, dirigido por Greta Gerwig, provocou uma escassez mundial de tinta rosa durante o período de construção dos cenários. Segundo a designer de produção Sarah Greenwood, o tom fluorescente da cor da marca Rosco foi usado em excesso para reproduzir uma versão “em tamanho real” da famosa casa da boneca.

“O mundo ficou sem rosa”, disse Sarah, em entrevista à Architectural Digest. A publicação mostrou com exclusividade detalhes do cenário criado para representar o universo da Barbie. “Queria capturar o que tornava as casas de boneca tão ridiculamente divertidas”, explicou a diretora.

Para realizar a produção, Greenwood e a decoradora de set Katie Spencer, mesma dupla por trás dos cenários de Anna Karênina (2012) e Orgulho e Preconceito (2005), buscaram uma escala que desse o efeito de o elenco ser maior em relação às casas, mas pequenos na proporção geral. “Nós nos esforçamos para deixar a Barbie real, em um mundo irreal”, explicou a produtora.

“Por que descer as escadas quando você pode escorregar até a piscina? Por que subir degraus quando você pode usar um elevador que combina com o seu vestido?”, brincou Greta, que também assina o roteiro ao lado de Noah Baumbach. “Não há nenhuma parede nem portas. As casas de boneca assumem que você nunca tem nada que deseja tornar privado – não há lugar para se esconder.”

ÍCONE

Para a diretora, Barbie é o “derradeiro ícone feminista”: “Essa é definitivamente a casa de uma mulher solteira”.

Barbie foi criada como brinquedo infantil pela empresa americana Mattel, em 9 de março de 1959, mas é possível dizer que, nesses 64 anos, já foi o sonho de toda menina e até alvo de críticas ferrenhas de sociólogos e feministas.

Alguns a definem como um ícone para a mulher moderna, outros como a representação da mulher-objeto, do consumismo e da futilidade. A verdade é que nunca saiu de moda e continua sendo a boneca mais vendida do mundo.

No filme, o casal Barbie (Margot Robbie) e Ken (Ryan Gosling) se aventura pelo mundo real e acaba preso. A trilha sonora também conta com Dua Lipa, que fez uma participação no longa como Barbie Mermaid.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x