22 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Cultura

Jornal Primeira Página > Notícias > Cultura > João Rock lota o Parque Permanente em Ribeirão Preto

João Rock lota o Parque Permanente em Ribeirão Preto

09/06/2013 17h36 - Atualizado há 11 anos Publicado por: Redação
João Rock lota o Parque Permanente em Ribeirão Preto

O Festival João Rock reuniu cerca de 25 mil pessoas na noite deste sábado, 8, em Ribeirão Preto, de acordo com a organização do evento, que curtiram mais de 10h de música  proporcionadas por 13 bandas, divididas em apresentações ao vivo.

Atingindo a lotação total do Parque Permanente de Exposições, os ingressos se esgotaram nas bilheterias na manhã do dia do evento, impossibilitando a compra de convites na hora do show, como ocorria nas edições anteriores. Horas antes do inicio, as filas para entrar no festival e para retirar os ingressos comprados pela internet eram quilométricas, o que não desanimou o público que aguardava para entrar.

Entres as apresentações principais subiram ao palco, Nando Reis, Skank, Capital Inicial, Natiruts, A Banca, Cone Crew Diretoria e O Rappa, do quais tocaram e relembraram seus maiores sucessos de carreira.

As atrações passaram pelo festival em outras edições e já estavam familiarizados com o público fazendo que a interação ‘rolasse’ solta.

Para otimizar o tempo, no intervalo de cada show, a organização montou dois palcos principais. Enquanto uma banda se apresentava, no outro, ao lado a parte técnica finalizava os detalhes para o inicio do show seguinte.

A cada apresentação, os artistas agradeceram o convite feito para participarem do festival e declararam surpresos com o número e a animação do público que lotava áreas do Parque.

Dois camarotes, Skol e João Rock, também estavam agitados. A área da Pista Premium em frente aos palcos o público pagante teve visão privilegiada dos shows.

Passaram pelo palco universitário, as bandas Planta e Raiz, Aláfia e Lurdez da Luz, Canastra, Autoramas e Detonautas, que encerrou as apresentações na área colocando os presentes ‘para pular’.

Não faltaram homenagens ao cantor Chorão da Banda Charlie Brown, que faleceu há dois meses em São Paulo, sendo que a cada intervalo eram transmitidos vídeos do festival com a participação do cantor ao longo das edições.

Os integrantes da banda, mesmo com a perda de Chorão, não pararam na estrada e continuaram apresentando as diversas músicas de sucesso do Charlie Brown, mudando apenas o nome da banda para ‘A Banca’, onde a frente, o baixista Champignon assumiu a responsabilidade do vocal.

A madrugada se encerrou com o show da banda O Rappa, que estava há um tempo fora da mídia desde o lançamento do último CD em 2008 e agitou muito o festival cantando seus maiores sucessos e anunciou o novo disco para agosto.

Ao público que não conseguiu ir até o festival, a Multishow transmitiu ao vivo os shows na íntegra, além de entrevistas exclusivas com os artistas após as apresentações.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x