22 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Economia

Jornal Primeira Página > Notícias > Economia > Contratações caem 6,24% no 1º quadrimestre em São Carlos

Contratações caem 6,24% no 1º quadrimestre em São Carlos

21/05/2013 21h53 - Atualizado há 11 anos Publicado por: Redação
Contratações caem 6,24% no 1º quadrimestre em São Carlos

O volume de contratações de trabalhadores pelas empresas são-carlenses caiu 6,24% nos primeiros quatro meses de 2013 em comparação ao mesmo período do ano passado. É o que revela a pesquisa do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgada ontem pelo Ministério do Trabalho e Emprego, em Brasília.

 

Os números do levantamento apontam que, entre janeiro e abril deste ano, houve um total de 13.048 admissões de trabalhadores. No mesmo período de 2012 o número de contratações oficiais, com carteira assinada, chegou a 13.917.

Por outro lado, o Caged divulgado ontem também mostra que o número de demissões recuou 2,42% neste primeiro quadrimestre. Foram 12.723 demissões registradas pelo Ministério do Trabalho e Emprego nos primeiros quatro meses de 2012 contra 12.414 cortados no mesmo período deste ano.

O setor com melhor saldo entre contratações e desligamentos no primeiro quadrimestre foi o da indústria, que abriu 379 vagas. A prestação de serviços abriu 158 vagas. Em seguida vem a construção civil, com saldo de 104 postos de trabalho. O comércio decepcionou, com saldo negativo de 257 postos de trabalho.

 

ABRIL – Se analisarmos apenas o mês de abril, verificamos um avanço de 2,89% nas contratações na economia são-carlense avaliada pelo Caged. No quarto mês de 2012 houve a contratação de 3.071 trabalhadores. Neste ano, no mesmo período, o número saltou para 3.160. O número de demissões também cresceu modestamente, em 1,27%. Foram 3.047 desligamentos no quarto mês do ano passado contra 3.086 cortes no mesmo período de 2013.

 

SALDOS – Comparando os saldos entre admissões e demissões, tivemos um salto de 208,33% na comparação entre abril de 2012 e abril de 2013. No quarto mês do ano passado o saldo foi de 24 postos de trabalho criados. No mesmo período deste ano o número avançou para 74. Já no saldo do quadrimestre, houve uma queda de 53,09% na geração de novas vagas. O saldo do emprego entre janeiro e abril de 2012 foi de 1.194 e neste ano ele foi de apenas 634 novos postos de trabalho. 

 

COMÉRCIO E SERVIÇOS – O presidente do Sincomercio, Paulo Gullo, afirma que apesar do recuo neste início de ano, os setores do comércio e prestação de serviços ainda devem reverter a situação ao longo de 2013. “A tendência é de que o varejo e os serviços possam reverter o quadro atual, principalmente em São Carlos, onde teremos a inauguração do Savegnago, ampliação do shopping e mais obras da construção civil. O comércio deve crescer entre 5% e 7% neste ano e com certeza São Carlos colherá os reflexos disso”, ressalta ele.

 

REGIÃO – Entre as maiores cidades da região, a campeã do emprego no primeiro quadrimestre de 2013 foi Araraquara. A “Morada do Sol” registrou, segundo o Caged, um total de 2.274 empregos gerados [diferença entre 16.756 contratações e 14.482 cortes]. Em Rio Claro o saldo de vagas foi de 995 no primeiro quadrimestre. Esta é a diferença entre 12.326 admissões e 11.331 cortes. 

Confira o número de vagas geradas no mercado de trabalho entre janeiro e abril de abril em outras cidades da região: Porto Ferreira (218); Descalvado (66); Ibaté (1.341); Ribeirão Bonito (217) Santa Rita do Passa Quatro (608) e Itirapina (123).

 

Empregos gerados nas cidades da região

 

Araraquara          2.274

Ibaté                  1.341

Rio Claro             995

São Carlos           634

Santa Rita           608

Porto Ferreira       218

Ribeirão Bonito    217

Itirapina             123

Descalvado         66

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x