25 de Junho de 2024

Dólar

Euro

Economia

Jornal Primeira Página > Notícias > Economia > Jovens lideram inadimplência de cheques no 1º semestre

Jovens lideram inadimplência de cheques no 1º semestre

05/10/2011 12h59 - Atualizado há 13 anos Publicado por: Redação
Jovens lideram inadimplência de cheques no 1º semestre

Os jovens lideraram a inadimplência com cheques no país durante o primeiro semestre do ano, mostra pesquisa da TeleCheque. O levantamento foi feito com mais de 13 mil clientes da base de dados da empresa especializada em verificação de crédito.

Entre os consumidores com até 20 anos, o índice de inadimplência ficou em 16,92%, ante 15,90% no mesmo período do ano passado. Conforme a idade avança, o indicador é menor (veja abaixo).

No caso daqueles com mais de 60 anos, foi de 1,24% entre janeiro em junho, frente o 1,30% registrado no mesmo período de 2010. No geral, o índice de inadimplência ficou em 2,92% nos primeiros seis meses do ano. No mesmo período de 2010, tinha sido de 2,85%

“O total de jovens inadimplentes com cheques vem crescendo nos últimos anos. O que mais nos preocupa é a dificuldade que eles têm em se recuperarem financeiramente”, afirma Dirlene Martins, diretora de recuperação da TeleCheque.

Para ela, as escolas deveriam ter entre as disciplinas educação financeira, o que ajudaria a diminuir esses indicadores. “A maioria não aprende a controlar os gastos. É preciso mostrar que o crédito é bom, desde que seja utilizado de forma consciente”, afirma.

O vice-presidente da Anefac (associação dos executivos de finanças), Miguel de Oliveira, destaca que os mais jovens lideram a inadimplência também em outras formas de pagamento. “Os bancos assediam muitos esses clientes para conseguirem a fidelização deles. Com despreparo, e como costumam comprar por impulso, se iludem e acabam ficando devedores”, afirma.

Além disso, os mais velhos utilizam com mais frequência outras modalidades de crédito, como o consignado –com desconto na folha de pagamento para trabalhadores ou no benefício do INSS, caso dos aposentados e pensionistas.

Essas operações, realizadas por aposentados e pensionistas do INSS, totalizaram R$ 2,284 bilhões em agosto, com um total de 743.093 contratos.

MENOS PARTICIPAÇÃO – Nos últimos anos, a modalidade vem perdendo espaço para outros meios de pagamento, como cartão de crédito. No entanto, ainda é uma das opções de cerca de 7% dos brasileiros que utilizam diversas formas de pagamento. Os dados são de pesquisa referente a 2010, divulgada neste ano pelo Banco Central.

Nos últimos 12 meses terminados em agosto, foram trocados 1,052 milhão cheques no país, de acordo com o BC. Em 2010, foi 1,12 milhão.

Inadimplência com cheques por faixa etária no primeiro semestre (em %)

até 20 anos – 16,92
21 a 30 anos – 6,33
31 a 40 anos – 4,29
41 a 50 anos – 2,61
51 a 60 anos – 1,75
mais de 60 anos – 1,24

Veja dicas da TeleCheque para evitar a inadimplência

-Escolha parcelamentos sem juros, ou com os menores juros;

-Não dependa de cheque especial, ou outras formas de financiamento, para complementar seu salário;

-Pesquise; não compre sem pesquisar preço, juros e taxas;

-Certifique-se de que as parcelas cabem “no seu bolso” (no seu ganho mensal);

– Não comprometa mais de 30% do seu salário com financiamentos;

-Quando for pagar compras à vista, utilize o cheque;

-Quando for utilizar o cheque pré-datado, anote no canhoto o valor, credor (para quem você emitiu o cheque) e data do “bom para”;

-Verifique diariamente os cheques que serão depositados naquela data versus seu saldo em conta corrente.

-Deposite um valor complementar para tarifas.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x