25 de Fevereiro de 2024

Dólar

Euro

Economia

Jornal Primeira Página > Notícias > Economia > Virada do ano gera impacto de R$ 3,8 bilhões no Turismo

Virada do ano gera impacto de R$ 3,8 bilhões no Turismo

Dados indicam fluxo de visitantes e impacto financeiro positivo para diversas áreas, entre elas hotéis, restaurantes e lojas

09/01/2024 08h15 - Atualizado há 2 meses Publicado por: Redação
Virada do ano gera impacto de R$ 3,8 bilhões no Turismo Assessoria/GESP

Os números do Turismo no Estado de São Paulo na virada de 2023 para 2024 mostram o quanto esta época é significativa para a economia local. Estima-se que a circulação de 3,3 milhões de turistas gerou nas festas de Ano Novo no Estado uma receita de aproximadamente R$ 3,8 bilhões, segundo o Centro de Inteligência da Economia do Turismo (Ciet), ligado à Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de SP (Setur-SP).

“É interessante ver como o turismo pode desempenhar um papel fundamental no crescimento econômico, especialmente durante eventos sazonais como o Réveillon. Isso ressalta a importância do setor para São Paulo, não apenas em termos de receita, mas também na criação de empregos e no desenvolvimento da infraestrutura local”, disse Roberto de Lucena, secretário de Turismo e Viagens de SP.

Segundo sondagem da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de São Paulo (Abih-SP), a média foi de 80% em acomodações em todo o Estado. Na capital paulista, a estimativa é que tenham passado 2,5 milhões de pessoas na semana do Ano Novo e uma média de 70% de ocupação na rede hoteleira, 20% a mais em relação a 2022. Em hotéis que estavam oferecendo ceia, a taxa alcançou a média dos 100% de ocupação.

O litoral paulista, conhecido por suas belas praias e festividades animadas, atraiu uma quantidade significativa de visitantes. Santos teve ocupação hoteleira média de 84% na noite da virada e quase 600 mil turistas na cidade para o evento. A cidade de São Sebastião, no Litoral Norte, ficou lotada para a virada do ano, com média de 90% na ocupação hoteleira.

Ilhabela recebeu aproximadamente 40 mil visitantes e teve ocupação hoteleira média de 90%. A cidade estima que o turismo injetou em torno de R$ 42 milhões na economia local no período.

Priscila Trevisani, de 41 anos, formada em Relações Públicas e moradora da capital paulista, passou pelo segundo ano seguido a virada com a sua família na cidade de Bertioga, no Litoral Norte, na praia de Guaratuba. Segundo ela, a cidade estava superagitada na última semana do ano, o que mostra uma movimentação em toda a cadeia do turismo.

“Gostamos muito, pois a gente vem com crianças, cachorros e amigos. No total, estávamos em 15 pessoas na virada do ano. Fomos jantar na praia de Riviera, que fica a 15 minutos de Guaratuba, e não conseguimos. Filas de espera de mais de 1 hora, supermovimentado, muita gente de fora. Nesta época, todos os restaurantes estavam com filas. Difícil de parar”, conta Priscila.

O Centro de Controle de Informações (CCI) da Artesp contabilizou 10 milhões de veículos circulando pelas rodovias que dão acesso à Baixada Santista e Litoral Norte, no período de 28 de dezembro a 1º de janeiro.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x