23 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Blatter pede alternativa a disputa de pênaltis

Blatter pede alternativa a disputa de pênaltis

25/05/2012 22h43 - Atualizado há 12 anos Publicado por: Redação
Blatter pede alternativa a disputa de pênaltis

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, pediu ao campeão mundial Franz Beckenbauer e ao painel liderado por ele com especialistas do futebol que tentem encontrar uma alternativa às disputas de pênaltis para decidir os jogos que terminam empatados.

 

Blatter fez o pedido falando a delegados da Fifa durante congresso anual da federação nesta sexta-feira, 25, menos de uma semana após a vitória do Chelsea sobre o Bayern de Munique nos pênaltis na final da Liga dos Campeões.

“O futebol pode ser uma tragédia quando você vai para os pênaltis. Futebol é um esporte coletivo, quando vai para o um contra um perde a essência”, disse Blatter.

“Talvez Franz Beckenbauer, com seu grupo Futebol 2014, possa nos apresentar uma solução, talvez não hoje mas no futuro.”

Beckenbauer, que conquistou a Copa do Mundo pela Alemanha como técnico e jogador, estava entre os delegados presentes ao congresso. Ele não estava disponível para comentar o tema, mas sua visão sobre os pênaltis é bastante conhecida.

O alemão já disse que prefere os pênaltis ao gol de ouro ou gol de prata que já foram usados em certas ocasiões para decidir partidas.

Blatter tem cobrado reformas dentro de campo há algum tempo e essa não foi a primeira vez que ele sugeriu que as disputas de pênaltis sejam substituídas. Mas o fato de ter levantado novamente a questão no Congresso da Fifa reflete seu desejo que alguma medida seja tomada a respeito.

Inúmeras finais importantes do futebol ao redor do mundo, incluindo as finais das Copas do Mundo de 1994 e 2006, foram resolvidas nos pênaltis desde que as disputas foram introduzidas dessa forma, em 1970.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x