18 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Brasil busca vaga olímpica neste fim de semana

Brasil busca vaga olímpica neste fim de semana

Competição nas Bahamas classificará as 14 melhores equipes a Paris

04/05/2024 06h32 - Atualizado há 2 semanas Publicado por: Redação
Brasil busca vaga olímpica neste fim de semana Foto – Wander Roberto – COB – Agência Brasil – Reprodução

Reportagem – JornalPP

O atletismo brasileiro, com 17 das 203 vagas asseguradas pelo país na Olimpíada de Paris, pode ampliar ainda mais o este número neste fim de semana, durante o Campeonato Mundial de Revezamento em Nassau (Bahamas). A competição, classificatória para Paris, contará com 23 velocistas brasileiros (masculino e feminino), entre os 1.600 atletas inscritos, entre eles campeões olímpicos e mundiais. O Mundial terá transmissão ao vivo (on streaming) no site da Federação Internacional de Atletismo (World Atletics) – confira a agenda no final do texto.

O Brasil busca manter a sequência de bons resultados em Mundiais. Obteve ouro inédito na edição de 2019 no revezamento 4x100m masculino e prata dois anos depois no 4×400 misto. Também foi ouro ano passado, nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, tanto nos 4×100, quanto nos 4x400m masculino. As provas de revezamento já asseguram quatro medalhas olímpicas para o Brasil nos 4x100m:  uma prata e dois bronzes no masculino, além de um bronze no feminino.

O quarteto masculino 4×100 terá dois medalhistas de ouro no Mundial de 2019 – Rodrigo Nascimento e Paulo Camilo André, conhecido como PA – jovens talentos como Felipe Bardi e Renan Gallina. Os dois, ao lado de Eric Cardoso e Gabriel García – também convocados – foram a equipe campeã no Pan de Santiago no 4×100. Outros destaques na delegação são Matheus Lima – que já obteve o índice olímpico nos 400m rasos e nos 400m com barreiras – e Lucas Conceição (ouro nos 400m no Pan de Santiago). Já o campeão mundial Alison dos Santos, o Piu, especialista 400m com barreiras, não competirá no Mundial pois se recupera de uma lesão.

“Fizemos um bom camping [treinamento] na Flórida, com boas instalações e logística para o treinamento e refeições. Foi bem assertiva a escolha porque também encontramos um bom nível de competições, com séries fortes. Fizemos treinos bons, com evolução na velocidade de passagem do bastão, e estamos confiantes no nosso objetivo que é a vaga olímpica”, afirmou Victor Fernandes, treinador-coordenador pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt).

Na equipe feminina o Brasil contará com três das quatro medalhistas de bronze que conquistaram o bronze ano passado no Pan de Santiago: Anny de Bassi, Letícia Nonato e Jayni Barreto. As demais convocadas são Letícia Maria Nonato, Maria Victória Belo de Sena, Tábata Vitorino de Carvalho, Ana Carolina Azevedo, Gabriela Aline Grunow, Gabriela Silva Mourão, Lorraine Barbosa Martins e Vitória Rosa.

“No período de qualificação, desde o ano passado e o Troféu Brasil, as atletas correram muito bem, fizeram grandes marcas”, lembrou o Diogo Dias Gamboa, treinador da equipe brasileira feminina. “A prova dos 400 metros no Brasil está com uma cara nova, atletas correndo bem e motivados no feminino e no masculino. A gente precisa transferir isso para o revezamento. Foi uma oportunidade que tanto pediram e acho que agora é hora de mostrar força”, concluiu.

Classificação a Paris

O Mundial nas Bahamas, classificará 14 equipes para os Jogos de Paris, em cada revezamento. No sábado (4), primeiro dia de competição, serão 32 equipes participantes divididas em quatro séries. Apenas as duas primeiras colocadas em cada uma delas carimbam a vaga olímpica e avançam às finais do Mundial.

No domingo (5), as equipes restantes disputarão a rodada de repescagem. Os dois primeiros colocados de cada bateria irão a Paris (total de seis equipes).

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x