25 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Brasil está na final do futebol feminino

Brasil está na final do futebol feminino

26/10/2011 10h45 - Atualizado há 13 anos Publicado por: Redação
Brasil está na final do futebol feminino
E o futebol escreveu mais uma página bonita da sua história. Coube à lateral Maurine, que perdeu o pai nesta segunda-feira, marcar, aos 33m do segundo tempo, o gol que levou ao Brasil à grande final Jogos Pan-americanos Guadalajara 2011. Ela chutou de pé direito após cruzamento de Maycon da esquerda, colocou a bola no contrapé da goleira mexicana e se ajoelhou para comemorar. Ao fim da partida, a lateral se entregou ao choro, enquanto era abraçada por toda a equipe, que jogou de luto. Agora, o Brasil enfrenta o vencedor do confronto Colômbia x Canadá. A decisão está marcada para as 17h desta quinta-feira, 27, no Estádio Omnilife.
Com a bola rolando, o México tomou a iniciativa da partida e começou levando perigo logo aos 10m: Francielle tirou de cabeça um chute que tinha endereço certo ao gol brasileiro. O México continuava mais perigoso. Após cruzamento da direita, a atacante Samarzich cabeceou com perigo, por cima do travessão da goleira Barbara. O Brasil chegou pela primeira vez aos 27m. Thais foi ao fundo e cruzou, mas a zaga mexicana cortou antes da cabeçada de Debora. Aos 31m, Rosana cabeceou livre, sem marcação, mas a bola foi em cima da goleira Santiago.

O Brasil começou melhor o segundo tempo e sufocou as mexicanas praticamente o tempo todo. Logo aos 8m do segundo tempo, experiente Formiga fez ótima jogada e cruzou no peito de Debora. A atacante matou a bola, mas concluiu para fora. Aos 13m, a mesma Formiga arriscou de esquerda, de fora da área, mas a bola caprichosamente bateu no travessão.

Aos 19m, uma jogada polêmica: Formiga bateu escanteio da direita com muito veneno, a bola tocou o travessão e a zagueiro Bagé marcou. Entretanto, a árbitra anulou o gol alegando que a bola havia saído após a cobrança do escanteio. Aos 22m, Formiga, sempre ela, cobrou falta da intermediária, Tânia Maranhão meteu a cabeça, mas a goleira Santiago fez uma bela defesa espalmando a bola para escanteio.

Aos 33 minutos, o gol do Brasil. Num cruzamento da esquerda que passou por toda a área, Maurine apareceu de surpresa e deslocou a goleira com um toque habilidoso. Um prêmio para a jogadora que se comprometeu com as companheiras de equipe. E uma alegria pro time, que pode contar com uma lateral tão eficiente. (cob.org.br)

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x