26 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Brasil vence a Polônia e mantém a invencibilidade

Brasil vence a Polônia e mantém a invencibilidade

10/06/2012 22h22 - Atualizado há 12 anos Publicado por: Redação
Brasil vence a Polônia e mantém a invencibilidade

Depois de passar por Itália e Sérvia por 3 sets a2, aseleção brasileira feminina de vôlei conseguiu, neste domingo,10, aterceira vitória consecutiva na vigésima edição do Grand Prix. As brasileiras superaram as polonesas também por 3 sets a 2 (25/15, 25/13, 23/25, 22/25 e 15/10), em 1h58 de jogo, no Atlas Arena, em Lodz, na Polônia.

O próximo desafio das brasileiras na competição seráem casa. Asatuais campeãs olímpicas formarão o grupo E ao lado da Alemanha, da Itália e dos Estados Unidos. O time verde e amarelo estreará na segunda fase, às 20h20 da próxima sexta-feira, 15, contra as alemãs, no ginásio Adib Moises Dib,em São Bernardodo Campo.

 

O JOGO

O Brasil começou bem a partida e abriu cinco (10/5). A Polônia cresceu no set e encostou no marcador (10/9). A ponteira Fernanda Garay conseguiu um ace e diferença subiu para três (12/9). E também foi com um ace, mas desta vez de Fernandinha, que o Brasil fez 16/11. Com tranquilidade, o time verde e amarelo se aproveitou dos erros da Polônia e fechou a primeira parcial com 25/15. A ponteira Fernanda Garay foi a maior pontuadora do set, com cinco pontos.

A vitória no primeiro set fez bem ao Brasil. O saque brasileiro continuava incomodando as polonesas. Em uma disputa na rede, a central Natasha colocou o Brasil cinco na frente (12/7). Adenízia se destacava no bloqueio e o Brasil abriu sete (17/10). As brasileiras seguiram dominando o set e venceram o segundo set por 25/13.

A Polônia voltou melhor para o terceiro set e tinha um ponto de vantagem na primeira parada técnica (8/7). Com um bloqueio de Adenízia, o Brasil virou o placar (12/11). O set seguiu equilibrado. Em um ataque para fora da ponteira Paula Pequeno, as polonesas abriram dois (18/16). O técnico José Roberto Guimarães inverteu o cinco e um. Entraram Joycinha e Dani Lins e saíram Fernandinha e Tandara. No entanto, a Polônia seguiu melhor e fez 20/16. Já com a inversão desfeita, o Brasil encostou no marcador depois de uma boa sequência de saques de Fernandinha (23/22), mas as polonesas conseguiram segurar a reação verde e amarela e fecharam o set por 25/23.

A Polônia manteve o bom momento no início da quarta parcial e fez 5/0. O ataque e o saque das polonesas melhoraram no quarto set. Em um contra-ataque da oposto Skowronska, as donas da casa fizeram 14/10. O técnico José Roberto Guimarães trocou as opostas. Entrou Mari e saiu Tandara. A substituição fez bem ao Brasil. Com um ace de Mari, as brasileiras encostaram no marcador (16/15). No entanto, as polonesas seguraram a liderança e venceram o quarto set por 25/22.

As polonesas começaram melhor o tie-break e abriram quatro (5/1). Com dois pontos seguidos de contra-ataque da ponteira Fernanda Garay, o Brasil empatou a parcial (6/6). As ponteiras Paula Pequeno e Fernanda Garay brilharam no final do set e o Brasil fechou a parcial por 15/10 e o jogo por 3 sets a 2. (cbv.com.br)

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x